Dia do Bacon: como aproveitar essa data

Celebre o sabor defumado no Dia do Bacon! Conheça a história e aproveite para aumentar suas vendas com deliciosas opções gastronômicas.
6 Min
dia do bacon

O Dia do Bacon é uma celebração que aquece os corações e paladares de milhões de pessoas em todo o mundo. Essa data especial, é uma verdadeira homenagem a essa iguaria defumada e irresistível que conquistou a gastronomia mundial.

Para os estabelecimentos alimentícios, o Dia Internacional do Bacon representa uma excelente oportunidade para aumentar as vendas. A fama e a paixão pelo sabor defumado do bacon criam uma atmosfera ideal para destacar-se no mercado e encantar os clientes com opções irresistíveis. 

Aprenda como aproveitar o Dia Internacional do Bacon para aumentar a lucratividade do seu negócio!

Quando é o Dia do Bacon?

O Dia do Bacon é comemorado em 31 de agosto. Essa data foi estabelecida como uma forma de homenagear e celebrar a delícia defumada que conquistou o paladar de muitas pessoas ao redor do mundo.

Qual é a história do Dia do Bacon?

A história do bacon remonta há séculos, e seu consumo tem sido uma parte importante da alimentação humana em diferentes culturas ao longo do tempo. 

Originado na China por volta de 1500 a.C, o processo de cura e defumação da carne de porco tornou-se uma maneira de conservar a carne antes da invenção da refrigeração moderna. 

A técnica de cura chegou à Europa por meio das rotas comerciais estabelecidas na Idade Média, onde os povos germânicos aprimoraram o processo de produção do bacon. 

No século XVIII, os imigrantes europeus levaram essa tradição para a América do Norte, onde se tornou um alimento básico e popular, especialmente em áreas rurais. 

Ao longo dos anos, o bacon evoluiu para se tornar um alimento querido e versátil, sendo amplamente utilizado em diversas preparações culinárias ao redor do mundo.

Como o bacon é consumido pelo mundo?

O bacon é apreciado e consumido em diversos países, cada um com sua própria forma única de incorporá-lo em suas refeições. 

Na Inglaterra, por exemplo, o bacon é um ingrediente tradicional do café da manhã inglês, sendo servido com ovos, feijão e torradas. No Brasil, o bacon ganhou espaço em pratos como hambúrgueres, pizzas, petiscos e até mesmo em sobremesas, como sorvetes com pedaços de bacon crocante. 

Em todo o mundo, o sabor defumado do bacon conquistou paladares e é apreciado em diversas preparações culinárias, tornando-se uma ótima alternativa quando o assunto é dar um toque especial aos pratos.

Como aproveitar essa data para vender?

O Dia Internacional do Bacon é uma excelente oportunidade para os estabelecimentos aumentarem as vendas e conquistarem mais clientes. Para aproveitar essa data especial, algumas estratégias podem ser adotadas:

  • criar itens especiais no cardápio: desenvolva pratos exclusivos com bacon como ingrediente principal ou até mesmo produtos temáticos em homenagem à data;
  • criar promoções e combos: ofereça combos com bacon ou descontos em pratos que contenham esse ingrediente especial;
  • usar o Feed iFood: utilize o feed do iFood para divulgar suas promoções e atrair a atenção dos clientes;
  • divulgar nas Redes Sociais: aproveite as redes sociais para divulgar suas ações especiais para essa data e atraia o público para o seu estabelecimento.

Com essas estratégias, você pode tornar o Dia do Bacon uma data especial para seus clientes e aumentar o movimento em seu negócio. Aproveite essa deliciosa oportunidade e encante seus clientes com as delícias do bacon!

Baixe agora mesmo o e-book iscas de vendas e melhore o desempenho da sua loja no iFood!

Por iFood

Por iFood

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

17/05/2024

Desvendando o ciclo do pedido: etapas, como medir e desafios

16/05/2024

À la carte: o que é, como funciona e dicas essenciais

15/05/2024

Negócios lucrativos: quais são e como garantir sucesso?