Cobrança indevida: quais os direitos do cliente e como agir?

O que fazer em caso de cobrança indevida no seu estabelecimento? Tire as suas dúvidas aqui!

Na rotina de qualquer negócio, é comum lidar com alguns problemas de faturamento indevido, inclusive com os clientes. Saber como encontrar a solução correta e viável faz toda a diferença. Sendo assim, que tal descobrir como agir em casos de cobrança indevida?

Quando se trabalha com alimentação e delivery, acontece de cobrar do cliente um valor que ele não deve pagar. Nesses casos, o melhor a se fazer é reconhecer o equívoco e agir prontamente para solucioná-lo. Quem conhece os direitos do consumidor tem ainda mais facilidade para resolver os problemas.

Pensando nisso, neste post, separamos 4 exemplos de direitos do cliente em casos de cobrança indevida e saiba como agir em cada um deles!

Revisão da conta

Se um cliente nota a cobrança de um valor que desconhece, é direito dele entrar em contato com o estabelecimento para solicitar a revisão. Da parte do negócio, é fundamental explicar os detalhes das cobranças e apresentar as justificativas para cada uma delas.

Em caso de cobrança errônea, é dever do estabelecimento assumir e tomar a medida adequada, em acordo com o cliente. Nesses casos, é necessário fazer o reembolso do dinheiro referente à debitação inadequada.

Devolução

A devolução da cobrança incorreta pode ser realizada de diversas maneiras. A mais comum é a restituição do valor cobrado por meio da forma de pagamento usada pelo consumidor.

Por exemplo, se o cliente pagou com o cartão de crédito, o valor é descontado em até 2 faturas próximas, desde a data de solicitação de devolução. Nesse caso, lembre-se de sinalizar essa devolução no registro de recebíveis para manter o controle das finanças do negócio.

Já se o cliente fez o pagamento com Pix, é possível utilizar a função de devolução desse tipo de transferência, garantindo que o valor caia na conta do cliente instantaneamente. Além disso, existe a possibilidade de oferecer um cartão presente no mesmo valor para consumo no estabelecimento ou no aplicativo de pedidos para entrega.

Indenização

A depender da situação, o cliente pode receber indenização devido ao transtorno gerado pela cobrança injusta. Esse é o caso, por exemplo, quando há cobrança não autorizada por falta de transparência do negócio. O ideal, nessa situação, é oferecer ao consumidor um valor como multa por danos morais.

Prevenir esse tipo de situação no seu negócio é fundamental para fugir de multas e transtornos que afastem o cliente. Por esse motivo, oriente todos os colaboradores sobre a cobrança correta de cada pedido, prevenindo qualquer cobrança desnecessária.

Cancelamento

O cliente e o negócio podem fazer o cancelamento. Nesse contexto, existem alguns casos em que o estabelecimento precisa fazer a devolução do valor.

O iFood ressalta quais são as regras de cancelamento no app: “assim como o cliente, a loja também tem o direito de cancelar um pedido enquanto estiver na etapa de preparo ou separação. Isso pode acontecer quando, por exemplo, ela está enfrentando dificuldades sistêmicas ou, ainda, quando nota que algum ingrediente do pedido acabou.”

Outras situações que envolvem o cancelamento do pedido no iFood são:

  • solicitação de cancelamento pelo cliente em atraso da entrega que ultrapasse 10 minutos do prazo estimado — com direito a reembolso do cliente;
  • solicitação de cancelamento pelo cliente de pedidos dentro do prazo por algum outro motivo — com a notificação e decisão do restaurante de aceitar ou recusar;
  • solicitação de cancelamento pelo cliente de pedidos que já estão na rota de entrega e dentro do prazo — sem direito a reembolso pelo cliente;
  • solicitação de cancelamento pelo cliente de pedidos já entregues — com a possibilidade de análise do restaurante para aceitar ou recusar.

São vários casos de cobrança indevida ou por engano que precisam ser considerados. Saber como agir em cada situação envolve conhecer os direitos do consumidor e prezar sempre pela qualidade do atendimento ao cliente. Assim, você capricha na gestão do negócio, evita transtornos e encanta seu público.

Quer saber como manter a organização das finanças no dia a dia? Confira a planilha de controle financeiro do iFood e saiba como melhorar a gestão!

Author picture

Uma resposta

  1. lixo, como pode uma empresa tão desonesta está a tanto tempo no brasil? Você vê quando a empresa é indecente quando não tem nem canal para entrar em contato… A partir de hoje eu sou contra tudo que vem do ifood, isso sem falar no PROCESSO JURIDICO que será instalado contra essa empresa !

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

12/04/2024

Melhoria Contínua no Atendimento do iFood: conheça o Botão de Ajuda

12/04/2024

Aprenda a técnica food porn para caprichar nas fotos de comida

11/04/2024

Feedback do cliente: saiba como tirar proveito

 

Ingressos disponíveis!

Garanta sua presença no evento que vai mover o mercado de Food Delivery