6 tendências na logística que todo empresário deve conhecer

Mais rápido e mais sustentável: conheça as principais tendências de logística e prepare seu negócio para otimizar sua operação de entregas!

Apenas em 2020, o crescimento das compras em lojas virtuais foi de 75%, de acordo com uma pesquisa realizada pela Mastercard. Os efeitos da pandemia sobre a forma de consumir e comprar mudaram significativamente e as tendências na logística tiveram que acompanhar essa transformação.

Em uma grande loja de produtos variados ou em um aplicativo de comida, o cliente está sempre em busca de agilidade e na expectativa para receber sua compra. A entrega também merece atenção na experiência do cliente, e é por isso que as empresas responsáveis do segmento não param de investir em meios que a agilizem.

Quer conhecer as principais tendências de logística que todo empresário precisa conhecer? Continue a leitura e entenda mais!

Quais são as principais tendências na logística?

Observar o consumidor e o que essas pessoas demandam é uma das principais maneiras de aprimorar o serviço. Para isso, vale a pena conhecer as tecnologias e inovações nos produtos e processos disponibilizados pelo mercado. Confira as principais tendências de logística!

1. Entrega agendada

Muita gente passa o dia fora de casa e, ao realizar uma compra em um e-commerce ou realizar as compras do mercado, deseja poder contar com a possibilidade de agendar sua entrega para garantir que estará lá quando ela chegar. Enquanto isso dá mais comodidade ao cliente, permitindo que mais organização da rotina, também é uma ótima modalidade para a empresa responsável pela entrega, já que consegue preparar os itens com calma e planejar a rota da equipe entregadora.

Para os restaurantes, também é uma ótima alternativa, já que o estabelecimento pode se preparar ainda mais para as demandas. Para incentivar este tipo de serviço no pedido, é possível oferecer condições especiais, como desconto por entrega agendada com antecedência ou explorar outros benefícios que sejam positivos tanto para o consumidor, quanto para o seu negócio.

Seu produto oferece essa facilidade? Então, disponibilize a seu cliente. Sem dúvida, a iniciativa será vista como uma praticidade, possibilitando que sua loja atraia mais visitas e, consequentemente, mais vendas.

2. Entrega em pontos de coleta

Já ouviu falar na opção “Retire na loja”? Ela era mais comum nas grandes varejistas, mas, dada sua popularidade e as flexibilizações do comércio, mais de negócios estão aderindo e possibilitando que seus clientes visitem os espaços físicos para retirar seus pedidos pessoalmente.

Para o estabelecimento, torna-se até mais vantajoso, porque, durante a visita, o consumidor pode até escolher outros produtos para combinar com sua compra, além de representar uma boa economia, evitando os custos com entrega, sejam elas internas, sejam terceirizadas. Para o cliente, é uma opção a mais para decidir como vai receber sua encomenda e, para quem tem mais urgência no recebimento, esta é uma ótima opção.

3. Entrega por drones

Pode parecer uma grande novidade, mas a entrega por drones acontece desde 2013. Hoje essas máquinas são responsáveis por milhares de entregas, inclusive a de alimentos e vacinas. De 2020 para cá, quando a vacinação contra Covid-19 começou, a Amazon fez uma parceria com a Pfizer para viabilizar o transporte delas com auxílio desse mecanismo.

No início desse ano, a Agência Nacional de Aviação Civil já concedeu a primeira autorização para que entregas de delivery contem com essa facilidade. Mas vale lembrar que a entrega por drones não tende a substituir o trabalho de pessoas entregadoras. A atuação humana segue sendo fundamental na operação logística.

4. Robôs autônomos

Falando em drones, a logística 4.0 também abrange o uso de robôs autônomos na entrega. Conhecidos como Autonomous Mobile Robots, eles começaram a fazer sucesso nas primeiras fases da pandemia, quando diversas empresas precisaram realocar a mão de obra e trabalhar em home office. Com isso, viram que se tratava de uma excelente alternativa.

Eles operam por conta própria, atuando como um carro com GPS. O operador define o ponto de partida e o de chegada, e a máquina traça a melhor rota conforme o indicado. Um dos principais benefícios dessa tendência é que ela permite otimizar processos internos, aprimorando sua automatização.

Ou seja, os robôs podem ser um apoio durante o trajeto, que pode ser combinado a outras modalidades, por exemplo: o robô faz todas as entregas em um limite de área que será o ponto de conexão com entregadores. Já os entregadores, tendo esse ponto de contato para retirar o pedido, conseguem cobrir uma área ainda maior, chegando a mais clientes e ampliando as possibilidades do negócio.

5. Uso de modais não poluentes

A emissão de gases poluentes gerada pelos veículos é uma das principais agravantes da crise climática. Com as constantes mudanças na temperatura e na natureza, as pessoas estão cada vez mais preocupadas e conscientes em relação ao meio ambiente. Isso não poderia passar despercebido pelas empresas e sua logística de entrega, que precisou buscar soluções para causar menos impactos nesse aspecto.

A utilização de bicicletas e patinetes elétricos é uma alternativa a mais para entregadores, em especial para aqueles que sequer têm transporte particular. Além de apoiar uma causa sustentável, dá para economizar, colhendo os mesmos benefícios de um veículo que não seja elétrico.

6. Redução de plástico

Um dado relevante sobre materiais usados em delivery: 72% dos consumidores gostariam de receber delivery de comida sem plástico descartável. Essa informação confirma que o consumidor está cada vez mais criterioso quanto às marcas que consome, diante do que elas fazem para gerar menos impactos negativos ao planeta.

Diminuir o uso de plástico não é novidade. Nos últimos anos diversos restaurantes substituíram o canudo desse material pelo biodegradável, assim como os copos. Sacolas plásticas de supermercado estão sendo trocadas pelas versões eco, isso quando o próprio cliente não leva a que tem em casa. Trata-se de um movimento que está ganhando força e tem todos os motivos para isso.

O mercado já conta com inúmeras alternativas ao plástico. Ainda que seja prático ou comum, substitui-lo é uma tendência, inclusive, em outros segmentos. O iFood, por exemplo, entende essa relevância e estabeleceu uma meta ousada para ser cumprida até 2025: zerar a poluição plástica das entregas.

Parte fundamental do trabalho de gestão de um restaurante é manter-se em dia com as novidades do mercado. Assim, você consegue sair na frente da concorrência sempre que novos produtos ou modalidades de serviço surgirem. Os processos de entrega fazem parte do sistema de funcionamento do seu restaurante e, por isso, é tão importante conhecer as tendências de logística.

Quer acompanhar mais tendências de logística e as novidades do mercado? Assine nossa newsletter e receba, quinzenalmente, novidades diretamente no seu e-mail

Por iFood

Por iFood

7 respostas

  1. Tem-se a necessidade de um canal de ligação quando de qualquer dúvida, esse procedimento de enviar e-mails para obter resposta (quando isso acontece) após 10 dias, denota o despreparo administrativo e a intenção única de somente faturar e as dificuldades ficam por conta do lojista.

    1. Oi, Roberto. Obrigada pelo comentário aqui. Estamos trabalhando em nossa melhoria contínua, por isso opiniões, sugestões e críticas são bem-vindas aqui. Vamos considerar o que você nos contou para as futuras mudanças no atendimento. Conta com a gente. 😉

  2. Estou tirando o meu estabelecimento da plataforma Ifood , simplesmente porque tem alguns clientes PILANTRAS que faz o pedido, e depois de consumir, ele faz o cancelamento, e com isso o estabelecimento entra no prejuízo, e digo mais nem adianta abrir um chamado por que normalmente eles não de reembolsa, ESTA SENDO UMA PÉSSIMA EXPERIÊNCIA QUE TUVE COM O IFOOD

    1. Oi, Jordan. Sentimos muito por essa sua experiência aqui. Estamos lançando novas ferramentas e investindo em tecnologia pra evitar que situações como essa ocorram e, principalmente, garantir que você tenha sempre uma ótima experiência com o iFood. Gostaríamos muito que você continuasse com a gente para participar das futuras mudanças.

  3. Boa tarde é tdo mto fácil na teoria MS complicado pra mim na prática ?sei cozinhar MS tnho dificuldade na tecnologia acredito k o ifood não pensa nas pessoas como eu sei analfabeta na tecnologia gostaria mto k o ifood tivesse um canal d atendimento via telefone cm certeza seria bem melhor talvez meu comentário né. Será lido MS é um desabafo o ifood na mnha vida é uma benção MS fico triste cm essa falta d comunicação ??

  4. pelo amor Deus me ajude
    dês que contratei o app ifood parceiro só consegui fazer uma venda, já vai fazer um meus e ainda não consegui receber meu dinheiro além de terem tirado mais da metade, todo num de tel que eu ligo nunca funciona ,e agora minha loja não aparece aberta pelo app, ou as vezes não aparece pra ninguém ,eu não sei mais o que fazer ,se poder me ajudar meu num é 21 981452450

    1. Oi, Márcia. Vamos te ajudar sim. Para verificarmos qualquer problema com o seu cadastro, precisamos que entre em contato direto pelo atendimento no Portal do Parceiro, acessando “Chamados e ajuda” no menu lateral, depois “Atendimento”- ou direto neste link: https://portal.ifood.com.br/cases/help. 😉

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

17/05/2024

Desvendando o ciclo do pedido: etapas, como medir e desafios

16/05/2024

À la carte: o que é, como funciona e dicas essenciais

15/05/2024

Negócios lucrativos: quais são e como garantir sucesso?