Delivery: especialistas apresentam as melhores práticas de negócio

Veja neste post um guia completo sobre o delivery e confira tudo o que precisa saber para alcançar o sucesso!

O mercado de delivery teve um crescimento significativo nos últimos anos, e essa não é uma tendência passageira. Os aplicativos de entrega de comida trazem bastante comodidade e praticidade às pessoas compradoras. Só o iFood, por exemplo, realiza cerca de aproximadamente 60 milhões de pedidos por mês.

João Barcelos, Embaixador iFood, e Taíne Hoffman, administradora de empresas, trazem algumas informações importantes para quem empreende, principalmente quem trabalha no ramo da alimentação. Afinal, o delivery se apresentou como uma boa oportunidade de negócio, uma vez que ampliou o alcance, aumentou as margens de lucro e ainda otimizou os processos nos estabelecimentos.

Tendo em vista que esse tipo de serviço se tornou um item indispensável para diversos negócios, e clientes aderiram muito bem à ideia, nada melhor do que entender como ele funciona, quais seus benefícios e como oferecer o delivery. Vamos começar.

O que é delivery?

O delivery é um serviço de entrega de produtos pedidos por meio de aplicativos, sites, telefones, redes sociais ou qualquer outro canal de comunicação. Os itens são entregues no local escolhido pelo cliente, que pode ser uma residência, comércio, indústria ou qualquer outro endereço.

Taíne fornece algumas informações mais sólidas sobre o início dessa prática: “O serviço de delivery começou na Antiga Roma, onde havia serviços de entrega de comida. Mas, foi se tornar relevante no cenário empresarial no século 20, especialmente com a popularização da pizza nos EUA após a Segunda Guerra Mundial. Isso impulsionou a prática globalmente”, explica.

Ela menciona que a tecnologia e a internet transformaram o delivery em um setor crucial para restaurantes. Nos anos 90, com o advento da internet, surgiram os primeiros sites de pedidos online. “A partir dos anos 2000, com smartphones e apps, o delivery se expandiu exponencialmente, tornando-se essencial para a estratégia de muitos negócios”.

Diferentemente do que alguns pensam, o delivery não serve apenas para restaurantes. Ele abrange diferentes negócios, como supermercados, farmácias, postos de combustível, petshops, lojas de vestuário e muito mais.

“O mercado de delivery cresce muito pela praticidade, pela agilidade e pelo mix de opções. Hoje, se eu sair do meu escritório, tenho 3 ou 4 opções para almoçar. Se eu entrar no aplicativo, tenho 1000. Isso, em específico, faz os consumidores buscarem muito por essa opção, inclusive pelo tempo e pela taxa de entrega, visto que a grande maioria das lojas trabalha com frete grátis”, comenta João Barcelos.

Sendo assim, sempre que houver alguém buscando a comodidade de receber seu pedido onde está, o delivery é um serviço muito bem-vindo. O relatório Food&Tech Trends da GALUNION, que reuniu 830 respondentes e 15.143 unidades representadas, aponta que 80% das pessoas pedem por delivery e por take away, que se trata de retirar o pedido no estabelecimento.

Vale destacar também que os serviços de entrega são uma vantagem para os negócios. “Quem empreende acaba se interessando mais por esse mercado, porque não aumenta o custo fixo. Não é necessário abrir um novo ponto para ter uma loja no iFood, nem alugar um espaço para ter uma loja online, em um cardápio digital e vendendo pelo WhatsApp”.

Como funciona um serviço de delivery de comida?

Para clientes, o processo é bem simples e bastante conhecido. Basta baixar o aplicativo, selecionar as configurações de sua preferência e realizar um cadastro. Depois disso, a pessoa pode selecionar os itens que deseja, escolher uma forma de pagamento, o local de entrega e confirmar o pedido.

Agora, para os estabelecimentos cadastrados, a logística é um pouco diferente. Nesse caso, os serviços de delivery funcionam a partir da parceria com uma plataforma, com serviços variáveis.

A plataforma de delivery faz toda a intermediação entre a clientela e o negócio, sendo a responsável pela captação do pedido. O aplicativo funciona para o estabelecimento como uma vitrine online, em que seus produtos podem ser divulgados e vendidos.

Mas, além de promover o espaço de divulgação dos itens, o estabelecimento pode contar com serviços complementares, como o de entrega de alimentos. Quando adere a esse formato, o negócio fica livre de preocupações com a parte logística do delivery.

Quando o pedido é confirmado por quem o fez, o estabelecimento cadastrado é notificado em seu sistema. Então, realiza a produção e/ou a organização dos produtos que foram solicitados.

Assim que o pedido estiver pronto para ser enviado, é só despachar por meio da equipe de pessoas entregadoras: seja da própria loja, seja do time de parceiros da plataforma de delivery utilizada.

Quais são as diferenças entre delivery, drive-thru e take away?

Para entregar um produto à sua clientela, um estabelecimento pode optar por vários formatos de serviço: o delivery de comida, o drive-thru ou o take away, por exemplo.

Mas você sabe como eles funcionam e como se diferenciam? Confira!

Delivery

A palavra delivery vem do verbo to deliver, em inglês, que significa “prestar (serviços), entregar, transmitir, distribuir”. Logo, refere-se a entregas ou distribuição de produtos em geral, adquiridos por meio de pedido on-line ou em estabelecimentos físicos.

Na prática, o delivery é a entrega de refeições é realizada por uma pessoa entregadora contratada em um local combinado. Trata-se da maneira mais prática de um estabelecimento ampliar a sua área de atendimento.

Para a entrega, é necessário ter embalagens para viagem e algum colaborador responsável pela separação e rotulagem de produtos, a fim de evitar confusões com os itens dos pedidos.

Já o pagamento pode ser realizado por aplicativo, usando Pix ou cartão de crédito, ou no ato da entrega, no cartão ou em dinheiro. Pelo transporte do pedido, uma taxa de entrega também pode ser cobrada à clientela.

Drive-thru

No drive-thru, termo que também vem do inglês e significa “por meio do carro”, clientes vão até o estabelecimento com um veículo e, sem precisar sair dele, fazem o seu pedido e o levam embora.

É um serviço mais comum em redes de fast-food, e exige um maior investimento estrutural. Para funcionar bem, é necessário ter espaço para uma fila de carros e atendentes disponíveis para anotar, receber o pagamento e entregar os pedidos.

Take away

Nesse formato de entrega, que significa “levar para longe” em inglês, clientes realizam o pedido remotamente, por telefone, aplicativo ou WhatsApp, e a entrega é feita em um balcão específico da loja ou empresa. Quando o negócio é do ramo alimentício, o take away significa que a comida deve ser apenas retirada, para ser consumida em outro local.

Por isso, o negócio precisa que seu serviço seja mais rápido que o de um delivery, já que há um horário aproximado e preestabelecido de retirada. A loja também precisa contar com embalagens para viagem e deixar uma pessoa responsável pela separação e rotulagem dos produtos, atendimento e entrega.

Como ter um delivery de sucesso?

O segmento delivery, embora competitivo, é repleto de oportunidades, pois a modalidade se tornou uma das mais procuradas pelo público consumidor. No relatório de Food&Tech Trends da GALUNION, o iFood e as vendas por WhatsApp se destacam como os métodos preferidos para pedir comida.

Apesar disso, o sucesso de um estabelecimento depende diretamente de fatores como um bom planejamento, inovação e qualidade. Esses requisitos são determinantes para oferecer uma experiência enriquecedora à pessoa consumidora, gerar fidelidade, destacar diferenciais relevantes e impulsionar os resultados.

Para ajudar, vamos citar “algumas histórias, bem breves, de pessoas que se destacaram de forma inteligente, como fizeram isso e o quanto isso foi um sucesso”, de acordo com o que foi relatado por João Barcelos.

Gestão eficiente

gestão escalável é um fator imprescindível que contribui para o crescimento do negócio e evita complicações que podem comprometer a sobrevivência no mercado. Seja em questões financeiras, seja em aspectos estratégicos, de pessoas ou operacional, a excelência na administração é determinante.

Estabelecimentos que alcançaram o sucesso têm como característica uma gestão proativa, controle pontual e alto padrão de qualidade. Inclusive, contam com o uso de sistemas digitais e capacitação de toda a equipe para manter a alta performance no nível de trabalho e entregas.

Inovação

inovação é um atributo essencial para um estabelecimento se destacar dos concorrentes e manter um bom posicionamento de marca. Trata-se da base que mantém um negócio competitivo e preserva a preferência da clientela, com um bom número de pedidos para entrega em domicílio.

As pessoas empreendedoras que desenvolvem uma mentalidade inovadora e um olhar atento para a evolução mercadológica, bem como para a economia do Brasil, têm melhores oportunidades de sucesso.

Para mostrar como inovar na prática, João Barcelos cita “uma loja que trabalhava com espetinhos, e que, em meados de 2020, na região não tinha pratos com esse produto”.

“Ela vendia simplesmente o espetinho, pão e bebidas, além de porções de vinagrete e alguma outra coisa. Além disso, durante o dia, o estabelecimento não vendia o produto, porque não tinha movimento no local físico, explica João.

Então, a gente implantou esse espetinho no horário do almoço, mas com uma porção de arroz, vinagrete e farofa. Assim, acabou criando uma demanda no horário do almoço e fazendo mais do que triplicar o faturamento desse negócio”, finaliza o Embaixador iFood.

Embalagens inteligentes

O mercado evoluiu bastante e, atualmente, é preciso ir além de oferecer alimentos de qualidade e uma entrega rápida. As embalagens se tornaram uma identidade da marca e são um instrumento para se comunicar com clientes e estreitar os laços.

Em vista disso, o uso de embalagens sustentáveis, inteligentes e personalizadas é uma característica notável em todos os estabelecimentos de sucesso. Afinal, consiste em uma poderosa estratégia para elevar a fidelidade, encantar a clientela e se diferenciar dos concorrentes.

Foco na experiência da clientela

Um delivery de sucesso é aquele que oferece às pessoas consumidoras pratos frescos, comida gostosa e uma entrega eficiente. Mas não é só isso! Processos de compra descomplicados e uma boa comunicação são indispensáveis para proporcionar uma excelente experiência a clientes.

Diante disso, todos os negócios de delivery que se destacam trabalham para manter a satisfação de clientes e, assim, elevar o valor médio de consumo. Ou seja, adotam ações para promover uma experiência diferenciada, desde o contato inicial e entrega até possíveis ações pós-venda.

Pense sempre em uma experiência cada vez melhor, tanto em temperatura quanto em sabor e embalagem”. Isso vai ajudar a destacar seus produtos, elevar o nível de satisfação e fidelidade, além de ser um diferencial competitivo.

Quer um exemplo? “Se a pessoa pede delivery, ela já está pagando pela embalagem”, e o mesmo vale para sachês — “se você vende a salada, precisa enviar o tempero”.

O caminho é facilitar ao máximo para a pessoa compradora e evitar possíveis obstáculos no processo para que ela não desista de realizar o pedido.

Para ilustrar, um exemplo mais recente, do ano de 2023: “Uma rede de picanharia com 5 lojas, que focava em pratos para duas ou três pessoas, só tinha itens acima de R$ 70 para a dupla. Por isso, não tinha um movimento legal no horário do almoço, e vendia muito mais à noite e aos finais de semana.

Nesse caso, foi criado um cardápio específico para almoço. As 5 lojas, que vendiam, mais ou menos, R$ 200 mil por mês no iFood, ultrapassaram o valor de R$ 600 mil em cerca de 4 a 5 meses, após esses ajustes.”

Segurança dos alimentos

A segurança alimentar é outro tema essencial para o sucesso de um negócio, especialmente de quem atua no delivery. Mais que isso, é uma obrigatoriedade legal para manter o funcionamento do estabelecimento e evitar riscos à saúde de clientes.

Um delivery de sucesso trabalha com alimentos de qualidade, um rigoroso controle de validade e uma estrutura adaptada para evitar contaminações. A empresa deve trabalhar com embalagens que preservam o prato e que garantem a sua proteção durante todo o transporte até o endereço de quem fez o pedido.

Agilidade nos pedidos

Segundo o relatório de Food&Tech Trends da GALUNION, citado neste post, 84% das pessoas tiveram problemas com delivery. Desse público, 69% relataram que o principal fator foi o tempo de entrega maior do que o prometido.

Dito isso, é claro que um delivery de sucesso tem como característica básica a agilidade no processamento dos pedidos e uma entrega eficiente. Ele faz isso sem abrir mão da qualidade e da segurança, atendendo a todos os prazos com precisão para evitar comprometer a satisfação da clientela.

Boas campanhas de marketing

Para chegar ao sucesso e conquistar uma ampla carteira de clientes fiéis, um negócio delivery deve explorar as campanhas de marketing. Os estabelecimentos que desenvolvem boas ações nesse sentido têm facilidade para despertar o interesse do público-alvo e promover a conversão.

Outra característica comum são as campanhas expressivas, compostas por ações diversificadas e bem planejadas. A presença forte nas redes sociais e no meio digital, por exemplo, são fatores imprescindíveis para otimizar as ações de marketing.

Cardápios atualizados

A atualização no cardápio é uma ação importante para manter um portfólio diversificado que atenda a todo o público-alvo. Trata-se de uma forma de acompanhar a evolução do mercado e o nível de exigência das pessoas consumidoras, que está cada vez mais elevado.

Sendo assim, todo delivery de sucesso adota uma metodologia para revisar o cardápio e atualizá-lo sempre que necessário — incluindo questões ligadas à tabela nutricional dos alimentos. Essa ação deve ser embasada por estudo de mercado e do público consumidor, a fim de inserir itens que estejam em destaque na gastronomia e em épocas sazonais.

Que tal um exemplo? João Barcelos conta: “Em uma das primeiras mentorias que fiz, por volta de 2020, teve uma padaria, em uma cidade turística do Rio de Janeiro, que faturava entre R$ 20 e 25 mil por mês no iFood. Ao fazer uma divisão de cardápios por horários, conseguiu se destacar da concorrência.

Assim, pela manhã, só tinha itens de café da manhã. Após o horário do almoço, entre 15 e 18 horas, tinha confeitaria, produtos de café da tarde e pães, doces, frios e salgados. Já à noite, tinha um cardápio específico para o horário.

Essa estratégia foi o que acabei denominando de cardápio inteligente. Em 4 meses, a padaria rompeu a barreira dos R$ 100 mil no iFood.”

Promoções e cupons de desconto

As promoções e os cupons de descontos são estratégias comerciais infalíveis que sempre despertam o interesse das pessoas. São medidas com potencial para influenciar a decisão de compra e a fidelidade com uma marca.

Promoções e programas de descontos bem planejados são estratégias adotadas periodicamente por todo delivery de sucesso. São propostas sempre acompanhadas de campanhas de marketing para engajar e estimular a participação de um número maior de clientes.

Outras dicas de nossa especialista

De acordo com Taíne, “é essencial focar na qualidade e rapidez da entrega, manter um bom relacionamento com clientes e otimizar a gestão de pedidos“. Ela cita algumas práticas específicas:

  • implementar sistemas de gestão de pedidos eficientes e aplicativos móveis para facilitar pedidos e rastreamento;
  • garantir que a comida chegue quente (ou fria, se for o caso) e em boas condições;
  • oferecer um serviço de atendimento ao cliente ágil e eficiente, resolvendo problemas rapidamente e mantendo uma comunicação clara;
  • usar as redes sociais e outras plataformas online para promover o serviço de delivery, alcançar mais clientes e criar engajamento;
  • estabelecer parcerias com plataformas de delivery populares e outros negócios locais para expandir o alcance do serviço;
  • monitorar e analisar dados de vendas e feedback dos clientes para identificar tendências, preferências e áreas para melhoria.

Vale mais a pena ter a própria pessoa entregadora ou uma empresa parceira?

“Optar por entregadores do iFood traz flexibilidade, permitindo ajustar a demanda conforme necessário e evitando custos fixos em períodos de baixa“, explica Taíne. Ela enfatiza que tudo isso representa uma economia significativa, especialmente em momentos de flutuação no volume de pedidos.

A redução de responsabilidades administrativas e logísticas é outro benefício apontado pela administradora. “Isso inclui o gerenciamento de folhas de pagamento, seguros e manutenção de veículos, liberando o restaurante para focar na qualidade dos alimentos”, reforça. Tudo isso pode ajudar ao empreendedor de focar naquilo que importa mais para ele: o crescimento de seu negócio.

Estar na plataforma do iFood também aumenta a visibilidade do restaurante, atraindo mais clientes por meio do aplicativo. “Esse aumento na exposição pode impulsionar significativamente as vendas, contribuindo para o crescimento do negócio no competitivo mercado de delivery”, indica Taíne.

É importante notar que a logística de entrega dos alimentos até a clientela deve ser completamente planejada para agilizar os processos e atender aos prazos com segurança. É uma atividade que exige boa gestão, e, em muitos casos, ter uma pessoa entregadora contratada ajuda com os esforços.

Por esse motivo, como abrir um delivery no seu estabelecimento por conta própria é algo complexo, contar com uma empresa parceira para gerenciar as entregas é uma estratégia que vale muito a pena.

Assim, basta priorizar a produção e o gerenciamento dos pedidos para enviar as entregas com rapidez e atender aos prazos prometidos ao público.

Vale notar que a entrega rápida de alimentos gerou muitas oportunidades para profissionais continua gerando muitas oportunidades no país, de acordo com o IBGE:

“No 4º trimestre de 2022, o Brasil tinha 1,5 milhão de pessoas que trabalhavam por meio de plataformas digitais e aplicativos de serviços. Esse número representava 1,7% da população ocupada no setor privado, que chegava a 87,2 milhões, no período.”

Como se destacar nos aplicativos de delivery?

Os apps de delivery são a melhor alternativa para apresentar a marca à clientela e buscar meios de elevar os resultados. São plataformas que, além de apresentar o negócio ao público, auxiliam no gerenciamento de pedidos e entregas, tornando tudo mais seguro e moderno.

Os aplicativos, por outro lado, são ambientes mais competitivos, já que contam com diversas marcas e itens disponíveis. Por esse motivo, adotar estratégias para melhorar o potencial do negócio é crucial e ajuda você a se destacar para uma melhor captação de clientes.

Veja a seguir algumas dicas relevantes para atuar com excelência nos aplicativos de delivery!

Preze pela entrega rápida

Um dos grandes fatores que comprometem a experiência da pessoa consumidora são os prazos de entregas não cumpridos. O longo tempo para levar o produto ao destino indicado causa sérios danos à imagem do estabelecimento, além de prejudicar a qualidade do item, que pode sofrer avarias pelo caminho.

Para evitar todos esses problemas, não existe outra maneira: seja uma loja o mais pontual possível e organize toda a gestão de pedidos e entregas delivery. Com planejamento, sempre é mais fácil atender aos prazos, mesmo naqueles dias em que o volume de pedidos é alto.

Sendo assim, o primeiro passo é se organizar para finalizar a entrega rapidamente. “É o básico que todo mundo tem que ter”. Afinal, deixar as pessoas esperando não é uma maneira de se destacar nos aplicativos de delivery.

Faça um processo de compra rápido

A experiência da clientela começa no momento da análise do cardápio e no processo de compra, e não depois da entrega do produto. Sendo assim, crie modelos de cardápios e processos de pedido práticos e ágeis, com facilidade para receber observações e atender de forma personalizada.

A praticidade no ato da compra, no processamento e no preparo do pedido é determinante para respeitar os prazos estabelecidos. Quanto a isso, já sabemos que atrasos não são tolerados pelo público consumidor de delivery!

Assim, clientes não precisam levar muito tempo para escolher os itens, fazer o pagamento e receber o pedido. “Sem muitos adicionais, sem muitos cliques. Tudo de maneira muito rápida!”.

Tenha clareza

A objetividade nas informações também é uma grande aliada, pois ajuda clientes a entenderem o que vão pedir. “Clareza no nome da loja, no nicho, nome do produto, na foto, na descrição da foto: acho que isso é essencial”, pontua João Barcelos.

Capriche no horário de atendimento

A escolha de um horário bom vai colocar o seu negócio em destaque. Afinal, é possível trabalhar em momentos em que a concorrência é menor, de modo que a clientela possa encontrar o seu estabelecimento com mais facilidade.

Quer um exemplo? João Barcelos diz: “Para quem trabalha com pizzaria, um horário que eu julgo bom para abrir é entre as 17h e as 18h, mas sem fechar às 22h”. Para se destacar, é interessante estender o tempo de atendimento até à 00h ou 02h.

Preze pela qualidade

A qualidade é um atributo básico para todo negócio, principalmente no caso de estabelecimentos que atuam no segmento alimentício. Quem faz um pedido de comida, por exemplo, merece receber produtos frescos e com boa aparência, feitos com ingredientes de qualidade e seguros.

Como os aplicativos são repletos de opções, garantir pratos saborosos e de qualidade é essencial para fidelizar a clientela. Quando alguém recebe uma entrega de baixa qualidade, dificilmente repete a dose no mesmo estabelecimento!

Prezar por um bom serviço é essencial para o negócio se manter competitivo, e isso engloba:

  • entrega rápida;
  • poucos erros.
  • boa avaliação;
  • embalagem ideal para serviços de entrega;
  • boa temperatura.

Adote um cardápio variado

As preferências das pessoas consumidoras mudam a todo momento, e isso influencia a decisão sobre o que pedir nos aplicativos de delivery. Por essa razão, é muito importante que o seu negócio tenha um cardápio diversificado e com opções que atendam a todos os gostos e bolsos.

Lembre-se de incluir opções para pessoas vegetarianas, veganas e todo tipo de público, inclusive o infantil. A diversificação ajuda a manter a preferência pelo seu estabelecimento, que será sempre lembrado por atender a alguma especificidade de determinado tipo de cliente.

Dê atenção ao relacionamento com clientes

Um bom relacionamento é o resultado de um conjunto de ações que acontece desde o pedido até o pós-venda. Um bom atendimento ao cliente é um fator crucial para a fidelidade e experiência do público com a marca, além de ser um diferencial de peso nos aplicativos de delivery.

Em vista disso, é válido adotar medidas para aprimorar o seu relacionamento com a clientela, de forma que garanta satisfação contínua, e não isolada. Ofereça canais de atendimento, peça avaliações e responda a todos os comentários para se aproximar do seu público.

Use as redes sociais

As redes sociais são meios importantes para implementar ações estratégicas e se comunicar com o público-alvo. Uma grande maioria das pessoas está presente ali e utiliza esses canais todos os dias, por isso, é essencial marcar presença para aumentar a visibilidadepromover o engajamento e disseminar a marca.

Vale muito ter um planejamento específico para as redes sociais e manter uma presença digital forte nas principais plataformas, com conteúdos interessantes e bem elaborados. Lembre-se de que elas são um excelente caminho para se comunicar com as pessoas consumidoras, otimizar a captação e conversão.

Crie planos de fidelidade

Em meio a tantas opções disponíveis nos aplicativos de delivery, clientes sempre priorizam aquelas que oferecem diferenciais. Nesse sentido, utilizar planos de fidelidade é uma estratégia interessante que contribui para estimular o engajamento.

Conforme mostra o relatório de Food&Tech Trends da GALUNION, 75% dos consumidores pertencem a um programa de fidelidade, e 61% são mais propensos a gastar onde são membros do programa.

Portanto, desenvolva programas que ofereçam vantagens para pedidos recorrentes, como brindes e descontos. Além de ser um diferencial da marca, contribui para manter a clientela sempre presente e, assim, impulsionar seus resultados.

Como o iFood pode ajudar no aumento das suas vendas?

Ao vender no iFood, seu negócio é mais valorizado por integrar a maior foodtech da América Latina, contando com ótimas ferramentas de gestão de delivery.

O iFood Delivery busca promover visibilidade aos negócios parceiros, apresentando as lojas de acordo com suas categorias. Além disso, poupa as pessoas empreendedoras de grandes despesas com publicidade e divulgação.

Cadastrar seu estabelecimento na plataforma permite que mais pessoas possam fazer pedidos sem abrir mão do conforto de suas casas, e sem gastar horas com deslocamento e filas.

Clientes também podem acessar o cardápio pelo aplicativo ou pelo computador, e toda a navegação é rápida e fluida. Além disso, as pessoas têm a comodidade de fazer o pagamento online, e o iFood se encarrega de realizar o repasse financeiro ao estabelecimento.

Como se cadastrar para vender no iFood?

Para fazer parte do iFood Delivery, alguns requisitos precisam ser atendidos pelo seu estabelecimento. Antes de iniciar o cadastro, tenha em mãos seus dados pessoais e dados do seu negócio, além do CNAE do ramo alimentício e CNPJ da sua empresa, que pode ser MEI.

Vale lembrar que o negócio também precisa contar com um computador e um bom sinal de internet para a retirada dos pedidos, para se comunicar com sua clientela e para realizar os trâmites necessários à operação.

Outra ação relevante é produzir boas fotos dos seus produtos. Não se preocupe em ter equipamentos profissionais. Você pode aprender a valorizar seus itens utilizando seu próprio celular, fazendo um bom empratamento e escolhendo um bom ângulo e uma boa iluminação.

O iFood ajuda as lojas parceiras a terem mais visibilidade e, com isso, impulsionarem o negócio. O formato de delivery atrai bastante cliente que busca por comodidade e praticidade. Por isso, a sua empresa não pode ficar de fora.

Agora que você já conhece os benefícios em fazer parte do iFood, acesse nossa página de cadastro e seja protagonista do seu negócio!

Por João Barcelos

Por João Barcelos

41 respostas

  1. We are really grateful that you have shared this wonderful knowledge on your blogs. Using it to assist promote my website on social media is something I will undoubtedly do. That you shared, I appreciate it.

  2. You have my sincere gratitude for sharing this wonderful knowledge on your blogs; I will definitely find it helpful as I promote my website on social media. Thanks for sharing.

  3. For providing this wonderful information on your blogs, I am really appreciative. When I post my website on social media, it will be incredibly helpful. Thank you for sharing.

  4. We are really grateful that you have shared this wonderful knowledge on your blogs. Using it to assist promote my website on social media is something I will undoubtedly do. That you shared, I appreciate it.

  5. I am really appreciative of you providing this excellent information on your weblog. When I post my website on social media, it will be incredibly helpful to me. I am grateful that you shared.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

23/04/2024

Não julgue APENAS pela casca: veja como escolher os melhores legume...

23/04/2024

Embalagem de produtos: transformando compras em experiências

23/04/2024

Conheça 4 molhos para macarrão que são deliciosos

 

Ingressos disponíveis!

Garanta sua presença no evento que vai mover o mercado de Food Delivery