Como descobrir novos nichos de mercado?

Nichos de mercado: entenda o que são e o que fazer para se destacar em um segmento do ramo alimentício!

Quando você não tem dimensão dos diferentes nichos de mercado, perde uma bela oportunidade de impulsionar o seu negócio ou dar início a um novo projeto. Esse é um dos motivos pelos quais vale a pena saber o que algumas áreas de atuação têm a oferecer para o seu sucesso.

Acompanhar as novidades do mercado é o primeiro passo para ter boas ideias de segmentos para investir. O setor de food service é um ótimo exemplo. Só no ano de 2021, a venda de indústria de alimentos e bebidas teve um crescimento acima de 25%, faturando um pouco mais de R$ 175 bilhões. 

Tem interesse em encontrar os segmentos mais promissores para as vendas? Continue a leitura deste post e saiba como identificar novos nichos de mercado!

O que são nichos de mercado?

Nichos de marcado são as áreas que você pode atuar com determinados produtos ou serviços. Ou seja, representam um segmento de atuação e o conjunto de todos os nichos forma o mercado inteiro. Usar esse conceito como estratégia para chegar cada vez mais perto do sucesso esperado nos negócios se baseia em conhecer tanto o todo quanto as partes.

Desse modo, conforme você tem a oportunidade de aprender mais sobre diferentes setores, consegue obter informações sobre aqueles que apresentam algum tipo de carência, como falta de inovação, ausência de fornecedores ou alguma repetição de erros que pode ser evitada.

É com base em toda essa pesquisa que você pode traçar um planejamento estratégico para que o seu negócio ofereça aquilo que falta em um determinado nicho e satisfaça cada vez mais o público.

Quais são os principais nichos na área alimentícia?

Uma das melhores características do mercado dos alimentos é que ele proporciona diversas oportunidades de oferecer um diferencial, apresentar algo novo e, quem sabe, criar o seu próprio nicho. Sendo assim, o que não faltam são oportunidades de negócios.

Veja alguns dos segmentos em que vale a pena ficar de olho no mercado alimentício para se inspirar!

Fast-food

Com rotinas corridas, necessidade de praticidade para se alimentar, influência das mídias, entre vários outros fatores, o público se atrai pelas comidas de preparo rápido, conhecidas como fast-food.

Não é à toa que lanches, pizzas, frituras, entre outros tipos de alimentos se mostram como boas ideias de produtos dentro desse mercado. Alguns estudos realizados na Universidade de Michigan apontaram que cerca de 20% das famílias aumentaram o consumo de fast-food nos últimos anos, mostrando como esse segmento já faz parte do dia a dia de muitas pessoas. 

Alimentos funcionais

Ao mesmo tempo em que o consumo de fast-food é alto entre a população, há outra tendência que se mostra quase como o oposto da proposta dos produtos de rápido preparo — ou seja, chega com menores níveis de calorias, gorduras e açúcares.

Esse é o caso dos alimentos funcionais, aqueles que apresentam um maior potencial para proteger a saúde de vários problemas, principalmente as doenças crônicas, como o diabetes, o colesterol alto e o câncer.

Uma maior atenção aos cuidados com a saúde e o bem-estar passa por algumas mudanças de hábitos alimentares. Por conta disso, os produtos que oferecem benefícios para o corpo, com um maior potencial nutritivo, também ganham um nicho próprio. 

Comida asiática

As comidas chinesa, japonesa e coreana fazem parte dos principais nichos de mercado em alta no delivery. Afinal, pratos que têm inspiração ou origem na culinária do Leste Asiático, tanto os frios quanto os quentes, conquistaram o coração dos brasileiros.

A pesquisa mais recente realizada pela Francal Feiras sobre a culinária asiática apontou um faturamento médio anual de cerca de R$ 19 bilhões só no Brasil. Inclusive, alguns negócios que atuam dentro desse setor estimam faturar mais de R$ 30 milhões nos próximos anos.  

Massas 

Os dados mais recentes da Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (ABIMAPI) mostram também que o nicho das massas está a todo vapor e faz parte de quase 100% do dia a dia dos brasileiros.

Só nos primeiros 4 meses de 2021, o setor faturou cerca de R$ 2,6 bilhões, o que representa um aumento de 12,2% nas vendas. Sendo assim, é possível ter vantagem ao trabalhar com ingredientes frescos ou industrializados, principalmente ao oferecer inovações nos pratos, com molhos tradicionais e novas criações.

Como descobrir novos nichos de mercado?

Estudar o mercado é a estratégia mais eficiente para conhecer os nichos que se destacam. Assim, é possível identificar o que determinado público prefere e espera do setor alimentício.

Ao mesmo tempo, com pesquisas sobre diferentes segmentos do mercado, é possível encontrar o que ainda está em falta e agir para entregar justamente aquilo que os consumidores procuram, mas não encontram.

Esse estudo pode ser feito ao acompanhar as notícias, os dados divulgados e os fóruns de discussão sobre os nichos de mercado que chamam a sua atenção. Além disso, é possível realizar suas próprias pesquisas, com formulários nas redes sociais, principalmente aqueles direcionados para um público específico.

Como se destacar dos seus concorrentes?

Nesse contexto, é importante também saber o que fazer para impulsionar o seu negócio e fazer com que seja um dos que mais se destacam no nicho de atuação. Confira algumas dicas que podem ser úteis para os negócios!

Invista em alimentos de qualidade

A qualidade dos produtos com que você trabalha conta muito nos resultados finais. Por esse motivo, se o seu objetivo é conquistar os consumidores pelo sabor dos pratos, é importante investir em bons alimentos.

Contar com fornecedores confiáveis faz toda a diferença nesse processo. Além disso, ter uma boa gestão de estoque, com o objetivo de evitar que os produtos cheguem perto da data de validade, garante o uso de ingredientes mais frescos e saborosos.

Tenha um cardápio variado

Outra estratégia válida é o planejamento do cardápio. Quanto mais opções variadas você oferecer, maiores são as chances de conquistar um público fiel. Além disso, é importante agir com estratégia na hora de pensar nos pratos a serem servidos no seu restaurante.

Isso porque existem diferentes formas de variar no cardápio e, ainda assim, seguir em um mesmo nicho de mercado. Por exemplo, suponha que você queira vender alimentos congelados. Dentro desse segmento, é possível oferecer alternativas tradicionais, vegetarianas, sem glúten, gourmet, entre muitas outras opções. 

Aposte em delivery

A entrega de pedidos também pode fazer a diferença nas vendas do seu restaurante. Afinal, expande as oportunidades de consumo do público, oferecendo diferentes experiências com o seu estabelecimento. Isso sem contar que o delivery é mais uma tendência do setor alimentício.

O que é a estratégia Oceano Azul e por que utilizá-la?

A estratégia Oceano Azul traz um conceito que faz com que seu negócio se diferencie da concorrência. Esse movimento foi divulgado inicialmente no livro “A Estratégia do Oceano Azul”, dos professores e teóricos da área de gestão de negócios, W. Chan Kim e Renée Mauborgne.

Oceano Azul é a ideia de um mar em que qualquer pessoa consegue nadar sem muitos obstáculos. Do outro lado, há o oceano vermelho, aquele que é bastante disputado e manchado pelas batalhas entre os concorrentes.

A proposta dessa estratégia é dar preferência aos mercados que ainda não foram tão explorados e que têm menos concorrência — ou seja, aqueles em que o oceano ainda está azul.

Desse modo, em vez de lutar para se manter em um espaço saturado, você tem a oportunidade de se lançar em um setor de alimentos que ainda está nascendo ou em desenvolvimento, tornando-se um dos negócios precursores do nicho.

Em outras palavras, os segredos para se sair bem dentro de quaisquer nichos de mercado são os estudos e a inovação. Quanto mais você pesquisa sobre os diferentes segmentos, mais ideias pode ter para oferecer algo de novo e promissor para uma área que está precisando.

Agora que você já sabe mais sobre os principais nichos de mercado do setor da alimentação, o que acha de conhecer um modelo de negócio inteligente? Saiba mais sobre a dark kitchen!

Por iFood

Por iFood

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

21/06/2024

Dia das Crianças: o que vender nessa data?

20/06/2024

Marketing para restaurantes: especialista mostra como começar

19/06/2024

Como funciona o Imposto de Renda MEI?

 

Ingressos disponíveis!

Garanta sua presença no evento que vai mover o mercado de Food Delivery