Segmentação de público-alvo: você sabe como fazer?

Entenda o que é público-alvo e saiba como fazer sua segmentação. Assim você entenderá o perfil adequado dos seus clientes.

Se você sente que suas vendas no restaurante estão estagnadas, saiba que alguns erros estratégicos podem estar acontecendo e comprometendo seus resultados. Um deles talvez seja não fazer a segmentação de público-alvo.

Antes de entender como fazer uma boa segmentação, vale a pena fazer uma reflexão: você tem um nicho bem definido? Enquanto consumidor, por exemplo, você prefere comprar pizza em uma padaria ou pizzaria?

Cada negócio tem seu diferencial, que atrai um público específico. Um dos maiores problemas do delivery é querer vender tudo para todos. Pode ser difícil garantir qualidade e foco nas vendas se você vende, por exemplo, lanches, pizzas, açaí e outros itens. Quanto mais nichado o seu delivery estiver, mais fácil será segmentar o seu público-alvo.

Não definir bem o público para quem está direcionando suas ações é uma falha grave, e isso pode acabar com o seu desempenho.

Quer saber mais sobre o assunto? Confira as dicas do Dellamarque e saiba como fazer a segmentação do seu público-alvo!

Como fazer uma boa segmentação do seu público-alvo?

A segmentação de público-alvo é uma estratégia que permite identificar, em um grupo grande, quais são as pessoas com gostos e preferências semelhantes que podem corresponder a um padrão a ser explorado nas estratégias de marketing para restaurantes.

Para ser possível identificar o seu público-alvo, é importante ter uma boa estratégia. Veja algumas dicas a seguir.

Conheça o mercado

Esse é o passo inicial, que não pode ser pulado: conheça bem o mercado em que está inserido. Isso significa analisar, por exemplo, como o mercado de delivery tem crescido no Brasil como um todo e, também, na sua região, quais são os segmentos que estão ganhando maior espaço e quais as brechas de mercado, dentre outros aspectos.

Alguns outros pontos que merecem atenção são:

  • atuação e expressão dos concorrentes no mercado;
  • concentração geográfica dos seus clientes;
  • concentração de determinados segmentos em áreas específicas (por exemplo, talvez as hamburguerias estejam mais presentes em regiões específicas da cidade);
  • o comportamento das pessoas que consomem em seu restaurante.

Faça uma pesquisa com os clientes atuais

Entender o público-alvo implica, também, em conversar com seus clientes. Pesquisar hábitos, interesses, expectativas e outros aspectos de quem vai consumir em seu negócio é um passo importante.

Afinal, você sabe que não vai conseguir agradar todo mundo, mas é fundamental gerar estratégias que realmente se conectem com quem está no cerne das compras em seu restaurante.

Por exemplo, que tal fazer perguntas para quem sempre frequenta o restaurante para compreender padrões e hábitos? Algumas perguntas interessantes de serem feitas são:

  • Tem algo que você não gostou?
  • O que você mais gosta no restaurante?
  • O que você acha do nosso atendimento?
  • O que você acha que falta em nosso restaurante e que poderíamos trazer?

Essa não precisa ser uma conversa formal. Você pode conversar informalmente com quem já é fidelizado no seu espaço, justamente para entender as razões pelas quais ela está sempre ali e poder replicar isso para atrair mais pessoas. Ou, se quiser, pode criar um questionário breve para elas responderem quando visitarem seu restaurante.

Uma dica é usar e abusar das ferramentas de pesquisa do Instagram. Com poucos cliques você consegue fazer enquetes nos stories e ter, em tempo real, informações do seu público.

Utilize ferramentas de pesquisa

Você pode utilizar ferramentas digitais para construir formulários de pesquisa. Esse formulário pode ser divulgado, por exemplo, em listas de distribuição com seus clientes no WhatsApp ou redes sociais. Durante a pesquisa, busque explorar pontos como:

  • idade;
  • onde mora;
  • qual dia e horário costuma pedir comida;
  • o que leva a pedir comida;
  • o que mais gosta do seu restaurante;
  • o que menos gosta do seu restaurante;
  • quais redes sociais utiliza;
  • como prefere receber suas comunicações.

Enfim, todas as dúvidas referentes à relação do seu negócio com o cliente devem ser exploradas no questionário. Busque ser objetivo para que as pessoas se engajem e trabalhe com respostas anônimas para que os pesquisados sintam-se mais confortáveis.

Observe os comentários em redes sociais

Não deixe de dar atenção aos comentários que você recebe nas redes sociais. Anote todos os pontos positivos e pontos de melhoria. Com isso, você consegue entender as preferências dos seus clientes .

Outra dica é também observar os mesmos comentários no perfil dos seus concorrentes. Assim você faz um mapeamento completo do público em potencial e se prepara para atender cada vez mais pessoas.

Defina a persona

Para definir, de fato, o seu público-alvo, depois de todas essas questões, é importante ter traçado, de fato, quem é a sua persona. A persona é um perfil semi-fictício do seu público-alvo, que descreve além das informações demográficas.

Para construir uma persona você deve entender quais são as preferências e dificuldades da vida do seu consumidor. Pode ser que você descubra, por exemplo, que seu cliente compra de você porque não tem tempo para cozinhar sua própria comida. Com isso, você entende que o tempo de preparo e entrega é um diferencial competitivo relevante.

Para criar uma persona, você deve consolidar dados das etapas anteriores e identificar padrões que tracem mais ou menos quem é o público-alvo ideal da sua loja.

Ente os dados que não podem faltar na sua formação de persona estão:

  • dados demográficos e geográficos;
  • média salarial ou padrão de renda;
  • ticket médio em seu restaurante;
  • profissão;
  • preferências alimentares;
  • princípios de vida (por exemplo, se apoia a sustentabilidade ou é vegano).

Use dados reais

Nunca vá pelo achismo! Sempre faça sua segmentação de público-alvo com dados reais. Isso porque, muitas vezes, nossa percepção pode estar errada. Novamente, escute seu público! Isso ajuda, inclusive, a estreitar o relacionamento com ele.

Quais os benefícios da segmentação do público-alvo do seu restaurante?

Sabe por que é tão importante saber como fazer segmentação de público-alvo? Isso traz uma série de benefícios importantes para seu restaurante, como:

  • saber como criar estratégias de marketing mais eficientes e direcionadas;
  • entender o que seu público quer saber e criar conteúdos para eles;
  • criar novos produtos e serviços em seu restaurante que eles desejam e esperam;
  • evitar erros que podem prejudicar a experiência com seu público (por exemplo, utilizar excesso de plástico se as pessoas têm, majoritariamente, um perfil pró-sustentabilidade);
  • alcançar melhores resultados com as estratégias de divulgação;
  • captar mais clientes para o restaurante;
  • aumentar vendas em outras modalidades (por exemplo, impulsionar o delivery);
  • fidelizar quem vai ao seu restaurante, entre outros.

A segmentação de público-alvo é estratégica e, portanto, exige que você tome os cuidados necessários para sua elaboração. Com isso, é possível garantir maior sucesso e alavancar os resultados do restaurante, destacando-o em meio à concorrência.

Você gostou de aprender sobre o tema e quer novos conteúdos relevantes para o seu negócio? Assine já a nossa newsletter! Assim você recebe as novidades diretamente na sua caixa de entrada.

Por Marcos Dellamarque

Por Marcos Dellamarque

26 respostas

  1. Assim como restaurantes, mercados, farmácias possuem uma segmentação clara dentro do ifood já está na hora de termos o item Floriculturas e/ou Presentes dentro da plataforma e migrar esses negócios para o nicho correto concordam? Por exemplo no campo observações que hoje o ifood deixa escrito se vai tirar cebola ou coisa do tipo, onde peço para meu cliente escrever quem vai receber o presente? Informação importantíssima para os motoqueiros que estão acostumados a procurar quem comprou/pagou o presente e campo esse que eles não tem acesso e se houver falha interna em não avisá-los é problema na certa… a falta de um segundo campo onde o cliente escreva sua mensagem para imprimimos o cartão do presente deles e esse sim ser confidencial também faz falta. Creio que se tivesse o item Floriculturas dentro da plataforma despertaria curiosidade no público em geral que a usa geralmente para pedir refeições, para conhecer e fechar mais negócios nesse ramo/segmento/nicho, que também ajudaria nas campanhas de marketing digital e outros canais que o Ifood poderia explorar mais esse serviço.

    1. Ótima essa sua dica, hein. Já salvamos aqui pra todo o nosso time estar ciente e, quem sabe, implementar mudanças com relação a isso no futuro. ? Conta com a gente!

  2. Foi de extrema importância, pois através do reconhecimento do meu público alvo posso desenvolver mecanismos de marketing e de pesquisas para alcançar mais clientes.

  3. Muito bom, saber seu público alvo,mais as vezes parecer uma investigação ao cliente que nem todo mundo saber abordar para saber tanta informação.

    1. A gente está muito empenhado em desenvolver as habilidades dos nossos parceiros nas principais áreas de empreendedorismo, vendas, marketing… Além dos conteúdos aqui no blog, você pode se aprofundar mais com os nossos cursos do iFood Decola: https://decolarestaurantes.com.br. <3

    1. É muito bom ler isso! 😉 Seguindo essas e outras dicas aqui do blog, você vai ainda mais longe com o seu negócio. =D

    1. Legal demais, né, Peter? 🙂 Ficamos bem felizes que tenha gostado. Clica nos outros textos aqui do blog e utilize também o nosso canal no YouTube pra aprender ainda mais.

    1. Oi, Pyter. Conhecimento é sempre transformador, por isso criamos nossos canais para parceiros, como o blog, canal no YouTube e perfil no Instagram. Além disso, temos nossos cursos do iFood Decola e as guias inteligentes no Portal. 🙂 Tudo pra você levar seu restaurante a um mais alto nível. <3

  4. Porque vcs não começam a implementar o pixel do Facebook no cardápio dos parceiros e fornecer essa segmentação do pixel pra gente? Melhor que essas dicas furudas aí.

    1. Oi, Pablo. Obrigado por entrar em contato. Cada dica dos nossos parceiros é sempre muito bem-vinda. 🙂 Vamos considerar para as futuras mudanças aqui. =D Qualquer novidade, atualizaremos em nossos canais. E não deixe de acessar nosso relatório de melhoria contínua em https://linktr.ee/ifoodparaparceiros.

  5. Muito difícil alguém responder pesquisa. Nem avaliação o pessoal faz, só quando tem algo para reclamar.

    1. Oi, Eliane. Pode parecer difícil, mas algumas dicas simples podem te colocar mais próxima de entender o seu público, como oferecer recompensas. 😉 Fica de olho aqui no blog, que tem várias dicas legais. 🙂

  6. O cuidado que vocês teem com todos os clientes e possíveis clientes; parceiros, acabam sendo ou trazendo superficialidades subjetivas a confundir um pouco a cabeça do leitor interessado direto nos seus negócios.
    Posso quem sabe, e talvez, sugerir mais objetividade nas missivas.
    A objetividade, cria mais acreditação.

    1. Obrigado pela sugestão! Vamos considerar seu comentário para os próximos conteúdos aqui do blog. 😉 Sempre que quiser, fica à vontade pra falar com a gente.

  7. como começar um negocio direcionado somente lanches
    crepe
    açai
    churasquinhos
    pizzas
    pastel

    1. Oi, Chirlei. Tudo bem? Você pode acessar o seguinte link para conferir toda a documentação necessária e realizar seu cadastro: https://parceiros.ifood.com.br. Inclua a sua documentação e a documentação do restaurante. Logo depois, seu cadastro vai para uma análise interna. Depois de aprovado, é só configurar os detalhes de funcionamento e começar a vender!

      Caso tenha qualquer dificuldade, conte com nosso atendimento exclusivo sobre cadastro: https://bit.ly/3Rkt2M2

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

23/04/2024

Não julgue APENAS pela casca: veja como escolher os melhores legume...

23/04/2024

Embalagem de produtos: transformando compras em experiências

23/04/2024

Conheça 4 molhos para macarrão que são deliciosos