Take away: o que é, como funciona e como implementar?

Entenda o que é take away e conheça as principais diferenças desse modelo de negócio para o delivery e drive thru.

Uma maneira de se destacar no mercado de alimentação, em meio a tantas opções para os clientes, é apostar em modelos inovadores de negócio. Um que se fortaleceu bastante nos últimos anos foi o delivery, mas ele não foi o único: o take away também ganhou seu espaço.

O take away é cômodo tanto para os estabelecimentos que operam em uma estrutura mais enxuta e econômica, como para os clientes, uma vez que eles não precisam pagar pela entrega.

Continue a leitura para entender o que é o take away e quais são suas vantagens!

O que é take away?

O take away é um modelo de negócio de food service para lanchonetes, restaurantes, food trucks e empreendimentos alimentícios em geral. Nele, o estabelecimento prepara a comida para que o cliente a recolha e coma em outro espaço fora da loja.

Quando você entra em aplicativos de delivery, é comum encontrar a opção “Retire no estabelecimento”. Isso é o take away. Não à toa, ele é uma ótima opção para quem não disponibiliza de um grande orçamento para investir no início do negócio.

Como o cliente vai até o local para retirar o pedido, não há a necessidade de contratar pessoas entregadoras ou ter uma estrutura de atendimento no salão. Contudo, é preciso que o preparo seja mais rápido que o delivery, uma vez que o consumidor não costuma ficar muito tempo no local para a retirada.

Qual a diferença entre take away, delivery e drive-thru?

Até mesmo pelo seu nome em inglês, o take away pode ser confundido com outros modelos. Confira cada um deles!

Delivery

O modelo se tornou um sucesso no Brasil nos últimos anos. Nele, o cliente realiza um pedido via telefone, aplicativo ou WhatsApp após checar o cardápio. O pagamento pode ser direto, via aplicativo ou combinado entre as partes para o momento da entrega, por exemplo.

Assim que o pedido fica pronto, ele é levado para o cliente por uma pessoa entregadora que pode estar a pé, de moto, carro ou bicicleta. A diferença em relação ao take away é justamente a entrega até o local indicado pelo cliente, que só ocorre no delivery.

Drive thru

Já o drive thru é um modelo bem comum em restaurantes de fast-food, que prezam por um preparo mais rápido do produto. Nele, o pedido é feito de dentro do próprio carro. Depois, o cliente dirige até o ponto de retirada.

A vantagem desse modelo é a entrega rápida — algo que exige uma equipe capaz de preparar a comida e ainda repassá-la ao cliente com agilidade. Caso não haja rapidez, corre-se o risco de ter uma enorme fila de veículos no local.

Quais as vantagens do take away?

Conheça os benefícios específicos da estratégia take away a seguir!

Custos menores

Comparado ao delivery, os custos de um take away são consideravelmente menores. Afinal, você não precisa arcar com a entrega. Do mesmo modo, o cliente também não precisa pagar o “frete” para receber sua comida.

Contudo, é bom cuidar de outros detalhes, como uma embalagem encantadora. Além de tornar o seu produto mais sofisticado, você ainda facilita o reconhecimento da sua marca ao estampar o logo na parte de fora. A embalagem também é importante para que o transporte do produto seja feito sem que o comprador arrisque se sujar, derramar ou alterar a qualidade da comida.

Comodidade

O take away é um modelo de atendimento que pensa na experiência do cliente e na sua comodidade. Nele, o consumidor não fica muito tempo aguardando na loja: ele só passa lá para recolher o que comprou.

Outro exemplo é quando o cliente quer pedir comida, mas não está em casa no momento e não quer recebê-la no trabalho. Assim, ele passa rapidamente pela loja e leva seus itens favoritos para curtir em casa.

Estrutura simplificada

A estrutura de um take away é mais enxuta, principalmente ao pensar na rotina acelerada de um drive thru. Basta uma cozinha em funcionamento e pessoas para organizar os pedidos, as contas e o estoque de produtos.

Entretanto, é preciso lembrar de que o cliente visitará o estabelecimento: então, o ambiente pode ser simples, mas deve ser aconchegante o suficiente para que ele não cancele o pedido ou fique com uma má impressão do local.

Como implementá-lo no seu estabelecimento?

Agora, veja todos os cuidados para você implementar o take away com sucesso em sua loja!

Capriche no cardápio

No take away, o cliente tem que se locomover até a loja. Para isso, é necessário que ele tenha um bom motivo para pegar a sua comida em outro lugar, como produtos tão bons que o façam sair de casa (ou do trabalho) para buscar o que foi visto no cardápio.

Portanto, estabelecimentos que queiram apostar no take away precisam caprichar no cardápio, inclusive para se mostrarem como uma opção mais atrativa que os outros dois modelos.

Invista no espaço

Primeiramente, tenha pontualidade. Não chame o cliente, seja pelo telefone, seja pelo aplicativo, caso o pedido não esteja pronto. Quando recebê-lo, tenha um ambiente aconchegante e acolhedor para que o local seja positivamente avaliado.

Do mesmo modo, imprevistos acontecem. Caso tenha que esperar mais um pouco, nada melhor que fazer isso em um lugar agradável. Um consumidor que precise aguardar em um ambiente extremamente quente e sem lugar para se sentar, por exemplo, é capaz de desistir do pedido.

Realize treinamentos

Antes de implementar o take away, ou para aperfeiçoá-lo, é necessário preparar os colaboradores com treinamentos, capacitações e conversas. Afinal, é preciso de agilidade no preparo dos produtos — e isso só ocorre com um time bem alinhado.

Cuide da segurança

Por fim, é preciso ter informações sólidas sobre quem está pedindo a comida. Desse modo, evita prejuízos e golpes. O ideal é trabalhar com aplicativos que oferecem a opção de entrega no local (como o iFood), que garantem a proteção dos dados dos clientes.

Além disso, você também poderá pedir informações como a confirmação do número de telefone a fim de garantir a autenticidade do pedido.

Comodidade, preços atrativos, comida gostosa e bom atendimento são algumas das características que o seu estabelecimento precisa ter para se destacar nesse modelo de take away. Como você observou, ele veio para ficar!

Para não errar na estratégia, saiba como encantar seus clientes com um cardápio digital!

Por iFood

Por iFood

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

23/05/2024

Cultura data-driven: transforme dados em decisões estratégicas!

22/05/2024

Gestão de restaurante: passo a passo para alcançar o sucesso

21/05/2024

Melhoria contínua: o que é, objetivo e como aplicar