O que é automação comercial e quais os benefícios?

A automação comercial pode causar grandes impactos em restaurantes, tanto nos processos internos quanto no atendimento ao cliente. Confira!

A automação comercial está transformando restaurantes e outros negócios do ramo alimentício. Para se ter ideia, de acordo com reporte de Food&Tech Trends da GALUNION, os consumidores atuais preferem digitalização e autonomia ao acessar menus (52%), realizar seus pedidos (43%) e fazer o pagamento por meios digitais (45%).

Com base no dado citado, é fato que a automação está diretamente ligada à satisfação do consumidor e à geração recorrente de receita do estabelecimento. Logo, não implementá-la pode estagnar o negócio, com risco de perda dos clientes fiéis ao longo do tempo.

Quer conhecer exemplos práticos de atividades automatizadas no ramo da alimentação e suas vantagens? Continue lendo o post até o final!

O que é automação comercial?

Automação comercial é o conjunto de processos e tecnologias que visa automatizar rotinas de vendas, estoques e compras, por exemplo. Na prática, essa automação costuma ser feita por programas de gestão empresarial — também conhecidos por ERPs, sistemas que conseguem analisar dados em tempo real.

Quais são os exemplos de automação comercial?

Os principais exemplos de automação comercial são:

  • leitores de código de barras e QR Code — permitem uma identificação rápida de serviços e produtos;
  • impressoras fiscais — emitem cupons e notas fiscais eletrônicas, sendo equipamentos integrados à Secretaria da Fazenda (Sefaz);
  • sistemas de gestão de estoque — controlam a quantidade de produtos disponíveis, visando evitar o desperdício e garantir o abastecimento adequado.

Quais são as vantagens da automação comercial?

Com a automação comercial, a incidência de erros é menor. As informações registradas e processadas tendem a ser mais precisas, com menos erros humanos. Por isso, as equipes ficam mais produtivas, uma vez que agora podem se dedicar a detalhes mais estratégicos dos processos comerciais.

Outra vantagem é o melhor controle financeiro. Isso porque a automação comercial contribui para gerenciar melhor o fluxo de caixa, contas a pagar e a receber e demais operações financeiras. O atendimento ao cliente também é aprimorado, por meio da agilidade e melhora contínua da experiência de compra.

Como aplicar automação comercial em restaurantes?

Dado que a automação comercial melhora o atendimento e a experiência dos clientes, restaurantes podem se beneficiar muito dessa implementação. As principais formas de adotar uma solução desse tipo são:

  • gerenciamento de pedidos: a ideia é registrar, gerenciar e acompanhar os pedidos, fazendo a cozinha e os garçons trabalharem de modo mais ordenado e integrado;
  • pagamento eletrônico: a maquininha de cartão é um excelente atrativo para fidelizar o cliente do restaurante, por ser um meio rápido de realizar pedidos na mesa;
  • Cardápio Digital: ferramenta adotada por restaurantes para uma experiência dinâmica, que otimiza as vendas e a operação do negócio. Com um dispositivo móvel, os clientes podem escolher os pratos e fazer o pedido de forma autônoma.

Victor Macambira, sócio-fundador da GASS Company, uma das maiores redes de especialistas em gestão gastronômica, presente em 7 países, afirma que o mercado de alimentação “tem uma das maiores taxas de mortalidade de empresas, com um percentual de 70% de fechamento dos restaurantes em 5 anos”.

Segundo Victor, a “falta de conhecimento é o principal fator que impacta negativamente esse cenário”. Ele continua, dizendo que é fundamental “fazer o modelo de negócios ser lucrativo e saudável, sem se esquecer de ser uma liderança”. Dessa forma, a sua gestão de restaurante tem mais chance de fugir dessa estatística.

O que é software de automação comercial?

Inicialmente, muitos negócios do ramo de alimentação gerenciam as atividades em planilhas. Contudo, um software de automação comercial é muito mais eficiente nesse sentido, visto que ajuda empresas a serem mais eficientes e produtivas.

Na prática, com esses programas é possível fazer uma boa automação de processos: gestão de estoque, emissão de notas fiscais, produção de relatórios gerenciais e análise de desempenho.

A automação comercial em restaurantes pode melhorar procedimentos internos e a experiência dos clientes. Logo, investir em um programa e até outras ferramentas pode ser uma excelente maneira de criar uma clientela fiel, fazendo o fluxo de receitas do estabelecimento ser recorrente.

Gostou do post? Mesmo que não dê para você automatizar tudo com sistemas complexos agora, dá para começar pelo básico. Aproveite para baixar gratuitamente nossa planilha de fluxo de caixa!

Por iFood

Por iFood

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

23/04/2024

Não julgue APENAS pela casca: veja como escolher os melhores legume...

23/04/2024

Embalagem de produtos: transformando compras em experiências

23/04/2024

Conheça 4 molhos para macarrão que são deliciosos

 

Ingressos disponíveis!

Garanta sua presença no evento que vai mover o mercado de Food Delivery