O que é necessário em um banheiro acessível de estabelecimento?

Está em dúvida sobre como dever ser um banheiro acessível para estabelecimentos comerciais? Este post vai ajudar a entender.
11 Min
banheiro acessível: mulher em cadeiras de rodas utilizando barras de apoio para sentar em vaso sanitário

Na hora de escolher um lugar para comer, para muitos clientes o conforto e o clima do ambiente são fatores que contam tanto quanto a qualidade da comida. Por isso, providenciar um banheiro acessível é uma forma de garantir que as pessoas com deficiência (PcDs) possam frequentar o estabelecimento com toda a tranquilidade que têm direito.

Existem mais de 17 milhões de PcDs no Brasil, e os estabelecimentos do setor alimentício precisam estar preparados para receber um público diverso, atendendo a todos da melhor forma possível. Daí a importância de saber muito bem como deve ser um banheiro com acessibilidade para não cometer erros ao fazer as adaptações necessárias.

Quer saber se o seu estabelecimento está preparado para receber esse público? Venha com a gente e entenda como um banheiro acessível deve ser!

O que precisa ter em um banheiro acessível?

Um banheiro acessível é totalmente planejado para que PcDs tenham a liberdade de utilizar o espaço com segurança e tranquilidade. Para que esse objetivo seja alcançado e você mantenha os clientes satisfeitos, é preciso atender a uma série de requisitos. A seguir, confira quais são eles.

Acesso ao banheiro

O banheiro adaptado para PcDs deve ficar perto da circulação principal, para que as pessoas não fiquem isoladas em emergências. Caso se localize no pavimento superior, é imprescindível que o estabelecimento também conte com elevador a fim de garantir fácil acesso dos clientes ao local.

A porta do banheiro acessível tem que ter pelo menos 80 cm de largura, permitindo a passagem de uma cadeira de rodas sem dificuldades. Outro ponto importante é que a entrada deve ser independente. Assim, se precisar de auxílio, a PcD pode acessar o banheiro acompanhada de alguém do gênero oposto.

Área de manobra e transferência

É fundamental que o tamanho do banheiro acessível seja pensado considerando o espaço necessário para manobrar uma cadeira de rodas. Para fazer um giro livre de 360º com a cadeira, tem que haver um diâmetro de, pelo menos, 1,5 m no banheiro.

Já a distância livre entre a bacia sanitária e a parede deve ser de, no mínimo, 80 cm. Esse é mais um ponto essencial, pois a pessoa precisa de espaço para se transferir da cadeira para a bacia.

Piso

O piso de um banheiro acessível não pode ter degraus. Quando há algum desnível, a orientação é fazer uma rampa. Além disso, o material de revestimento do piso tem que ser antiderrapante, e as grelhas e ralos devem ser instalados fora do espaço destinado à manobra e transferência, para evitar acidentes.

Barras de apoio

As barras de apoio são itens indispensáveis em um banheiro adaptado. Elas são instaladas nas paredes ao lado e atrás da bacia sanitária, para auxiliar na transferência da PcD, e nas laterais do lavatório. Além disso, precisam ser muito resistentes, suportando um peso mínimo de 150 kg ao serem utilizadas.

Bacia sanitária

A bacia sanitária no banheiro para PcDs tem que ter uma altura bem específica — entre 43 e 45 cm acima do piso acabado, isso sem contar o assento. Por falar nisso, vale destacar que o assento da bacia em banheiro acessível não pode ter abertura frontal.

Pia ou lavatório

Uma característica que não pode faltar na pia ou lavatório do banheiro adaptado é o espaço livre embaixo da peça, já que cadeirantes terão que se aproximar posicionando as pernas nesse vão. Para garantir o conforto do cliente, a torneira não pode ficar a mais do que 50 cm de distância de onde a pessoa estará.

Acessórios

Os acessórios de um banheiro acessível também devem ser muito bem planejados. As torneiras, por exemplo, devem ser acionadas por sensores ou alavancas. Os armários não podem ficar sob a pia. Cabides, saboneteiras, toalheiros e porta-objetos precisam ser instalados a, no máximo, 1,20 m de altura, considerada a faixa de alcance.

Como deve ser o banheiro de um restaurante?

Além de todos os cuidados para tornar o banheiro acessível no restaurante ou nos demais estabelecimentos alimentícios, esse espaço também merece outros cuidados, como manter o piso sempre seco e o ambiente bem arejado. Uma boa ventilação e iluminação adequada ajudam a evitar odores e tornam o local mais agradável para os clientes.

Ao planejar a construção ou reforma, vale a pena selecionar materiais com boa durabilidade e que também facilitem a limpeza. É importante se lembrar de não pensar só na estética, mas sim em todos os fatores que influenciam a rotina, tanto dos clientes quanto dos funcionários.

Para completar, o banheiro de um restaurante deve estar sempre abastecido com itens de higiene, como papel higiênico, papel toalha e sabonete líquido. Assim, é possível evitar reclamações por questões tão simples como essas.

Esse tipo de adaptação é obrigatória?

Conforme a Lei nº 10.098, de dezembro de 2000, os edifícios públicos e os privados de uso coletivo — como o caso de restaurantes, bares e outros estabelecimentos — têm a obrigação de serem acessíveis às pessoas com deficiência.

As condições de acessibilidade têm que ser previstas em todos os projetos de construção, reforma ou ampliação desses locais. No que se refere aos banheiros, a legislação determina que esses edifícios precisam de, no mínimo, um banheiro acessível.

Ao realizar a obra para fazer as adaptações necessárias, todas as medidas do ambiente, peças sanitárias, acessórios e outros materiais a serem utilizados, entre outras características, devem seguir as instruções especificadas pela NBR 9050:2020, da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Quais cuidados tomar para garantir a segurança?

A segurança das pessoas com deficiência ao usar o banheiro adaptado em um estabelecimento só pode ser garantida se os responsáveis pelo local realmente seguirem à risca todas as normas. É imprescindível obedecer ao tamanho mínimo do banheiro acessível, além de utilizar somente materiais de qualidade e certificados em sua construção ou reforma.

Como é possível notar, é preciso atender a uma série de requisitos para ter um banheiro acessível conforme as normas vigentes. Assim, é importante prestar atenção a isso ao abrir uma franquia, restaurante ou outro estabelecimento, além de fazer as reformas necessárias nos locais já existentes para oferecer condições adequadas a todos os clientes.

Quer continuar se informando? Confira mais algumas iniciativas de acessibilidade para implementar!

Por iFood

Por iFood

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

21/05/2024

Melhoria contínua: o que é, objetivo e como aplicar

20/05/2024

Confira como foi o Fórum de Restaurantes de Maio

20/05/2024

Embalagem para marmita: 6 melhores opções

 

Ingressos disponíveis!

Garanta sua presença no evento que vai mover o mercado de Food Delivery