Branding: o que é e como adotar no seu estabelecimento?

Quer saber por que o branding é tão importante? Descubra tudo o que você precisa saber sobre branding e como aplicá-lo no seu negócio.

Um dos grandes desafios de empreendedores é definir uma identidade própria para o seu negócio e atrair clientes de forma orgânica. Nesse caso, entender o que é branding e implementar as suas práticas é um bom caminho para conquistar as pessoas.

Empresas que não fazem um investimento adequado em uma estratégia de branding podem ser facilmente esquecidas pelos consumidores. Isso faz com esse tipo de negócio perca clientes para a concorrência, que se faz presente constantemente no dia a dia do público.

Continue a leitura do post para entender o que é branding e como aplicá-lo!

O que é branding?

Branding é o que faz sua marca ser única e inesquecível. É como vestir uma roupa incrível e usar um perfume marcante para que as pessoas reconheçam você sem precisar nem olhar para o seu rosto.

Assim como uma roupa elegante passa uma boa impressão, um branding bem-feito pode atrair as pessoas e fazer sua marca ser um sucesso. Então, se você quer chegar no topo da lista dos mais desejados, invista na gestão de marca e mantenha sempre a coerência e autenticidade em tudo que fizer.

Qual é a diferença entre marketing e branding?

Marketing e branding são duas áreas intimamente ligadas, mas têm diferenças significativas. Enquanto o marketing ajuda a promover uma marca, o branding tem o foco em criar uma personalidade única do seu negócio e construir uma conexão emocional com seus clientes.

Ainda não ficou claro? Aqui estão as diferenças entre marketing e branding, na prática!

Objetivos

O marketing é mais focado em ações para campanhas específicas. O branding trabalha para construir uma identidade e personalidade coesa para a marca a longo prazo em todos os aspectos da sua comunicação.

Estratégias

O marketing usa estratégias de comunicação para promover produtos e serviços, como promoções, eventos e redes sociais. Já o branding utiliza táticas de identidade visual, tom de voz e storytelling para construir a imagem da marca.

Foco

O marketing busca promover as características e os benefícios do produto ou serviço, enquanto o branding visa criar uma identidade coesa para a marca que seja fácil de se conectar e identificar com o público.

Quais são os tipos de branding?

Branding é um conceito essencial para o sucesso de qualquer negócio, mas não é algo único. Na verdade, existem diferentes tipos que podem ser utilizados conforme as necessidades da sua marca.

Personal branding

Se você é uma pessoa pública, um influenciador digital, um artista ou um empresário, investir no seu personal branding é fundamental para consolidar sua imagem e aumentar sua credibilidade. Isso envolve a criação de uma marca pessoal que reflita valores, personalidade e objetivos.

Employer branding

O employer branding é a construção da imagem de uma empresa como empregadora. Aqui, o objetivo é atrair e reter talentos do mercado de trabalho. Isso envolve a criação de uma marca forte e consistente, que reflita os valores, a cultura e a visão da empresa, sendo coerente com a experiência do colaborador.

Branding de produto

O branding de produto é a construção da marca dos produtos. Essa estratégia envolve a definição da personalidade e dos valores transmitidos com o produto. Assim como uma identidade visual forte, estratégias de marketing digital adequadas para segmentar o público-alvo, a definição de preço e a comunicação com os clientes.

Como funciona o branding gastronômico?

O universo da gastronomia é extremamente competitivo e dinâmico. Ou seja, é preciso ter algo a mais para se destacar da multidão de opções que estão disponíveis no mercado.

É nesse cenário que o branding gastronômico se apresenta como uma estratégia poderosa, que pode ajudar um estabelecimento a construir sua marca forte e memorável.

Uma das formas mais eficazes de se construir um branding gastronômico é pela criação de uma história única, que transmita os valores e a personalidade da marca.

Um exemplo famoso dessa técnica é a rede de fast-food McDonald’s, que criou a icônica figura do palhaço Ronald McDonald para se conectar com as crianças e suas famílias.

Além da história e valores, a identidade visual é fundamental para o branding gastronômico. O design do logo, das embalagens e do ambiente devem ser coerentes com a história e os valores da marca.

O Hard Rock Cafe é um exemplo clássico de uma marca que criou uma identidade visual forte e icônica, com sua combinação de música, comida e rock and roll.

Também é importante destacar que o branding gastronômico não se limita a grandes marcas ou restaurantes renomados. Qualquer empreendedor do ramo alimentício pode se beneficiar dessa estratégia, desde um delivery até uma pequena loja de doces.

Qual a melhor forma de fazer marketing para restaurantes?

Para isso, vamos aprender com um especialista no assunto. Trouxemos algumas dicas de marketing para restaurantes de Vitor Peçanha, cofundador da Rock Content.

Para Peçanha,o bom marketing não é aquele que fica interrompendo as pessoas, mas o que atraia elas com conteúdo interessante. Se a pessoa for um perfil para cliente e entender que você resolve o problema dela, ela vira”.

Além das grandes empresas, o pequeno empreendedor precisa ter uma presença de branding forte. É por isso que Peçanha alerta: O marketing tem a ver com o relacionamento com o seu público. Isso não quer dizer que você precisa de ferramentas complexas ou um time gigante. Apenas que seja consciente do que está fazendo”.

Explorar os canais de comunicação com o público pode ser um excelente ponto de partida para criar uma marca mais confiante: “O importante é entender a necessidade de pensar e prestar um pouco de atenção nos pontos de interação que você tem com o seu cliente.

Como se faz branding?

Há vários caminhos que podem ajudar sua empresa a criar uma presença de marca forte. Compilamos aqui algumas estratégias de branding que farão você desenvolver uma marca única e memorável que atraia e retenha clientes fiéis.

  • defina uma proposta de valor única: seu negócio deve ter algo que o diferencie dos demais. Pense em sua proposta de valor exclusiva e use como um ponto de partida para desenvolver seu branding;
  • crie uma história: as pessoas amam uma boa história, especialmente quando se trata de comida e bebida. Conte a origem por trás do seu estabelecimento, desde sua inspiração até a criação e evolução;
  • use as redes sociais: aproveite as redes sociais como Instagram, Twitter e outras plataformas para compartilhar fotos de alimentos e bebidas deliciosas, postagens em blogs sobre a história do seu negócio, além de mais postagens relevantes;
  • crie um programa de fidelidade: ofereça incentivos exclusivos para clientes fiéis com um programa de fidelidade, como cupons de desconto, promoções exclusivas, convites para eventos especiais, entre outros benefícios;
  • trabalhe com influenciadores: trabalhe com influenciadores locais e de alimentos para aumentar a conscientização sobre sua marca e atrair novos clientes.

Chegamos ao final do conteúdo e esperamos que as nossas dicas de branding ajudem a impulsionar a comunicação do seu estabelecimento. Lembre que uma comunicação eficaz reflete a identidade e os valores da marca.

Agora que você sabe o que significa branding, aproveite para baixar gratuitamente o guia do iFood sobre marketing para restaurantes!

Por iFood

Por iFood

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

23/04/2024

Não julgue APENAS pela casca: veja como escolher os melhores legume...

23/04/2024

Embalagem de produtos: transformando compras em experiências

23/04/2024

Conheça 4 molhos para macarrão que são deliciosos