Marketing para restaurantes: especialista mostra como começar

Inspire-se: conheça as melhores práticas de marketing para restaurantes e comece agora mesmo a colocar em ação!

O marketing para restaurantes é uma ferramenta estratégica importante para qualquer empreendimento, desde os que estão começando até aqueles que já estão consolidados no mercado. Isso porque, além de divulgar os produtos, o marketing ajuda a conquistar novos clientes e fidelizar os antigos.

Não compreender nem aplicar as estratégias corretas pode fazer o seu negócio perder clientes e ficar estagnado, tanto em relação ao posicionamento no mercado quanto aos lucros.

Karline Lauxen, publicitária e Analista Senior de Conteúdo B2B no iFood, traz dicas valiosas sobre marketing para negócios alimentícios, que querem reforçar o valor da marca e melhorar o engajamento do seu público.

Confira as dicas sobre como desenvolver ações de marketing para restaurantes!

Como funciona o marketing para restaurantes?

O marketing é a forma com que você comunica a sua marca para o mercado. É ele que determina como o seu restaurante quer ser visto, no que ele quer ser uma referência e assim por diante. No entanto, para que isso seja eficiente, é muito importante saber para quem o seu negócio quer fazer a diferença.

Com as pessoas entendendo corretamente a mensagem que você está tentando transmitir, seu restaurante ganha em termos de aceitação do público e, assim, no aumento das vendas, faturamento e lucratividade. No longo prazo, isso pode contribuir diretamente para a consolidação da marca no mercado, tornando-se uma referência no seu nicho de atuação.

Quais são as suas principais etapas e os erros mais comuns?

Algumas etapas são essenciais a qualquer plano de marketing. Os fatores mais importantes a serem avaliados e os erros que devem ser evitados, você vai conhecer agora!

Análise de cenário

A análise de cenário diz respeito à captação do máximo de informações que o mercado pode fornecer. Em geral, isso parte da análise de 4 pilares: forças e fraquezas (fatores internos) do seu negócio, além das principais oportunidades e ameaças (fatores externos e de mercado) para o seu sucesso e desenvolvimento.

Esses pilares dizem muito sobre o contexto atual do seu negócio. Esse método é conhecido como Análise SWOT (sigla composta pelo nome dos pilares em inglês). Nessa etapa, você pode incluir:

  • avaliação dos fornecedores;
  • análise dos seus concorrentes diretos e indiretos;
  • identificação da receptividade do público;
  • capacidade de atendimento;
  • melhorias no cardápio;
  • desenvolvimento da equipe;
  • descoberta dos principais diferenciais do seu negócio, entre diversos outros fatores.

Com base nisso, você vai levantar os principais problemas ou melhorias que devem ser trabalhados. Esse é o ponto de partida das ações que serão tomadas pelo seu restaurante. Se o seu negócio tem um número alto de reclamações sobre o tempo de preparo dos pratos, por exemplo, você pode trabalhar para melhorar essa demanda.

Perfil dos clientes

Essa é a etapa dedicada ao conhecimento do público-alvo, ou seja, da descoberta dos seus desejos e necessidades. É a partir dela que você vai entender o que precisa ser feito em primeiro lugar e que gera mais valor a seu consumidor final.

O primeiro passo para entender o perfil do público é ouvindo-o. Busque coletar feedbacks a cada prato entregue e anote todos os pontos positivos e pontos de melhoria. Assim você vai aprender melhor sobre as preferências dos seus consumidores.

Se você utiliza algum aplicativo de delivery, aproveite também as avaliações da clientela para entender suas preferências.

Esses feedbacks também podem chegar por meio das suas redes sociais. Nesse espaço, além de receber os feedbacks, busque seguir o seu público-alvo, acompanhe o que postam, quais lugares frequentam e como preferem consumir produtos.

Durante esse processo de ouvir o cliente para entender suas preferências, você pode, por exemplo, perceber que seu cardápio não tem pratos preparados para atender restrições alimentares (pessoas vegetarianas, intolerantes a lactose, entre outras). A partir desse feedback, você entende uma das preferências do seu público e busca alguma alternativa para saná-la.

Análise da concorrência

Sua concorrência pode ser um balizador importante das suas estratégias de marketing. Com base nas suas ações, você pode acompanhar o que tem funcionado bem e tentar implementar com algum tipo de melhoria. Já sobre o que vai mal, você já sabe o que não fazer ou corrigir.

Faça um mapeamento dos restaurantes do mesmo segmento que o seu que atuam na sua cidade. Depois, observe as ações feitas nas redes sociais e as promoções desenvolvidas. Busque observar os comentários e interações e tire suas conclusões sobre como foi a recepção do público.

Essas estratégias sempre devem ser pensadas conforme os objetivos levantados no planejamento estratégico do negócio. Não se esqueça de que o marketing é a forma como você posiciona sua marca no mercado e o que você comunica sobre ela.

Foco na estratégia

Um dos erros mais comuns e que está diretamente relacionado à relativa facilidade em fazer marketing, especialmente no universo digital, é a “vontade de ‘querer fazer tudo que está disponível’”, como diz Karline.

Na ânsia de atrair a maior quantidade possível de clientes, a pessoa empreendedora cria estratégias para todas as redes sociais, por exemplo. Mas é preciso avaliar com cautela onde a clientela potencial está, o que busca e, também, qual é o objetivo da sua marca.

Por exemplo, o TikTok é uma das redes que mais cresce em anúncios, contendo 65% das empresas anunciando. Porém, antes de aderir a essa prática, é necessário responder a questões como:

  • Essa estratégia é aplicável para o meu público?
  • Com ela, vou conseguir atingir meus objetivos?

Além disso, saiba que retroceder faz parte. Especialmente nas estratégias digitais, é possível testar o que funciona ou não — e está tudo bem descartar o que não surtiu o efeito desejado.

Constância e planejamento

De acordo com Karline, “quando falamos de posicionamento, ele precisa se manter durante todo o ciclo do negócio e em todos os espaços no qual ele está presente. Quando falamos em comunicação nas redes sociais, ela precisa ser contínua, alimentando o público e mostrando que o negócio existe.”.

Além disso, é preciso ter em mente que um plano de marketing não deve ser rígido, com início, meio e fim — ele tem fases e, sobretudo, “deve ter constância”. E esse é outro erro amplamente cometido por quem empreende, que, muitas vezes, segue caminhos variados, sem um plano concreto.

Fazer tudo o que é preciso, como cuidar da gestão da empresa, da cozinha e, ainda, de um marketing consistente é um grande desafio, por isso um planejamento bem-feito e a organização serão os melhores amigos da sua comunicação.

Quais são as melhores práticas de marketing para restaurantes?

Chegou a hora de conferir algumas dicas de marketing para restaurantes. Fique de olho!

Tenha o seu público bem definido

Uma boa dica é trabalhar com a ideia de persona, que é um cliente semifictício, com um perfil bastante semelhante ao dos seus consumidores.

Se você vende doces prontos, com entrega rápida, por exemplo, pense em qual seria o seu cliente ideal. Será que é aquela pessoa que morre de vontade de um docinho após o almoço? Ou são as pessoas que trabalham no escritório junto e quando alguém tem uma ideia de doce todo mundo compra?

Apenas nesse exemplo trazido pela Karline você já percebeu duas personas diferentes, que geraram duas estratégias de marketing distintas: um post no Instagram chamando os apaixonados por doce para a sua loja e um combo para equipes, com desconto pelo número de unidades pedidas.

Busque inspiração

No marketing nada se cria, tudo se copia: essa é, basicamente, uma regra do marketing.”, aponta Karline. Por isso, busque inspiração, olhe as redes sociais e planos de marketing de marcas em que você se inspira, acompanhe as estratégias da sua concorrência direta e veja o que deu certo e o que deu errado para esses negócios.

Se fizer sentido para o seu público e estiver dentro do que você pode fazer, vá em frente!

Fidelize o seu cliente

As redes sociais são a sua vitrine (por isso, elas precisam estar sempre atualizadas), mas o seu consumidor é uma parte essencial para o seu marketing funcionar. Um relacionamento bem construído, ainda que a partir de pequenos gestos, pode fazer a diferença na sua estratégia e nos seus resultados.

Uma pesquisa da Wordstream com a LocaliQ mostrou que o custo médio para conseguir um lead (potencial cliente) no ramo de restaurantes é de 20 dólares, ou seja, não é algo barato. Nesse sentido, a melhor estratégia é fidelizar clientes.

Envie mensagens na sua embalagem, chame o seu cliente no chat, dê cupons para próximas compras, crie relacionamento. Se ele se apaixonar pelo seu estabelecimento, vai voltar e trazer mais gente!” — comenta Karline.

Invista na criação de uma logo e identidade visual

Contratar um profissional para fazer uma logo, criar um slogan e uma identidade visual para o seu negócio é um investimento que vale muito a pena. Afinal, esses elementos mostram a maturidade do seu restaurante para o cliente, unificam a sua comunicação e demonstram o cuidado que você tem com a sua empresa.

O marketing e a divulgação do restaurante não precisam ser algo complicado. O segredo é combinar uma boa divulgação dos seus produtos com a oferta de uma boa experiência a seus consumidores e lembrar sempre que organização e constância são peças básicas para você alavancar o seu negócio.

Faça um planejamento, defina metas, delimite os seus horários (separando tempo, também, para a sua família e para si mesmo), e faça de novo e de novo.” — Karline finaliza. A constância no seu marketing para restaurantes vai levar você ao sucesso!

Gostou das nossas dicas? Aproveite e cadastre seu restaurante para potencializar suas vendas na maior foodtech da América Latina.

Por iFood

Por iFood

15 respostas

    1. Oi, José Maurício! Não se esqueça de assinar nossa newsletter para receber mais informações úteis a seu estabelecimento. Vamos juntos! ?

  1. Excelente esse maneira de estar horientando nos ensinando preciso aumentar meu publico

    1. Queremos que você continue aprendendo com a gente, Dulcineia! Assine nosssa newsletter e receba mais conteúdos diretamente no seu e-mail! ?

  2. F*ckin’ tremendous things here. I’m very satisfied to see your post. Thank you a lot and i’m taking a look forward to contact you. Will you kindly drop me a e-mail?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

21/05/2024

Melhoria contínua: o que é, objetivo e como aplicar

20/05/2024

Confira como foi o Fórum de Restaurantes de Maio

20/05/2024

Embalagem para marmita: 6 melhores opções