Growth Marketing: entenda como aplicar no negócio para aumentas as vendas

O que é Growth Marketing e como adaptar os seus princípios para o seu negócio? Leia o post para entender!

Não é difícil entender os motivos pelos quais você deve melhorar a estratégia de divulgação do seu negócio: oportunidade de alcançar um maior número de clientes, fidelizar consumidores e traçar tendências por meio da observação do comportamento do consumidor. Contudo, como fazer isso de uma maneira holística, de modo que os resultados sejam os melhores possíveis? Nesse caso, você precisa do Growth Marketing.

Leandro Resende, Mestre em Comunicação e coordenador de marketing no iFood, explica mais sobre o conceito, os benefícios para diferentes tipos de empreendimento e fornece algumas dicas para colocá-lo em prática.

Continue a leitura para saber o que é Growth Marketing e como ele contribui para o crescimento de uma empresa!

O que é o Growth Marketing?

É uma abordagem que visa proporcionar crescimento contínuo e sustentável para uma empresa. Para isso, são utilizadas estratégias e experimentações em múltiplos canais de marketing — tanto online quanto offline.

Os objetivos do Growth Marketing incluem:

  • aumento da base de clientes de forma eficiente;
  • melhoria da taxa de retenção dos consumidores;
  • maximização do valor de vida útil (LTV) dos clientes;
  • otimização e personalização da jornada de compra, de modo a aumentar as conversões em cada etapa.

É importante ressaltar que o Growth Marketing é holístico. Isso significa que, além de buscar novos consumidores. a empresa consegue melhorar seu engajamento de maneira consistente. Quando a estratégia é bem-sucedida, os clientes se tornam compradores de longo prazo e promotores do empreendimento.

Implementando o Growth Marketing

Leandro mostra quais são as etapas fundamentais para implementar uma estratégia de Growth Marketing eficaz em um empreendimento:

  • defina objetivos claros e mensuráveis;
  • analise dados para entender o comportamento do cliente. Isso pode ser feito por meio da tecnologia de softwares de Big Data e Business Intelligence, inclusive, por meio da consulta aos históricos de alguns consumidores específicos;
  • crie hipóteses e planeje experimentos;
  • execute testes em pequena escala;
  • analise os resultados obtidos e implemente ações de otimização;
  • escale as estratégias bem-sucedidas.

O coordenador de marketing reforça a importância do trabalho com as informações digitais: “o uso de dados permite identificar padrões de comportamento dos clientes, eficácia de campanhas e áreas de melhoria. Isso possibilita a tomada de decisões baseadas em evidências, aumentando a probabilidade de sucesso das iniciativas de marketing”.

Como o Growth Marketing se diferencia do marketing tradicional?

Leandro explica que “a principal diferença para o marketing tradicional é que o Growth Marketing é altamente orientado por dados, testes e otimizações rápidas. A estratégia não visa apenas a atração de clientes, também o engajamento e a retenção de longo prazo”.

Pela possibilidade de ser uma estratégia com a qual o seu time de colaboradores ainda não esteja muito familiarizado, será preciso contornar alguns desafios. “Superá-los envolve educar a equipe sobre a importância do Growth Marketing, garantir um orçamento flexível para experimentações e investir em ferramentas de análise e treinamento”, enfatiza Leandro.

Growth Marketing vs Growth Hacking: quem vence?

Leandro aponta que o Growth Hacking é uma subcategoria do Growth Marketing, que utiliza estratégias criativas e de baixo custo para ajudar a crescer e reter a base de usuários rapidamente.

“Enquanto o Growth Marketing abrange uma abordagem mais ampla e estratégica, o Growth Hacking foca em táticas específicas e muitas vezes temporárias para alcançar crescimento rápido”, informa o coordenador de marketing.

Onde o Growth Marketing pode ser aplicado?

Assim como ações de marketing em geral, não há limites ou amarras para o Growth. Qualquer empresa pode usar a tecnologia, o marketing de conteúdo, as redes sociais, entre outras ferramentas, para otimizar a divulgação dos seus produtos e fidelizar consumidores.

Por meio de diferentes tecnologias, como a Inteligência Artificial (IA) e softwares de automação, os empreendedores automatizam tarefas repetitivas, personalizam a comunicação em grande escala e antecipam tendências de mercado, o que permite uma tomada de decisão mais rápida e eficaz.

O Growth Marketing busca a retenção de clientes e uma das coisas que a empresa pode melhorar é a qualidade do atendimento prestado. Inclusive, o Anuário CX Trends trouxe algumas das percepções dos clientes sobre o uso de Inteligência Artificial. Entre as vantagens do uso da tecnologia no varejo estão a diminuição do tempo gasto, a personalização de ofertas e descontos e a resposta eficiente aos problemas. Um trecho do estudo diz que:

“A automação inteligente também desempenha um papel vital no atendimento ao cliente durante o processo de compra. Chatbots alimentados por IA podem fornecer informações instantâneas sobre o status da entrega, responder a consultas com precisão e até mesmo antecipar perguntas comuns, proporcionando uma experiência de suporte eficiente e sem interrupções”.

O Growth Marketing é um processo contínuo

Leandro destaca que o Growth Marketing deve ser aplicado de maneira contínua na empresa, uma vez que “o mercado e os comportamentos dos consumidores estão sempre em mudança, e as estratégias de marketing devem evoluir constantemente para se adaptar e aproveitar novas oportunidades de crescimento”.

O coordenador de marketing ainda indica as principais métricas para mensurar o resultado das suas ações:

  • Taxa de aquisição de novos clientes;
  • Custo de Aquisição de Cliente (CAC);
  • Taxa de Retenção de Clientes;
  • Valor do Tempo de Vida do Cliente (LTV);
  • Retorno sobre Investimento (ROI).

Quais são alguns exemplos de ações de Growth Marketing para diferentes negócios?

Pela sua abordagem holística, o Growth Marketing coloca em prática diversas estratégias de divulgação para funcionar. Vamos dar um exemplo de aplicação: suponha que os responsáveis por um restaurante queiram conquistar novos clientes e, ao mesmo tempo, tornar o estabelecimento mais conhecido para que o estabelecimento se torne uma referência de mercado.

Algumas ações simultâneas podem ser colocadas em prática, como:

  • melhorar a frequência das postagens nas redes sociais;
  • criar um blog para postar conteúdo próprio;
  • utilizar ferramentas de análise de dados para traçar tendências;
  • contratar especialistas em SEO, por exemplo.

Cada negócio deve adaptar as estratégias de Growth Marketing de acordo com o seu público-alvo, recursos disponíveis e objetivos específicos. “No caso de restaurantes com delivery, isso pode incluir a otimização de plataformas de pedido online, parcerias com apps de entrega e campanhas promocionais focadas em datas e eventos locais”, explica Leandro.

É essencial que o empreendimento assimile algumas etapas para reforçar a sua estratégia de Growth Marketing. Uma delas é a aplicação frequente de testes, de modo a adaptar as estratégias com base nos resultados coletados.

Outra ação importante é segmentar o público para conseguir personalizar as mensagens. Busque tecnologias que automatizem processos e comunicações, de modo que os colaboradores possam se concentrar nas atividades-fim e que os clientes tenham respostas rápidas para as suas dúvidas. Tenha sempre a experiência do usuário no centro das suas preocupações.

Definir uma estratégia de Growth Marketing é essencial para qualquer empreendimento que queira aumentar a sua carteira de clientes, divulgar seus produtos e serviços e melhorar a retenção dos consumidores já fidelizados. Para isso, a abordagem deve ser holística: aposte em diferentes frentes, como o uso mais frequente das redes sociais, das plataformas de delivery e a análise de dados.

Aproveite a visita para conferir o guia completo de marketing para restaurantes, do iFood!

Author picture

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

12/07/2024

Estratégias de mercado e inovação: um mergulho no Encontro de Embai...

12/07/2024

Descubra como conquistar o selo de Melhor Serviço e destaque-se nas...

12/07/2024

Aperte o play: o Papo de Mercado começou!