Código de barras: como usar e gerar

Quer saber como usar e gerar o código de barras em seu estabelecimento? Então, as dicas e informações deste conteúdo são para você. Veja.

O uso do código de barras é de extrema importância para estabelecimentos de qualquer ramo, como lanchonetes, pizzarias, marmitarias, entre outros. Ele possibilita uma gestão eficiente do estoque, rastreamento de produtos e controle de vendas, otimizando processos e reduzindo erros.

Com a implementação dessa ferramenta tecnológica, é possível agilizar o atendimento ao cliente, minimizar o tempo de espera e garantir a precisão na cobrança de produtos, evitando equívocos e insatisfação dos consumidores. Além disso, a rastreabilidade proporcionada pelo código de barras permite identificar produtos com validade vencida, contribuindo para a segurança alimentar e a conformidade com regulamentações sanitárias.

Em suma, é um recurso essencial para melhorar a eficiência operacional e garantir a qualidade dos serviços prestados nesses estabelecimentos. Entenda como usar e gerar o código de barras para facilitar a rotina de gestão do seu comércio!

Qual é a função do código de barras?

A função principal do código de barras é identificar uma mercadoria ou transação comercial, podendo ser aplicado tanto em produtos físicos quanto digitais. Essa ferramenta única é essencial para quem empreende gerenciar seus negócios de forma eficiente.

Ao utilizá-la, diversas vantagens se tornam evidentes:

  • captação de dados — armazena uma grande quantidade de informações, o que facilita a identificação e fornece detalhes precisos sobre os produtos;
  • rapidez nas transações — agiliza as formas de pagamento, permitindo que informações importantes sobre a mercadoria sejam obtidas em tempo real;
  • dados mais eficientes — a singularidade de cada código garante que os dados encontrados sejam sempre precisos e exclusivos para cada produto;
  • organização e controle — com a utilização do código de barras, é mais fácil gerenciar e administrar informações sobre matérias-primas, produtos e serviços, o que otimiza os processos internos do estabelecimento.

Apesar das inúmeras vantagens, é comum que algumas pessoas empreendedoras tenham dúvidas sobre a obrigatoriedade do código de barras em seus produtos. Na verdade, embora seja amplamente recomendado, a legislação não impõe sua obrigatoriedade. Entretanto, em muitos casos, o código de barras é necessário na nota fiscal, sendo uma prática comum para facilitar o controle das transações comerciais.

Qual o código de barra mais usado?

O código de barras mais utilizado no Brasil é o “EAN-13” (European Article Number), pois ele é padrão internacionalmente reconhecido e suportado pela maioria dos dispositivos e sistemas de leitura. O EAN-13 é usado devido à sua capacidade de codificar um número significativo de informações em um espaço compacto.

Composto por 13 dígitos, esse código permite identificar de forma única produtos, facilitando o gerenciamento de estoque, vendas e logística. Além disso, ele é aceito em diferentes setores comerciais, tornando-o a escolha preferida de fabricantes, varejistas e distribuidores, garantindo uma padronização eficiente e eficaz em toda a cadeia de suprimentos alimentícios.

Quais são as 5 partes do código de barras?

O código de barras é uma representação gráfica de dados numéricos. Ele é composto por cinco partes principais:

  1. Início (Start) — também conhecido como “barra inicial”, é o primeiro elemento do código de barras. Ele indica o início da leitura do código e orienta o leitor sobre a direção correta para decodificar os dados.
  2. Dados numéricos (Data) — consiste em uma sequência de barras e espaços, codificando os números e/ou caracteres alfanuméricos que representam informações sobre o produto, como seu fabricante, tipo e outras especificações.
  3. Caracteres de controle (Guard Bars) — são barras verticais localizadas no início, meio e fim do código de barras. Elas servem para delimitar a leitura e garantir precisão, auxiliando o leitor a sincronizar com a sequência de dados.
  4. Fim (End) — é o último elemento gráfico do código de barras e indica a finalização da leitura. O símbolo assegura que o leitor saiba onde a sequência de dados termina.
  5. Zona de silêncio (Quiet Zone) — é uma margem em branco antes e depois da sequência de dados, permitindo que o leitor identifique o início e o fim do código. Isso ajuda a evitar a leitura incorreta ou parcial dos dados.

Essas cinco partes juntas garantem a integridade e a confiabilidade do código de barras, tornando-o uma tecnologia eficiente e amplamente adotada na indústria e no comércio para gerenciamento de estoques, vendas e controle logístico.

Esse é mais um aspecto em que um código de barras pode ajudar, já que a identificação dos itens de um pedido, pela pessoa entregadora ou pela pessoa responsável pela separação dele, é facilitada e agilizada.

Como se gera um código de barras?

Para beneficiar a sua empresa com a utilização de códigos de barras, é preciso seguir algumas etapas essenciais para a geração e aplicação eficiente desse recurso tecnológico em seus produtos. Ele é gerado por softwares específicos, que codificam informações como preço, produto e identificação do estabelecimento de forma única.

Entenda como um código de barras é gerado.

Registro do estabelecimento

Primeiramente, é necessário obter um código de registro junto a uma entidade autorizada, como o EAN (European Article Number) ou GS1. Essa entidade fornecerá um número de identificação exclusivo para o seu negócio — seja um restaurante, seja outro tipo de comércio — que será incorporado aos códigos de barras dos produtos.

Seleção do formato

Existem diferentes formatos de códigos de barras, como o EAN-13, UPC (Universal Product Code), DataBar, QR Code etc. A escolha entre eles depende do tipo de produto e da região em que o estabelecimento está localizado. É importante verificar as especificações técnicas e normas aplicáveis.

Escolha do software

Para gerar os códigos de barras, é preciso contar com um software específico que gere e formate os números de acordo com o formato escolhido. Existem diversas opções disponíveis, desde programas pagos até gratuitos.

Atribuição de números

Com o gerador de código de barras selecionado, basta inserir os números de identificação do estabelecimento e dos produtos. Cada mercadoria deve ter uma numeração única, permitindo a identificação individual no sistema.

Impressão e etiquetagem

Após gerá-los, é hora de imprimir etiquetas com os códigos de barras. Essa impressão pode ser feita diretamente nas embalagens dos produtos também. Certifique-se de utilizar impressoras de alta qualidade para garantir a legibilidade dos códigos.

Integração com o sistema de vendas

Para aproveitar ao máximo os benefícios dos códigos de barras, é importante integrá-los ao sistema de gestão do comércio. Dessa forma, será possível automatizar o processo de registro de vendas, controle de estoque e rastreamento de produtos.

Monitoramento e atualização

Acompanhe regularmente a eficácia do uso dos códigos de barras em seu estabelecimento. Faça ajustes quando necessário e atualize as informações dos produtos sempre que houver alterações de preço, ingredientes ou outras mudanças relevantes.

Ao implementar corretamente o código de barras em seu estabelecimento, você obterá diversos benefícios, como uma gestão de estoque mais eficiente, redução de erros na cobrança e rastreabilidade dos itens produzidos. Além disso, essa tecnologia pode melhorar a experiência do cliente, agilizando o atendimento e garantindo a qualidade e segurança dos alimentos servidos.

Sabia que a planilha de fluxo de caixa pode facilitar ainda mais a rotina do seu negócio? Baixe-a gratuitamente aqui!

Por iFood

Por iFood

Uma resposta

  1. Domine a Geração de QRCode e Mais!

    Mergulhe no fascinante universo dos códigos de barras! Explore suas aplicações ilimitadas, desde simples etiquetas de produtos até ferramentas de marketing inovadoras. Domine a arte de gerar QRCodes e outros tipos de códigos, expandindo as possibilidades para o seu negócio e vida pessoal.

    Mergulhe na História e Evolução dos Códigos de Barras e QRCode:
    Descubra como essa tecnologia revolucionou a gestão de produtos e logística.
    Explore os diferentes tipos de códigos de barras: EAN, UPC, QR Code e muito mais.
    Aprenda sobre os avanços tecnológicos que impulsionam essa área.

    Domine a Geração de QRCodes:
    Crie QRCodes personalizados com facilidade e rapidez.
    Explore diversas ferramentas online e offline para gerar seus códigos.
    Descubra como personalizar seus QRCodes com cores, logotipos e outros elementos visuais.

    Desvende as Aplicações Ilimitadas dos Códigos de Barras:
    Aumente a eficiência da gestão de estoque e controle de produtos.
    Agilize o processo de vendas e pagamentos em lojas físicas e online.
    Crie campanhas de marketing inovadoras e interativas.
    Compartilhe informações instantaneamente com seus clientes e amigos.
    Utilize em crachás de identificação, controle de acesso e muito mais.

    Torne-se um Especialista em Códigos de Barras:
    Aprenda dicas e truques para otimizar a geração e uso de códigos de barras.
    Explore cases de sucesso e exemplos práticos em diferentes áreas.
    Mantenha-se atualizado com as últimas tendências e inovações do setor.

    5. Links para Websites de Referência:

    GS1 Brasil: https://www.gs1br.org/ (Alta Autoridade de Domínio, informações oficiais sobre o sistema GS1)
    Gerador de Códigos de Barras: https://app.dotter.com.br/web/barcode/ (ferramentas para gerar Codigos de Barras)
    Tecnoblog: https://tecnoblog.net/responde/criar-ler-codigo-de-barras/ (tutoriais e dicas sobre códigos de barras)
    W3Schools: W3Schools QRCode HTML (tutoriais sobre como gerar QRCodes em HTML)
    ZXing: https://zxing.org/ (biblioteca open-source para leitura e geração de códigos de barras)

    Conclusão:

    Com este guia completo, você estará pronto para desvendar o mundo dos códigos de barras e dominar a geração de QRCodes. Explore as aplicações ilimitadas dessa tecnologia e potencialize seu negócio e vida pessoal.

    Com dedicação e criatividade, você alcançará o sucesso na geração de códigos de barras e QRCodes!

    Onde Comprar Etiqueta QRCode ?
    Tods as etiquetas de segurança fabricadas pela Dotter Brasil podem receber Códigos de Barras, QRCode, Datamatrix e outros formatos de torma totalmente personalizada. Há várias aplicações possíveis:

    Insira seu website no QRCode para que seus clientes possam acessá-lo mais facilmente
    QRCode para perfis do Instagram, Facebook, LinkedIn e outras redes sociais
    Gere um QRCode com seus dados de contato pata colocar em seu cartão de visitas
    Serialize seus produtos com códigos Datamatrix ou QRCode para implementar sistemas de rastreabilidade

    O QRCode também pode ser utilizado como rótulo eletrônico ou bula eletrônica

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

23/04/2024

Não julgue APENAS pela casca: veja como escolher os melhores legume...

23/04/2024

Embalagem de produtos: transformando compras em experiências

23/04/2024

Conheça 4 molhos para macarrão que são deliciosos

 

Ingressos disponíveis!

Garanta sua presença no evento que vai mover o mercado de Food Delivery