Buffet de restaurante: como montar um completo?

Quer começar um buffet de restaurante? Confira algumas dicas essenciais que esse negócio exige para ter sucesso!

Entre as muitas opções de negócios do ramo alimentício, o buffet restaurante é uma das modalidades mais populares. Exclusivo nesse formato ou combinado com outros tipos de atendimento, esse é um modelo com grande potencial de lucratividade.

Antes de explorar suas vantagens, no entanto, você precisa entender bem como montar um buffet de restaurante. Isso porque a execução pode parecer simples, mas, por trás dela, há muito planejamento e decisões acertadas — especialmente em relação ao cardápio.

Confira o que é necessário para ter um buffet de restaurante completo e como criar um diferenciado, com os itens certos para conquistar mais clientes!

O que é preciso para montar um buffet de restaurante?

O restaurante com buffet livre, também conhecido como serviço à americana, oferece a famosa comida a quilo. A ideia é que as pessoas se sirvam sozinhas, no estilo “self-service”, em que várias opções do cardápio ficam dispostas em uma mesa, junto dos pratos e talheres.

Os clientes podem escolher o que querem comer e pagam pelo quilo. Mas é comum também que o estabelecimento cobre um preço fixo com a comida liberada, à vontade. Já em relação ao cardápio de bebidas e sobremesas, elas podem ou não estar incluídas na proposta do buffet.

Mas é preciso seguir por um único caminho? Claro que não! Existem restaurantes que exploram um modelo misto. Em certo dia da semana ou determinado horário do dia, o restaurante trabalha com buffet. Já em outros momentos, adota outro formato, como o à la carte ou o prato executivo.

Viu só quantas possibilidades? O sistema de buffet de restaurante é versátil e você pode trabalhar com ele da forma que preferir. Mas, para isso, precisa entender o que é necessário ao começar um negócio:

  • criar seu plano de negócios: é ele que vai indicar sobre o que é o seu restaurante, quanto de investimento precisa e como consegui-lo, entre outros detalhes para iniciar;
  • contratar funcionários: no plano, você vai definir quantas pessoas precisa no seu atendimento buffet. Depois, é preciso fazer uma boa seleção e encontrar colaboradores comprometidos;
  • adquirir equipamentos: outro detalhe do plano de negócios, você precisa de um mínimo de equipamentos para montar a cozinha e poder operar;
  • identificar o mercado-alvo: aqui é preciso saber exatamente quem quer atender e o que essas pessoas esperam do seu serviço. Desse jeito, fica mais fácil criar um bom menu e determinar o horário de funcionamento;
  • analisar a concorrência: o que as outras empresas da sua região andam fazendo em seus buffets? Saber disso é uma maneira de definir seus diferenciais e se posicionar para conquistar o mercado;
  • determinar os preços: após definir o tipo de cardápio e saber quanto custa o estoque, você precisa fazer as contas e definir quanto vai cobrar para ter a margem de lucro que espera;
  • procurar bons fornecedores: um negócio de comida depende muito dos fornecedores. Por isso, você deve procurar parcerias confiáveis e que tenham bom custo-benefício.

Quais itens são essenciais?

Como você viu, para montar um buffet de restaurante, alguns itens são essenciais. A seguir, confira com mais detalhes alguns deles!

Buffet diversificado

Um dos maiores atrativos do buffet de restaurante é a facilidade que a pessoa encontra em comer fora de casa; podendo escolher a quantidade e o que comer por um preço justo. Assim, um dos itens essenciais é exatamente a comida.

Nesse caso, mais do que sabor e qualidade de produtos, ela precisa oferecer opções variadas, que sejam adequadas ao gosto do cliente ou a dietas específicas. Por isso, você pode montar um buffet com escolhas veganas, vegetarianas e sem glúten, além das tradicionais proteínas e carboidratos.

Nesse caso, também vale estender a variedade às sobremesas, para o cliente finalizar sua experiência de forma satisfatória.

Estrutura

O buffet de restaurante é dinâmico. Por isso, as pessoas se movimentam ao redor da mesa para pegar sua comida. Nesse caso, um dos aspectos mais importantes é contar com um bom espaço, que agilize o fluxo de pessoas e permita que elas se movam dos dois lados da mesa, se possível.

Além disso, o buffet precisa sempre manter a comida na temperatura ideal. Então, toda a estrutura deve ser adequada para cada tipo de comida. Por exemplo, é possível ter uma ilha para grelhados, pista refrigerada para os frios e pista quente para as comidas nessa temperatura.

Ah, e se você atender também por delivery com marmitas, precisa garantir que a comida chegue com a temperatura ideal ao cliente.

Identidade e diferencial

O restaurante com buffet é popular entre os brasileiros. Por isso, criar sua identidade e apresentar os diferenciais para seus clientes é essencial. Afinal, é preciso mostrar que seu negócio não é mais um do mesmo. Assim, é importante começar respondendo: o que é seu buffet? Massas, comida asiática, caldos, churrasco?

Cada categoria de comida é diferente e exige um planejamento próprio. Por isso, você precisa definir isso logo no começo do negócio. Afinal, servir de tudo não é uma opção viável, e você também não pode mudar completamente o tipo de comida de tempos em tempos.

Dessa forma, é importante estudar bem o negócio e escolher o tipo de buffet que você se sente confortável para trabalhar. Além disso, é preciso definir o horário de funcionamento ideal, com base nos custos e nas necessidades do público.

Já quanto aos diferenciais, mais do que ter uma identidade funcional e criar uma decoração única, você pode planejar ações que digam ao consumidor que aquele é o melhor buffet para comer. Por exemplo, em um restaurante focado em família, contar com espaço infantil é essencial.

Já se ele abre à noite, um dia na semana com música ao vivo pode atrair quem quer relaxar e jantar. Ter bons pratos não é suficiente. Você precisa atender a outros tópicos de planejamento para que seu restaurante buffet funcione.

O que escolher para criar um buffet diferenciado?

Saber como montar um buffet de restaurante único não é difícil, se você planejar bem todo o negócio. Mas, para ser diferenciado, além da própria estrutura física, vale a pena apostar muito da originalidade no cardápio. Isso não significa mudá-lo toda hora, mas variar em possibilidades.

Por exemplo, que tal criar um prato assinatura que sempre é uma opção no buffet, por exemplo, um molho com receita secreta ou uma sobremesa de família não tradicional?

Já quanto às saladas, você pode combinar verduras e legumes com frutas e oleaginosas, criando combinações ricas, que vão encantar quem segue uma dieta restrita ou gosta de sabores diferentes. Para isso, você pode usar opções da época e ter criatividade na composição.

Em relação às carnes, se você sempre serve uma opção de frango, carne bovina e peixe, também é possível variar. Por exemplo, uma semana pode servir salmão, na outra servir tilápia. Em um dia, servir espetinhos de carnes com legumes, no outro carnes com queijo.

Como organizar os itens de forma conquistadora?

Com sua identidade criada e o buffet do restaurante definido, organizar toda a comida de forma conquistadora pode não só fazer o cliente voltar, como também trazer mais gente. Portanto, siga algumas dicas nesse aspecto:

  • coloque os pratos no início do buffet e equilibrados em pilhas pequenas e fáceis de pegar;
  • deixe as bandejas perto dos pratos, se decidir usá-las;
  • disponha os talheres e os guardanapos no final, para que a pessoa não tenha que carregá-los nas mãos ou bandeja;
  • monte uma mesa de sobremesas ou bebidas à parte, para garantir a segurança e o fluxo de pessoas;
  • defina uma ordem, com pratos frios, entradas e saladas no começo e pratos quentes e principais para o final;
  • tenha a quantidade certa de cubas para as opções de comidas que você vai oferecer.

Um restaurante buffet é um ótimo negócio. Popular no Brasil, ele facilita o dia a dia de quem precisa de uma refeição rápida ou para quem busca o melhor custo-benefício. Mas, para saber como montar um buffet de restaurante, você precisa seguir aspectos essenciais na organização do negócio, bem como na definição do cardápio. Assim, consegue criar uma identidade forte e um restaurante que atraia mais clientes.

Gostou das dicas para montar o restaurante buffet? Então, agora, descubra como potencializar o seu negócio sabendo o que os melhores restaurantes têm em comum!

Por iFood

Por iFood

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

20/05/2024

Confira como foi o Fórum de Restaurantes de Maio

20/05/2024

Embalagem para marmita: 6 melhores opções

19/05/2024

Promoção de vendas: 5 dicas para o seu sucesso