E-mail marketing: como usar no meu negócio?

Saiba como usar o e-mail marketing na estratégia de divulgação do seu negócio! Faça com que seu público se lembre sempre da sua marca!

Quando o assunto é se aproximar dos consumidores, o e-mail marketing aparece como uma ótima solução. Isso porque essa estratégia ajuda a realizar contatos periódicos e se manter presente no dia a dia dos clientes, o que garante que o seu nome fique por mais tempo na mente do público.

Se você está se perguntando se mandar e-mail, atualmente, não está fora de moda, saiba que a resposta é: não! Na verdade, esse ainda é um recurso em alta. Ao observar os principais dados estatísticos dos últimos 10 anos sobre o assunto, você vai notar que os consumidores não somente preferem esse canal de comunicação, em comparação com as redes sociais, como cerca de 60% deles gostam de receber e-mails semanais.

e-mail marketing

Então, que tal se preparar para usar essa estratégia para agregar mais valor ao seu negócio? Confira as dicas do Fábio Bindes sobre como aproveitar o e-mail marketing! 

O que é e-mail marketing?

Isso nada mais é que um recurso de marketing estratégico usado para enviar mensagens periódicas para uma base de cliente sobre um assunto relacionado ao seu negócio. Isso pode ser a divulgação de novos produtos, o aviso de promoções, a produção de conteúdos para o público, entre outros.

É por esse motivo que existem diferentes modalidades de e-mail marketing, como:

  • newsletter — conta as novidades da empresa, seja um conteúdo novo no blog, um produto em lançamento, uma conquista do negócio etc;
  • e-mails promocionais — como o próprio nome diz, chama atenção para os descontos e as promoções que serão lançadas nos próximos dias.

Quais as vantagens de usar o e-mail marketing?

Se o e-mail marketing parece um trabalho a mais e pouco vantajoso para o seu negócio, sua opinião pode mudar bastante depois de conferir a lista com os principais benefícios de apostar nessa estratégia!

Construção de relacionamento com o público

Para conquistar uma base sólida de clientes, o relacionamento com o público precisa ser uma das palavras-chave. Ao definir esse objetivo no seu negócio, em pouco tempo, é possível notar que uma parcela de consumidores está criando um vínculo com a sua marca.

Ou seja, construir um relacionamento com os clientes é bem parecido com fazer amizades. Manter o contato, de vez em quando, ajuda a fortalecer os laços e a conhecer melhor um ao outro, permitindo uma relação mais duradoura e saudável.

Custo baixo

Vale destacar que você praticamente não vai gastar nada para fazer o e-mail marketing, a não ser algumas horas para o planejamento e a produção de conteúdo. Por outro lado, pode ganhar ótimos retornos, como a fidelização de clientes.

É por isso que essa estratégia é excelente para o marketing para restaurantes e pequenas empresas. Com custo baixo, é possível divulgar as novidades, criar promoções e manter os clientes próximos, sem prejudicar o planejamento financeiro.

Facilidade de produção

Um e-mail deve ser um tipo de conteúdo prático de escrever, que pode ser feito por você e que não gasta muito tempo no dia. Por isso, pode ser considerado também uma estratégia de fácil produção. É só ficar de olho nas melhores práticas e nos objetivos de marketing para caprichar na escrita.

Ajuda a marca a ser sempre lembrada

Pense em todos os amigos que você teve durante o Ensino Médio e suponha que você está montando a lista de convidados para o casamento. Quais nomes, desse grupo, vêm à sua mente com mais facilidade? Provavelmente, são aqueles com quem você ainda tem mais contato.

Esse é só um exemplo de como é mais fácil se lembrar de uma pessoa ou uma marca que se mantém presente na vida dos consumidores, independentemente do tempo que passou desde o primeiro contato.

Como pensar numa boa estratégia de e-mail marketing?

Saber como fazer e-mail marketing faz toda a diferença para ter acesso a esse conjunto de vantagens. Veja só alguns passos para caprichar no planejamento!

Considere o funil de vendas

É interessante que cada tipo de cliente leia um conteúdo voltado para ele. Por esse motivo, vale a pena usar o funil de vendas na hora de planejar a estruturação dos seus e-mails marketing.

Para isso, considere que cada etapa do funil diz respeito ao estágio que o cliente está na jornada de compra. A base é a atração, na qual tem um dos primeiros contatos com o seu negócio. Conteúdos informativos, como dicas do que comer em datas especiais ou tipos de culinárias mais famosas no Brasil, são os mais interessantes para os restaurantes — sempre mantendo uma relação com a sua marca.

A próxima etapa é a consideração, em que o cliente já se deu conta de que o seu negócio pode ser vantajoso para ele. Aqui, mostrar o diferencial competitivo é a melhor saída, apresentando suas principais conquistas, a qualidade dos pratos e o custo-benefício.

Por fim, vem o momento em que o cliente decide consumir no seu restaurante. Segmentar ainda mais a produção, apresentando conteúdos como promoções e pratos de destaque da semana, é o que vai conquistar esse público.

Faça uma boa segmentação

Quanto mais você direcionar os clientes ideais para cada etapa do funil de vendas, maiores as chances de ter mais resultados com o e-mail marketing. Afinal, você está falando justamente sobre o que cada público deseja ouvir.

Construa uma base de e-mail marketing

Não tem como mandar e-mail para qualquer pessoa. Se isso acontecer, as chances de você cair na caixa de lixo eletrônico são altas. Por isso, é importante enviar os conteúdos para quem deseja recebê-los. É assim que você vai construir a sua base de contatos.

Confira algumas formas de coletar e-mail dos clientes:

  • implemente um formulário no seu site convidando para assinar a newsletter;
  • promova eventos ou ações especiais no seu espaço físico, criando um espaço para coletar os e-mails dos participantes;
  • ofereça benefícios, como um brinde ou um desconto, para os clientes que deixarem o e-mail;
  • envie mensagens por WhatsApp para sua base de contatos, convidando as pessoas para assinarem a sua lista de e-mail;
  • compartilhe um link com formulário nas suas redes sociais convidando os seguidores para assinarem.

Considere oferecer um benefício aos clientes que assinarem sua lista de e-mail, como um brinde ou desconto na primeira compra àqueles que assinarem. Destaque os benefícios que esse canal vai oferecer, como divulgar as novidades e promoções.

Como fazer um bom e-mail marketing?

Agora que você já sabe como funciona e-mail marketing, é hora de colocar a mão na massa. Confira as boas práticas para criar conteúdos de qualidade!

Personalização

Lembra da dica de segmentação dos clientes durante a estratégia de e-mail marketing? É aqui que você vai colocá-la em prática. É importante também que a linguagem e a estrutura do texto tenham um toque da sua marca. Assim, você entrega conteúdos personalizados e que mostram a identidade do negócio.

Conteúdo de qualidade

A qualidade do e-mail vai garantir que o cliente abra todas as mensagens que receber do seu negócio. Por isso, capriche na escolha das palavras, escreva sobre o que sabe falar e, é claro, saiba o que vai cativar o público.

Linguagem objetiva

Praticamente ninguém gosta de passar um tempão para ler apenas um e-mail. Desse modo, escreva somente o necessário, com frases curtas e linguagem objetiva. A intenção é conduzir o cliente para outro conteúdo ou uma ação. Portanto, não é necessário se estender. 

Bom design

Aqui vai mais uma dica valiosa: deixe o seu e-mail bonito. Uma boa estruturação garante um design atrativo, o que não apenas facilita a leitura, como deixa o público com vontade de consumir o conteúdo que está recebendo.

Teste A/B

Nem sempre tem como saber qual é a estratégia ideal de e-mail marketing. Nesse caso, vale a pena testar as suas melhores opções. Essa é a proposta do teste A/B: você envia um conteúdo para uma parte dos seus contatos e um modelo alternativo para a outra parcela.

Entre as duas opções de e-mail, você pode variar itens como:

  • assunto do e-mail;
  • design;
  • conteúdos apresentados;
  • remetente.

Para saber qual delas é a melhor estratégia para usar no seu negócio, é só identificar qual gerou mais resultados. A partir disso, é só estruturar seus próximos e-mails com a mesma formatação da versão bem-sucedida. Se quiser facilitar esse trabalho, é possível encontrar sistemas que geram relatórios de teste A/B automaticamente.

Viu só como tem muita coisa a ser falada sobre e-mail marketing? É por isso que o seu negócio não pode deixar de lado uma estratégia tão interessante e com um potencial incrível de criar proximidade com os clientes. Portanto, comece já a planejar a produção!

Curtiu o post? Então, continue lendo mais sobre como implementar os negócios. Veja algumas dicas para aumentar as vendas no delivery!

Por Fábio Bindes

Por Fábio Bindes

2 respostas

  1. Ótimo artigo, Fábio. E-mail Marketing hoje é essencial para todos os sites ou blogs, para conseguir captar mais leads e com criando conteúdos gerando valor para seus leads que eles possam virar seus clientes. Hoje, é algo que estou estudando mas com seu artigo consegui abrir um pouco minha mente. Muito obrigado e muito sucesso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

21/05/2024

Melhoria contínua: o que é, objetivo e como aplicar

20/05/2024

Confira como foi o Fórum de Restaurantes de Maio

20/05/2024

Embalagem para marmita: 6 melhores opções