Marmitas congeladas: saiba como vender e entregar

Quer dicas para alavancar seu negócio de marmitas? Neste post, saiba como vender e entregar marmitas congeladas!

Vender marmitas congeladas é uma excelente opção de negócio no ramo da alimentação. Esse é um tipo de produto que as pessoas procuram bastante no dia a dia, já que facilita a rotina de quem não sabe ou não tem tempo para cozinhar. Unindo sabor, qualidade e preços justos, dá para fidelizar clientes e ter um ótimo faturamento.

Sem tempo para ler? Clique no play abaixo para ouvir esse conteúdo.

Eu sou Allan Barros, fundador da comunidade Delivery de Marmita, especialista em delivery com foco em almoço e Expert iFood. Tenho mais de 6 anos de experiência no ramo da gastronomia e ajudo donos de restaurantes com uma metodologia que foca o aumento das vendas para os mesmos clientes e a sua fidelização.

A seguir, trouxe algumas dicas e ideias para marmitas congeladas que vão ajudar o seu negócio. Confira!

Planejamento de cardápio

Veja como fazer marmitas congeladas de uma forma que encante seus clientes!

Pense no público

Em um negócio de delivery de marmitas congeladas, é preciso prestar atenção no público que a loja vai atender. Muitas pessoas empreendedoras que iniciam nesse segmento costumam produzir as refeições sem focar o cliente, mas sim o produto, e acabam com dificuldade de vender porque não sabem qual parcela do mercado vai querer comprar.

“Então, a gente precisa entender, primeiramente, qual é o objetivo desse produto. A gente vai vender para quem? Como é que serão os planos desse produto? É voltado para alguém que quer perder peso? Para alguém que está em busca de uma reeducação alimentar? Para quem quer ganhar massa muscular? Como é que funciona tudo isso?”

Faça parceria com especialista

Para planejar o cardápio para marmitas congeladas com precisão, o ideal é começar buscando o público certo. Nesse sentido, a dica é fazer uma parceria com nutricionista para ter um conhecimento especializado na elaboração das refeições de acordo com as necessidades dos clientes.

Essa parceria também ajuda a ter mais autoridade de venda. Afinal, os clientes vão perceber que não é só uma marmita congelada qualquer, mas sim uma refeição que foi elaborada por um profissional da área e que vai ajudar na transformação dos seus corpos.

Embalagem e armazenamento adequados

Como as marmitas congeladas são um tipo de produto que seus clientes não vão consumir imediatamente, existem alguns aspectos muito importantes que precisam ser observados para garantir sua qualidade e segurança.

Método de conservação

Na sua cozinha, quando você produz as refeições para seus clientes, a durabilidade dos alimentos é de cerca de 30 dias, se armazenados a uma temperatura de -18°C. Por isso, você pode ter um estoque para vender ao longo de algumas semanas.

Já nas casas dos clientes, as marmitas são armazenadas na geladeira, normalmente, a uma temperatura de 5°C, mais ou menos. Nesse caso, a durabilidade é em torno de 5 dias. Quando você vai vender alimentos congelados, é importante “que você passe, ao seu cliente, essas informações, para que ele saiba guardar de maneira adequada a alimentação dele.”

Tipos de embalagem

As melhores embalagens para marmitas congeladas são as seladas a vácuo. Porém, nem todo mundo tem acesso a esse tipo de produto, devido ao seu alto custo e à grande procura. Na falta de embalagens a vácuo, dê prioridade a materiais que possam ser levados ao micro-ondas.

Além disso, sua embalagem deve ser livre de bisfenol. “Bisfenol é uma substância que, quando você esquenta as marmitas a uma alta temperatura, libera uma toxina que pode causar doenças bem severas. Então, é importante você atentar a isso.”

Normas de segurança alimentar

Tratando-se de regulamento, há a RDC 216/04, que fala sobre o manual de boas práticas de manipulação de alimentos. Dentro dessa resolução, tem a parte de manipulação, fracionamento, preparação, armazenagem, distribuição, transporte, venda, entre outras informações importantes.

Opções de entrega segura para marmitas congeladas

Trabalhar com marmitas congeladas é diferente de elaborar marmitas tradicionais que são entregues todos os dias. Com as congeladas, você normalmente entrega essas refeições dentro de um pacote — por exemplo, o cliente pode receber o cardápio da semana em uma só entrega.

“Chamando o iFood, você vai ter um custo uma vez só, por semana. Você não precisa ter um custo semanal ou até mesmo mensal. Vai ser uma vez por cada cliente, por semana, e, às vezes, quinzenal.”

Contar com uma parceria como essa é fundamental para não prejudicar a experiência dos clientes. Segundo a pesquisa da GALUNION de 2022, dentre as pessoas que tiveram problemas com delivery, 69% afirmam que o principal foi a demora na entrega. Assim, garantir a entrega pontual e segura faz toda a diferença.

EMBEDAR VÍDEO AQUI: https://youtu.be/vsoxoWDgci4?si=82DD_-JXYsZ1zGn7

Promoção online

Na hora de precificar e fazer promoções de marmitas congeladas, é preciso considerar alguns fatores. O primeiro deles é o custo desse produto. “Essa marmita é personalizada para uma pessoa específica? Ou, por exemplo, para um objetivo, como ganho de massa muscular? Ou é apenas um combo que você criou, voltado para a pessoa ter uma alimentação todos os dias?”

Um combo mais básico pode ser mais barato. Quando há um objetivo de ganho de massa muscular, reeducação alimentar ou outro, dá para encarecer um pouco. Já o combo voltado para as necessidades de um cliente específico pode ser ainda mais caro. Ao montar promoções, tenha essas considerações em mente.

Programas de assinatura

Dentro do iFood, você pode criar planos voltados para as necessidades do seu cliente. “A pessoa que quer uma reeducação alimentar, que quer ganho de massa muscular, por exemplo, você cria planos para essa pessoa. Planos de 15 dias, planos de 30 dias, planos de 6 meses.”

Trabalhando de acordo com as necessidades dos consumidores, você consegue fazer com que fiquem com você por um longo prazo. Para agradar ainda mais esses clientes e fidelizá-los, também vale apostar em alguns “mimos”, como sucos naturais, sobremesas e pratos especiais. É importante inovar para não permanecer igual a todo mundo que já existe no mercado.

Entregas programadas

Além das entregas já programadas, tenha sempre marmitas a pronta entrega, para atender quem não pediu com antecedência. “Assim, você faz com que esses clientes sempre estejam com você, porque eles sabem que você atende tanto para um combo semanal, quanto quinzenal ou mensal, com entrega rápida.”

Por fim, lembre-se de que o cliente que quer marmitas congeladas é uma pessoa prática. É alguém que não quer perder tempo nos supermercados, que gostaria de tudo pronto, como você está entregando. Com alimentos de boa qualidade e entregas eficientes, você pode manter esse cliente por um bom tempo.

Antes de ir, baixe um conjunto de peças prontas para ajudar na divulgação do negócio de comida saudável!

Por Allan

Por Allan

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

15/06/2024

Aumente o faturamento: 5 estratégias de vendas para aplicar no deli...

14/06/2024

Fluxo de caixa: o que é e como aplicá-lo no seu estabelecimento!

13/06/2024

Conheça as principais frentes de atuação do Compromisso para 2024

 

Ingressos disponíveis!

Garanta sua presença no evento que vai mover o mercado de Food Delivery