6 estratégias essenciais para vender alimentos congelados

Ter estoque adequado e agilidade na entrega são algumas estratégias para se dar bem na venda de alimentos congelados. Saiba mais neste post!

Devido à correria do dia a dia, cada vez mais as pessoas dispõem de menos tempo para cuidar da alimentação. Esse fenômeno trouxe um aumento na busca por mais comodidade e praticidade na hora de comer, transformando os congelados na saída perfeita para suprir essa necessidade.

Sem tempo para ler? Clique no play abaixo para ouvir esse conteúdo.

Assim, investir nesse segmento mostrou-se um bom negócio para quem deseja empreender no ramo de alimentos. Os alimentos congelados são práticos, versáteis e podem se tornar uma categoria de produtos interessante para o seu negócio.

Quer saber como começar a vender alimentos congelados? Continue a leitura deste post e confira as dicas!

Mercado de comidas congeladas

O mercado de comidas congeladas no Brasil é bastante amplo e traz ótimas oportunidades de lucratividade. A pandemia do novo coronavírus ajudou a consumar a tendência, já que muitas pessoas aderiram a essa forma de se alimentar nesse período — seja devido ao trabalho remoto, seja para evitar sair para comer.

Antes disso, o mercado já era encarado como a solução ideal para empresas que compram as refeições para seus colaboradores, e para os próprios consumidores finais, que podem solucionar de forma prática a necessidade de se alimentar no intervalo do trabalho. Como resultado, 61% dos brasileiros afirmam optar pela compra e consumo de alimentos congelados.

Com um faturamento que pode variar entre 5 a 20 mil reais mensais, trata-se de um nicho gastronômico que conta com várias segmentações, o que vai desde a venda de ingredientes congelados até as refeições completas, passando por opções saudáveis, veganas ou até pratos mais elaborados. Com tantas alternativas, o mercado de congelados ainda tem um amplo potencial a ser explorado.

6 estratégias para vender alimentos congelados

O mercado de comidas congeladas apresenta características específicas. Para que seu restaurante tenha um bom desempenho, é preciso estudar as especificidades e superar os desafios. Assim, com um bom investimento e dedicação, você terá uma boa fonte de faturamento.

1. Mantenha um estoque adequado

Uma das vantagens de trabalhar com congelados é que, com o congelamento correto dos alimentos, o tempo de conservação é maior. Apesar disso, é preciso de atenção ao estoque para garantir o preparo de refeições de qualidade. Nesse sentido, é importante contar com bons fornecedores e ter um estoque adequado à demanda.

Os ingredientes precisam estar de acordo com o cardápio que será preparado e também com a quantidade de procura que aqueles pratos têm naquele momento. Esse cuidado vai evitar que os produtos percam a validade, prevenindo desperdício e a perda de qualidade da comida.

2. Tenha freezers industriais

Investir em equipamentos é outro fator indispensável para quem trabalha com a venda de alimentos. No caso de congelados, o freezer merece atenção especial, já que a comida deve ser mantida congelada até o momento da entrega.

Por isso, considere contar com uma cozinha profissional e freezers industriais para um armazenamento melhor dos alimentos. Isso vai garantir que eles sejam conservados na temperatura ideal e mantenham o seu prazo de validade.

3. Ofereça agilidade na entrega

A entrega do alimento é uma parte importante no negócio de congelados, especialmente no que diz respeito ao atendimento ao cliente, devido ao desejo e necessidade de receber a refeição a tempo. Sendo assim, a rapidez faz toda a diferença para que ele se sinta satisfeito e volte a comprar.

Por esse motivo, é fundamental cuidar da logística e das embalagens. Avalie também a modalidade de entrega ideal para seu restaurante. Você pode desenvolver um processo logístico próprio ou contar com parceiros nessa tarefa.

4. Venda kits

Os kits de congelados são parte de um segmento que faz sucesso. Além de trazer ainda mais praticidade aos consumidores, a venda de kits também pode vir com descontos, o que é uma boa tática para convencer o cliente a encomendar uma quantidade maior de refeições. Algumas entre as opções de venda são:

  • kits de marmitas para uma semana;
  • kits com pratos de culinárias variadas;
  • kits de mix salgados;
  • kits de comida saudável (pode ter foco na perda de peso ou ganho de massa saudável);
  • kits veganos ou vegetarianos;
  • kits gourmets;
  • kits de refeições para ocasiões especiais (entrada, prato principal e sobremesa para duas pessoas)
  • kits personalizados (sob demanda).

5. Invista em diferenciais competitivos 

Como em todo segmento, a venda de congelados também deve buscar meios para se destacar da concorrência. Isso torna fundamental identificar quais são as lacunas no mercado que podem ser exploradas e investir em diferenciais competitivos.

Buscar diferentes combinações de temperos, apostar na venda de alimentos para intolerantes à lactose ou glúten, ter um cardápio de refeições seguras para diabéticos, oferecer produtos orgânicos e massas artesanais, são algumas entre várias opções. Lembrando que esse diferencial não se resume somente aos pratos, mas também à forma de entrega, opções de tamanho, tipo de embalagens etc.

6. Escolha os canais de venda

Atualmente, o uso de aplicativos de entrega é uma das melhores formas de vender alimentos congelados na internet. Ao fazer o cadastro nas plataformas, o alcance do público será ainda maior.

Também vale a pena investir em outros meios para chegar até os clientes, como cardápio digital, Instagram, WhatsApp e outras redes sociais, além do tradicional telefone para quem ainda prefere este tipo de interação com o estabelecimento.

Ideias de comida congelada para vender

A diversidade de possibilidades é um dos benefícios da venda de comida congelada. As opções podem atender a diferentes refeições e ocasiões dos clientes. Confira algumas ideias de produtos congelados para vender:

  • salgados — coxinhas, quibes, empadas, rissoles e esfirras fazem sucesso tanto em festas de aniversário como no encontro de amigos. Assim, a dica é ter opções de kits grandes para eventos e pequenos para atender apenas uma residência;
  • refeições completas — a falta de tempo para preparar refeições trouxe a expansão na busca por pratos prontos e completos, sendo interessante focar nas refeições mais consumidas, com arroz, feijão, legumes e carne (ou opção de proteína vegetal);
  • massas — a busca por alimentos artesanais faz das massas outra boa alternativa, como pizza, nhoque, macarrão e lasanha, sendo fundamental caprichar na qualidade e variedade de molhos e recheios;
  • comida saudável — o aumento das pessoas que desejam melhorar a alimentação e reduzir o consumo de calorias tornaram a comida saudável um ótimo mercado;
  • comida vegana e vegetariana — cada vez mais pessoas estão mudando a alimentação para alternativas sem produtos de origem animal. Esse público crescente também busca variedade nas opções, sendo uma boa oportunidade para se destacar;
  • espetinhos — práticos e presente nos encontros informais, os espetinhos podem ser preparados na frigideira, churrasqueira ou forno. É importante conferir quais são as opções preferidas dos consumidores para investir nessa opção.

Com estas dicas, ficou mais fácil se planejar para começar a vender alimentos congelados, não é mesmo? Lembrando que é fundamental se preocupar com a entrega da comida, pois isso facilita os pedidos para os clientes e aumenta a chance de fidelização.

Aprendeu mais sobre como vender comida congelada? Investir nesse ramo pode trazer uma boa fonte de faturamento. Mas vale a pena contar com um parceiro estratégico. Por isso, entenda como funciona o iFood para restaurantes.

Por iFood

Por iFood

11 respostas

  1. Faço a massa polonesa congelada resido em Holambra , são Paulo. Qual a melhor estratégia para vender o. Meu. Produto?

  2. No app tem como colocar a opção de aquecer? Tipo se eu quiser entregar ao meu cliente a marmita aquecida

  3. Tem como vender por quilo, mas as peças de cortes congelados tipo a picanha, maminha e ancho variam bastante o peso, podendo pesar uma diferença de 500 a 700 gramas de uma peça para outra, como fazer nesse caso?

  4. Oi quero vender comida saudavel co gelada ! A minha duvida e como funciona a divulgacao no ifood ?
    Eu ja posso preparar um estoque de comida para iniciar a divugaçao no ifood ? Tenho opçoes de sucos congelados em porçoes !
    OU é melhor eu fazer o cadastro no ifood para comecar a montar os kits!

  5. Sou fabricante pão de queijo e outros 12 produtos congelados
    Procuramos atacado venda distribuidor
    Entre contato
    41995836555
    Khaled

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

12/04/2024

Melhoria Contínua no Atendimento do iFood: conheça o Botão de Ajuda

12/04/2024

Aprenda a técnica food porn para caprichar nas fotos de comida

11/04/2024

Feedback do cliente: saiba como tirar proveito

 

Ingressos disponíveis!

Garanta sua presença no evento que vai mover o mercado de Food Delivery