O que é uma microcervejaria e como funciona?

Sabia que o Brasil é um grande consumidor de cerveja? Veja, neste post, como investir em uma microcervejaria.

No Brasil, o consumo de cerveja cresceu 8% em 2022, alcançando quase 16 bilhões de litros, tanto no caso das cervejas tradicionais como as artesanais. É o que mostra os dados do Sindicato Nacional da Indústria da Cerveja (Sindicerv). Por esse motivo, investir em uma microcervejaria pode ser uma boa opção de negócio.

Com esse tipo de empreendimento, você não precisa concorrer de maneira direta com as grandes empresas cervejeiras. A bebida produzida em pequenos negócios conta com diferenciais tanto no sabor quanto na qualidade, atraindo o consumidor exigente.

Por isso, se está considerando a ideia, entenda o que precisa para montar uma minicervejaria e como funciona esse negócio.

O que é uma microcervejaria?

Uma microcervejaria é uma fábrica de cerveja de pequeno porte. Muitas vezes, o foco do empreendimento costuma ser a produção das cervejas artesanais, mas também pode ser um negócio de cerveja tradicional.

É uma empresa de propriedade independente, com produção em pequenas quantidades. Porém, conta com toda a infraestrutura e padrões de qualidade de uma grande marca.

Qual a diferença entre microcervejaria e cervejaria artesanal?

Para o negócio ser considerado uma microcervejaria, a produção da bebida deve ser de até 200 mil litros de cerveja por mês. Além de trabalhar com o uso de receitas e técnicas tradicionais, você pode focar na produção de cervejas com técnicas especiais, as chamadas cervejas artesanais.

Já o objetivo de uma cervejaria artesanal é oferecer ao consumidor um cardápio de bebidas com a possibilidade de consumo de alta qualidade. Isso é alcançado com o uso de técnicas exclusivas no preparo, com foco nos sabores e aromas diferenciados em relação às cervejas de grandes distribuidoras.

Como montar uma microcervejaria?

Até aqui, você entendeu o que é e como funciona uma microcervejaria. Agora, confira detalhes necessários para empreender nesse segmento.

Equipamentos e matéria-prima

Quer saber qual o custo para abrir uma minicervejaria? Em média, o valor para um negócio pequeno de produção de cerveja é de 200 a 250 mil reais. A produção exige o investimento em equipamentos indispensáveis, como:

  • moinho de malte;
  • filtro de cerveja;
  • equipamentos para envasamento;
  • tanque de fermentação, maturação e cerveja filtrada;
  • gerador de vapor e de água gelada;
  • compressor de ar;
  • barris.

Além disso, é preciso contar com fornecedores de matéria-prima de qualidade, como malte, levedura e lúpulo. Se deseja investir na venda de bebidas pelo delivery, João Barcelos, Embaixador do iFood, lembra que “é possível obter muitos clientes por meio da plataforma”.

Colaboradores

Para montar uma microcervejaria, você não precisa investir em muitos colaboradores. Necessita basicamente de um mestre cervejeiro para o preparo das bebidas, cerca de dois auxiliares de produção, um atendente e um contador.

Venda no local ou comercialização

Os produtos envasados da microcervejaria são adquiridos por bares, hamburguerias e lanchonetes. O consumo também pode ser feito por meio do delivery ou no próprio local de fabricação, conhecido por brewpub.

Para incentivar mais a aquisição dos clientes no delivery, a dica de João para quem trabalha com bebidas é “oferecer opções de combo de bebidas”.

Localização

Na hora de escolher a localização para instalar o negócio, considere o tipo de empreendimento. Se vai comercializar, considere fatores como localização dos distribuidores e dos varejistas.

Caso opte pela venda de bebidas no local, é importante que sua microcervejaria esteja localizada em uma região adequada para atrair consumidores. Para a venda no delivery, escolha um local com a melhor logística para entregas.

Na hora de cadastrar na plataforma de delivery, João ainda traz um alerta para que “escolha a categoria ‘bebidas’, em vez de ‘conveniência’, para ter mais visibilidade”.

A microcervejaria é capaz de atrair clientes que desejam consumir mais qualidade e variedade de sabores. Por isso, é uma boa opção de negócio, inclusive para trabalhar no delivery.

Conheça o Entrega Fácil iFood, saiba como funciona e entenda de que forma solicitar esse serviço!

Por iFood

Por iFood

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

21/06/2024

Dia das Crianças: o que vender nessa data?

20/06/2024

Marketing para restaurantes: especialista mostra como começar

19/06/2024

Como funciona o Imposto de Renda MEI?