Melhores ideias para montar cardápio da sua lanchonete

Chegou a hora de montar o cardápio da sua lanchonete? Veja como preparar esse material e encantar os clientes!

Quem produz receitas de qualidade precisa demonstrar esse potencial de forma eficaz. Saiba que o bom e velho cardápio de lanchonete continua sendo o principal aliado na divulgação dos produtos. Ele também fornece dados importantes sobre preço, condições de pagamento e outros detalhes que impactam a tomada de decisão dos clientes.

Já faz tempo que esse instrumento vem ganhando novos formatos para se adequar às exigências dos consumidores. Muitos querem comodidade e rapidez para fazer e receber seus pedidos, demandando mudanças nas estratégias das empresas. O próprio marketing digital é uma prova de que tudo se transforma para facilitar a vida das pessoas.

Confira os passos fundamentais para montar um bom cardápio e algumas dicas a seguir!

Conheça os principais tipos

Antes de optar por um modelo específico, é interessante que você explore as características e as vantagens de diferentes menus. Os mais comuns são os impressos para estruturar cadernos, livros ou folhetos. Os papéis com as informações gerais também podem ser fixados em pranchetas ou nas paredes do empreendimento.

Você consegue encontrar todos esses exemplos ao visitar estabelecimentos do ramo alimentício ou pesquisar sobre o assunto na internet. Já existem sites que fornecem modelos de cardápio de lanchonete para editar em softwares e plataformas de design. A dica é usar esses recursos apenas como teste, para ter noção de como o material vai ficar.

Um dos grandes destaques é o Cardápio Digital. Ele é um canal que você cria para registrar os dados das refeições e das bebidas para compartilhar com quem quiser. Nesse caso, um link é gerado e pode ser publicado em diversos espaços, desde conversas de WhatsApp até nas redes sociais.

Produza fotos de qualidade

Um bom cardápio para lanchonete deve fazer seu cliente “comer com os olhos” antes de realizar o pedido. A popular expressão é colocada em prática quando você se preocupa em produzir imagens atrativas, que agucem a curiosidade e despertem o desejo de provar as inúmeras delícias listadas no menu.

É muito importante clicar preparos feitos no seu estabelecimento, pois isso evita confusões e o risco de mostrar algo que não existe na receita. Alguns truques são excelentes para fazer foto de comida:

  • pensar no fundo (detalhes do cenário);
  • ajustar a iluminação para evitar reflexos ou sombras;
  • testar vários ângulos;
  • evitar qualquer efeito que prejudique a definição, como o flash e o zoom.

Capriche na descrição dos produtos

As fotos conseguem entregar muitas informações, mas isso não elimina a necessidade de explicar a composição dos pratos e das bebidas que você oferece ao público. Pense que dedicar um tempo a mais na listagem dos ingredientes e dos acompanhamentos vai evitar o excesso de dúvidas por parte dos clientes.

Ao montar seu cardápio, faça uma descrição completa de cada item. Se determinado lanche é servido com uma porção de batata frita, por exemplo, indique isso no campo de texto. Você também pode fornecer sugestões de sucos, cervejas ou drinks que harmonizam com cada tipo de comida para facilitar a vida daqueles grupos mais indecisos.

Mantenha itens exclusivos em destaque

O cardápio de lanchonete deve ter um espaço reservado para os produtos especiais. Pode ser um prato autoral, um quitute que traz ingredientes especiais, ou mesmo refeições que geram desconto para maior quantidade de pedidos. O ideal é que esses itens fiquem destacados no cardápio para que não passem despercebidos.

Você pode usar cores fortes e contrastantes no fundo das fotos ou aplicar fontes maiores nos títulos dos preparos exclusivos. Se um salgado do local é feito com muito mais queijo que os da concorrência, por exemplo, aponte esse diferencial na descrição. Vale até completar a frase com recados animados, que motivem o cliente a experimentar a novidade.

Monte combos irresistíveis

Muitos estabelecimentos preparam ofertas com base na combinação de produtos para estimular a compra de uma maior quantidade de itens. Para o cliente, isso traz a noção de benefício financeiro, enquanto a lanchonete tem vendas mais volumosas e consegue incluir nesses combos os pratos com menos saídas.

É claro que você precisa elaborar um combo atrativo, que contenha diferentes tipos de alimentos e bebidas. Os famosos lanches que envolvem sanduíche + refrigerante + sobremesa fazem sucesso porque garantem uma refeição completa. A composição vai depender muito do perfil e preferências da clientela, bem como das variedades disponíveis no cardápio.

Mantenha tudo atualizado

Pode ser muito desagradável, para o consumidor, solicitar um prato e descobrir que aquele ingrediente tão desejado está faltando. É para evitar falhas como essa que você deve rever o conteúdo do cardápio com frequência, principalmente quando houver alguma alteração no preparo das receitas.

A atualização é necessária porque o cliente sempre vai se basear nas fotos e descrições do cardápio para lanchonete. Logo, é crucial que as informações estejam coerentes com aquilo que será entregue para prevenir reclamações.

Inclusive, redobre esse cuidado ao escolher materiais impressos, já que qualquer mudança acarreta a substituição completa dos papéis. Nesse sentido, plataformas digitais podem ser muito úteis para uma atualização mais ágil.

Ofereça serviço de entrega

O delivery de comida atrai consumidores que não dispensam o conforto de receber seus pratos favoritos no conforto de casa. Ou seja, contar com esse serviço vai ampliar as oportunidades de negócio para que você venda produtos em diferentes situações. Para isso, nada melhor que cadastrar sua lanchonete em um aplicativo seguro e de confiança.

A parceria com uma boa plataforma vai permitir que você mostre o cardápio completo a quem tiver interesse. Não se esqueça, ainda, de compartilhá-lo em todos os canais que a sua empresa mantém na internet. Assim, vai ser muito mais fácil divulgar o seu nome para novos clientes em potencial.

Agora que conhece os principais tipos e os elementos necessários do cardápio para lanchonete, não deixe de caprichar na composição de cada página. Lembre-se de que o aspecto visual tem grande influência no desejo de compra e merece ser explorado ao máximo, além de descrições fiéis e convidativas.

Se gostou deste conteúdo, aproveite para entender mais sobre os objetivos de marketing digital que fazem o seu negócio crescer.

Por iFood

Por iFood

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

23/02/2024

Prepare-se já! Aproveite as datas comemorativas de março!

23/02/2024

Quais são os planos iFood para negócios parceiros?

23/02/2024

Confira as mudanças nos destaques do Cardápio no aplicativo do cliente

 

Chegou o iFood Move!

O maior evento para restaurantes da América Latina!