Entrega expressa: o que é e como pode ser usada?

Entenda agora a diferença entre entrega normal e expressa, além de conferir dicas para implementar a entrega expressa no seu negócio!

Com a correria da rotina e a urgência de saborear os pedidos do delivery, a adesão dos clientes à entrega expressa cresce continuamente. Afinal, o grande atrativo da modalidade é a garantia de recebimento mais rápido.

Negócios que oferecem a modalidade de entrega expressa aos clientes conseguem atender às mais distintas necessidades dos clientes. Mas para isso, é preciso organizar toda a jornada operacional e logística, garantindo sincronia do planejamento à execução.

Descubra, a seguir, mais sobre a entrega expressa!

O que é entrega expressa?

A entrega expressa é uma modalidade de delivery em que a agilidade é ainda mais crucial que as entregas comuns. O objetivo dela é, justamente, garantir uma entrega ultrarrápida.

Muito usada por lojas virtuais, ela passou a ser comum em outros segmentos. Muitos estabelecimentos do setor alimentar já estão aderindo, como uma forma de aumentar a satisfação da clientela.

Quando um cliente opta pelo serviço, seu pedido ganha prioridade mediante a confirmação do pagamento. Então, o pedido é preparado, embalado e encaminhado ao cliente o mais rápido possível.

Aí está a diferença em relação à entrega normal: a expressa é prioridade e precisa chegar bem mais rapidamente. Embora isso envolva o pagamento de uma taxa adicional, o custo-benefício pode ser compensatório para o cliente.

Tempo de entrega

Normalmente, o prazo de entregas expressas fora do ramo alimentício é de até 72 horas. No entanto, quando se trata de entrega de comida, o prazo pode ser tão curto quanto 15 minutos.

Vale destacar que o ideal é sempre se antecipar ao máximo em relação ao tempo estipulado para entrega — tanto para prevenir expirações por imprevistos como para garantir uma satisfação ainda maior para o cliente.

Quais as vantagens da entrega expressa?

A entrega expressa tem a agilidade como um aspecto fundamental na experiência do cliente. Ao garantir a melhor experiência possível, seu negócio conquista clientes fiéis e ganha valor aos olhos do público, o que certamente repercute na lucratividade. Entenda melhor as vantagens a seguir!

Fidelização de clientes e lucratividade

Quando o cliente tem uma experiência satisfatória, as chances de que ele volte a fazer pedidos ao seu estabelecimento é muito maior. Com isso, você conquista um público fiel, que contribui de forma recorrente com os lucros do negócio.

Valor agregado à marca

Outro ponto importante é que disponibilizar a opção de entrega expressa é um diferencial competitivo para sua marca. Afinal, a ideia de ter o pedido em mãos mais rapidamente é um grande atrativo — em especial quando se está com fome.

Além disso, você evita perder um cliente em potencial pela falta de uma entrega mais rápida — o que pode acontecer principalmente quando o possível cliente está com o tempo restrito.

Agilidade nos processos

Quando o seu estabelecimento se compromete com a entrega expressa, naturalmente há uma preocupação maior em trazer mais eficiência aos processos. Isso é fundamental para garantir a agilidade no envio dos itens expresso — sem prejudicar a entrega de pedidos comuns.

Como é feita a entrega expressa?

Os itens necessários ao preparo de um pedido expresso precisam estar sempre prontos para uso, e um profissional para entrega deve estar a postos — ou seja, com disponibilidade imediata. Caso você não tenha um time próprio para essa finalidade, é ideal contar com soluções voltadas para o delivery, a exemplo do Entrega Fácil.

Assim que o pedido é confirmado, deve-se iniciar o preparo. Mas o principal ponto é garantir, antes, uma logística especialmente eficaz e organizada.

Quando oferecer cada modalidade?

O ideal é disponibilizar sempre ambas as opções: entrega normal e expressa — desde que você tenha condições de cumprir a promessa de maior agilidade na entrega expressa — sem comprometer a qualidade. Vale ressaltar que é essencial respeitar os prazos estipulados em qualquer modalidade.

Sempre avalie fatores como:

  • distância;
  • prontidão da equipe;
  • facilidade no preparo do pedido;
  • treinamento dos colaboradores;
  • custo-benefício para o estabelecimento, considerando taxas de entrega e despesas envolvidas em toda a cadeia de produção.

Oferecer entrega expressa, em geral, é uma boa ideia. Mas é fundamental garantir a organização e a eficiência de todas as etapas envolvidas no serviço, considerando que a questão do tempo é primordial para a satisfação do cliente, que pagou um valor adicional pela agilidade na entrega. Então, honre a confiança de cada cliente e garanta que todos tenham motivos para voltar.

Gostou de saber mais sobre o tema? Compartilhe o conteúdo nas suas redes sociais!

Por iFood

Por iFood

4 respostas

  1. Sou de Araguaína – Tocantins, gostaria de saber qual horário de abertura e encerramento diário da Entrega Fácil na minha região, pois solicitei uma entrega as 22:00hrs e disse que o horário ja tinha encerrado para entrega fácil. Já revirei o site de vocês do avesso e não tem essa informação que é crucial para meu negócio.

    1. Olá! O Entrega Fácil é uma solução do iFood que permite que você conte com a maior logística do país, mesmo para as vendas feitas fora do app iFood. Ou seja, você pode vender nas redes sociais, WhatsApp e até telefone, e deixar a entrega com a gente.

      Tire aqui suas dúvidas sobre o Entrega Fácil e saiba como usar: https://blog-parceiros.ifood.com.br/entrega-facil/

      Caso não tenha esclarecido sua dúvida no material, nos informe por aqui! 🙂

  2. Queria saber se um cliente quer fazer o pedido em um lugar que não tem iFood como faço para solicitar uma entrega

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

17/05/2024

Desvendando o ciclo do pedido: etapas, como medir e desafios

16/05/2024

À la carte: o que é, como funciona e dicas essenciais

15/05/2024

Negócios lucrativos: quais são e como garantir sucesso?