Saiba tudo sobre faturamento para seu negócio

Neste post, entenda o que é, para que serve, como aumentar e muito mais sobre o faturamento em seu negócio!

Não é preciso dizer que o faturamento é um dos mais importantes indicadores de sucesso de um negócio. Afinal, uma empresa precisa vender seus produtos e serviços para sobreviver e obter lucros, e o faturamento está totalmente atrelado a isso.

Acompanhar essa métrica é relevante na gestão cotidiana do empreendimento, pois permite ter perspectiva de como anda o negócio, ter base para fazer cálculos da empresa e ajuda, até mesmo, a saber como direcionar o investimento para ações práticas que ampliem as vendas.

Continue a leitura para entender o que é o faturamento e como monitorá-lo!

O que é o faturamento?

Usado popularmente como sinônimo de emitir uma nota fiscal, por essa também ser chamada de fatura, o termo está relacionado às entradas que ocorrem no negócio. Assim, o conceito de faturamento é definido como a soma de todos os ganhos obtidos por uma empresa em determinado período. Apesar de haver outras possíveis fontes de recursos — como investimentos, rendimentos etc. —, a principal é a venda de produtos ou serviços.

Para que serve?

Acompanhar o faturamento faz parte da rotina diária da administração de um negócio, pois a informação sobre o valor vendido impacta em diversas atividades empresariais. Estar sempre ciente desse indicador é importante para:

  • mensurar o desempenho do empreendimento e seu impacto no mercado;
  • auferir os lucros, ao reduzir custos, despesas etc.;
  • manter o fluxo de caixa, a organização de prazos de pagamentos e de recebimentos, possibilitando quitar as dívidas em dia;
  • basear o cálculo para impostos e a definição do regime tributário;
  • analisar quais são as melhores decisões cotidianas a tomar. 

Por exemplo, a gestão de restaurante pode utilizar esse dado como um indicador para definir os dias em que vale a pena deixar o salão aberto ou os períodos do ano com menos movimentação para fazer um cronograma de férias para a equipe.

Qual a diferença entre faturamento bruto e líquido?

Apesar do conceito geral apresentado, o faturamento pode ser de dois tipos: bruto ou líquido. Cada um tem suas particularidades. Entenda melhor!

Faturamento bruto

O faturamento bruto é puramente o que a empresa recebe pela venda de seus produtos ou serviços. Quanto mais altos os preços ou maior o volume de transações comerciais, mais elevado será seu valor. 

Faturamento líquido

Diferentemente do faturamento bruto, o líquido corresponde ao valor total vendido, deduzidos os cancelamentos, as devoluções e os impostos relativos às transações, como:

  • ISS: Imposto Sobre Serviços;
  • ICMS: Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços;
  • IPI: Imposto sobre Produtos Industrializados.

Como diferenciar faturamento e receita?

Outra diferenciação importante a ser feita é entre faturamento e receita. Apesar de serem usados como sinônimos por muitos gestores, por indicarem quanto a empresa ganhou, seus significados apresentam algumas distinções.

Enquanto o faturamento se refere ao valor total das vendas realizadas, incluídas as operações cujo pagamento é parcelado ou posterior, a receita apenas abrange o que efetivamente entrou em caixa, excluindo o que há para receber no futuro, os atrasados ou a inadimplência.

Como aumentar o faturamento do seu estabelecimento?

Aumentar o faturamento de um negócio é uma das formas de ampliar os resultados. Para tanto, algumas ações são úteis. Confira a seguir!

Faça a precificação corretamente

Um ponto importante da gestão financeira é a precificação dos produtos ou serviços oferecidos. Se o valor cobrado está acima do praticado pela concorrência, o cliente pode optar pelo mais barato. Já se é muito baixo, a empresa acaba com prejuízo. Para ser correta, a precificação deve:

  • abranger os custos, despesas e impostos;
  • considerar uma margem de lucro;
  • ser competitiva no segmento de público que se quer atingir.

Invista em marketing para atrair mais clientes

O marketing digital é uma boa ferramenta para atrair novos clientes. Essa modalidade é a opção de 94% das empresas como estratégia de crescimento.

Um marketing bem feito é capaz de criar uma identidade para o empreendimento, posicionar o negócio em relação ao público-alvo e tornar o estabelecimento conhecido. Entre as ações possíveis, estão:

  • investir em redes sociais para ter uma presença online;
  • ter um site, visando mostrar seus diferenciais;
  • otimizar seus conteúdos para mecanismos de busca;
  • valorizar o relacionamento com o consumidor nos canais virtuais.

Busque maneiras de reter e fidelizar clientes

Personalizar o atendimento e as ofertas, dar descontos para próximas transações ou promover uma experiência diferenciada são algumas estratégias capazes de reter e fidelizar os consumidores. No ramo alimentício, a aplicação dessas ideias ocorre por meio de:

  • desenvolvimento de um cardápio ou de combos diferenciados; 
  • disponibilização de cupons para itens gratuitos, como refrigerante ou sobremesa, no pedido seguinte; 
  • criação de um programa de fidelidade para quem adquire um número mínimo de refeições na semana.

Use o up-selling e cross-selling para elevar o valor médio de consumo

O que o up-selling e cross-selling fazem para aumentar o faturamento é elevar o valor médio de consumo, oferecendo itens melhores ou complementares, respectivamente. Essas táticas funcionam tanto nas vendas presenciais quanto online e impactam no resultado comercial.

Melhore os processos de vendas

Melhorar os processos de vendas passa por diversas iniciativas. Desde investir em tecnologia para automatizar a entrada, entrega e pagamento de pedidos, até aplicar a gestão por competência em relação a seus colaboradores

Para começar, o ideal é estruturar o fluxo de tarefas, delegando responsabilidades. Além disso, abrir um canal de comunicação, a fim de ouvir reclamações e sugestões dos consumidores, possibilita perceber oportunidades de otimização.

Tenha um bom parceiro de entrega

O sucesso de uma venda não-presencial depende do marketing para atrair o cliente, do atendimento online para fechar a negociação, e de uma entrega bem realizada para concretizar a experiência da refeição. 

Assim, ter um serviço de delivery de qualidade é fundamental para garantir o máximo nível de satisfação dos clientes, contribuindo para que seu negócio alcance maiores números de faturamento.

Aproveite e confira os 8 passos essenciais para atingir o sucesso na gestão financeira do seu restaurante!

Por iFood

Por iFood

50 respostas

    1. Eu estou precisando mesmo dessas informações! Tenho dificuldades de faturamento , fluxo de caixa, e colocar os preços corretos nos meus produtos.

      1. Ei, Elisandra! São pontos importantíssimos do seu negócio e precisa ficar de olho, viu? Depois conta pra gente se nossas dicas funcionaram, tá? 😉

    1. Oba! Temos certeza que vai fazer uma grande diferença pro seu restaurante! ? Depois conta pra gente como foi, viu?

  1. Também não dar exclusividade para alguns, deixar que o cliente opte comprar de A a Z e não é isso que acontece só ver as abas , a maioria são exclusivos , e aí da pagam taxas muito menores, então isso não é parceria , fizemos um contrato cumprimos nossas obrigações, e cadê a parte do ifood? Tipo compro um serviço e recebo outro.

    1. Oi, Helder. Sentimos muito por isso e já estamos trabalhando em melhorias nesse sentido. Obrigado pelo comentário e conta com a gente! <3

    1. Seu comentário nos deixa muito felizes! ? Estamos aqui pra ajudar a impulsionar o seu negócio! ❤️

    1. Oi, Marivalda! Mudanças são sempre necessárias, né? Pra gente conseguir te ajudar melhor, entre em contato pela aba “Chamados e ajuda” no Portal do Parceiro, combinado? 😉

  2. Acho super cara a entrega fácil ex: pelo Ifood quando o cliente pede direto é em média 3 reais mais barato do que quando nós solicitamos no msm endereço acho que as taxa são são muito alta de tudo somando tudo chega a quase 30% do bruto acho que poderia melhorar para conseguimos trabalhar com um preço melhor

    1. Obrigado pelo feedback, Aline! Pode deixar que vamos pensar sobre isso, tá bem? Conta com a gente. <3

    1. Sentimos muito que sua experiência esteja sendo assim, Alessandra. Entra em contato com a gente pela aba “Chamados e ajuda” que vemos se conseguimos te ajudar de alguma forma por aqui, combinado? <3

  3. Quero é meu dinheiro que o cantroto é 7 dias para o repasse, NUNCA tive repasses, já tentei de todas as formas e não resolvem o problema. Terei que ir por outros meios pra receber o suor do meu trabalho. iFood não valoriza seus “parceiros”.

    1. Oi, Edinael! Por se tratar de um assunto financeiro, pedimos que entre em contato com a gente pela aba “Chamados e ajuda” no Portal do Parceiro, pois assim conseguiremos dar a melhor orientação.

  4. Por este motivo não acesso a entrega fácil tenho visto muito reclamação demora nas entregas e de tudo um pouco sou de palhoça SC mas gosto de trabalhar com ifoo grato boa tarde

    1. Eliane, que tal começar colocando as dicas do post em prática? Depois conta pra gente se deu certo, tá? <3

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

21/06/2024

Dia das Crianças: o que vender nessa data?

20/06/2024

Marketing para restaurantes: especialista mostra como começar

19/06/2024

Como funciona o Imposto de Renda MEI?

 

Ingressos disponíveis!

Garanta sua presença no evento que vai mover o mercado de Food Delivery