Prato feito: 12 ideias para um bom PF!

Quais são alguns bons exemplos de prato feito para servir em seu estabelecimento? Confira neste artigo as melhores combinações do PF!

Às vezes, o que os clientes realmente querem é uma refeição completa e robusta, com um equilíbrio entre carboidratos, proteínas e salada. Por isso, não é difícil encontrar, na hora do almoço e do jantar, pessoas devorando o famoso prato feito em restaurantes e bares do país.

Sem tempo para ler? Clique no play abaixo para ouvir esse conteúdo.

O PF, como também é conhecido, costuma obedecer a uma fórmula bem simples: carboidratos, proteínas e salada. Como essas classes de alimentos têm muitos exemplares, é possível oferecer pratos tradicionais, mas também desenvolver combinações criativas.

Continue a leitura e saiba mais sobre o prato feito. Aproveite e confira alguns exemplos deliciosos para incluir no seu cardápio!

Alguns fatos sobre o prato feito

A trajetória do popular prato feito se confunde com a própria história dos trabalhadores brasileiros. Com a migração cada vez maior das pessoas do campo para as cidades, era necessário desenvolver comidas que fossem rápidas de fazer e ainda proporcionassem energia suficiente para todos.

Não à toa, encontrar alguém comendo um PF no horário de almoço de segunda a sexta-feira é bem comum. Mas vale ressaltar que isso não significa que ele não possa ser oferecido aos fins de semana — essas combinações podem ser atrativas em qualquer dia.

O prato feito, também conhecido como “executivo”, pode estar até no cardápio do delivery. A versão tradicional tem arroz, feijão, uma fonte de proteína e uma salada. Contudo, muitos estabelecimentos passaram a oferecer variações da fórmula para inovar.

O prato feito é uma tradição brasileira, e é possível encontrar diferentes versões da refeição em diferentes estados, de acordo com as peculiaridades regionais.

Dicas para montar um bom PF

O mais interessante no prato feito é que é perfeitamente possível criar versões saborosas e ao mesmo tempo balanceadas, com os diversos elementos necessários para o bom funcionamento do organismo.

Um prato feito equilibrado deve conter os seguintes ingredientes em sua preparação:

  • gorduras, como o óleo para preparo dos alimentos e o azeite na salada;
  • vitaminas, fibras e minerais, advindos de alimentos como hortaliças cruas e cozidas, frutas, lentilha e ervilha;
  • carboidratos, de alimentos como arroz (do branco ao integral), batata (doce ou inglesa), mandioca e macarrão (branco ou integral);
  • proteínas, como as contidas na carne magra, frango, ovos (mexidos, cozidos ou omelete) ou peixe;
  • salada, que possibilita diversas combinações, envolvendo alface, espinafre, brócolis, beterraba, tomate, cenoura, chuchu, berinjela, abobrinha, rúcula e muitas outras opções.

Não é preciso incluir todas essas variações, mas uma refeição robusta costuma levar carboidratos, proteínas e saladas. Também é importante ter em mente que o prato feito deve ter aquele teor de comida caseira feita com carinho e dedicação, então evite temperos prontos.

Prefira óleos vegetais, como o azeite de oliva, para deixar a salada mais apetitosa. Mas tome cuidado com a quantidade, uma vez que os óleos costumam ser muito calóricos.

Exemplos de prato feito para inspirar

Agora, confira alguns dos principais pratos servidos pelo país e também algumas ideias diferentes para quem quer surpreender sua clientela.

1. Arroz, feijão, salada de alface com tomate, batata e carne

Um PF clássico, encontrado de norte a sul do país. A batata pode ser frita ou cozida. Além disso, legumes e verduras podem servir de complemento, como alface, couve ou tomate.

2. Feijão tropeiro

O feijão tropeiro é um dos pratos preferidos dos brasileiros e uma escolha certeira para o prato feito. Uma boa ideia para se destacar é não negligenciar o torresmo e a linguiça, uma vez que um prato que tenha muito feijão e pouco dos outros ingredientes pode não ser tão interessante.

3. Filé de frango à parmegiana

Além de saborosa, essa receita permite que você use o molho excedente para incrementar outros pratos, como uma macarronada. Desse modo, você oferece algo gostoso para os clientes e econômico para o estabelecimento.

4. Estrogonofe de frango

Peito de frango, molho de tomate, creme de leite, sal e alho. Você não precisa de muito mais do que isso para preparar esse prato estrangeiro com ampla aceitação no Brasil. Além disso, o preparo é rápido, o que faz com que essa seja uma boa opção para um item fixo do seu cardápio.

5. Macarrão à bolonhesa

Para fugir um pouco da fórmula “arroz, feijão e carne”, o macarrão à bolonhesa é uma boa pedida. Contudo, tome cuidado se for acrescentar outro item, como as azeitonas — elas não são apreciadas por todo mundo.

6. Peixe com fritas

Esse prato é muito comum no Reino Unido, onde é chamado de fish and chips. Por ter ingredientes que são populares no Brasil, é uma opção interessante para quem quer variar o cardápio dos pratos feitos. Só não deixe de acrescentar uma salada para balancear o prato em relação à fritura.

7. Feijoada

A feijoada dispensa apresentações por ser um prato clássico no país inteiro. Pode ser um item fixo do cardápio com dias pré-estabelecidos para servir e aproveitar para fidelizar a clientela. Em alguns estados brasileiros os estabelecimentos servem feijoada às quartas-feiras e aos sábados.

Capriche no feijão-preto, nos pedaços de carne de porco e na linguiça calabresa. Outros complementos interessantes são a couve-manteiga, farofa, molho de pimenta, bisteca e laranja.

8. Peito de frango com salada

O peito de frango, além de ser uma comida saborosa, é uma opção de proteína mais barata que a carne bovina. Nesse sentido, é uma ótima alternativa para quem não quer depender exclusivamente dos bifes bovinos — e encarecer o preço do prato feito.

Uma dica de receita é o peito de frango com salada e lentilhas. Essa combinação é versátil e desperta o interesse de muitas pessoas, desde aquelas que buscam uma alimentação mais saudável até aquelas que simplesmente apreciam frango em suas versões.

9. Bife de pernil, arroz, feijão e legumes

Esta é mais uma variação interessante em relação aos pratos com carne bovina. Os legumes e verduras podem compensar a presença da carne, tornando o prato mais balanceado e saudável.

10. Vaca atolada

A vaca atolada é um prato acessível em qualquer parte do país, uma vez que conta com ingredientes simples, como carne (geralmente, costela) e mandioca. Também pode acompanhar arroz e salada, caso o estabelecimento queira dar uma cara mais tradicional ao prato.

11. Escondidinho vegano de batata

Não se esqueça do público que não consome ingredientes de origem animal! A versatilidade das combinações de um prato feito faz com que existam opções para todos. O escondidinho vegano leva batata, quinoa, e queijo vegano, assim como salada à parte. Mesmo sem carne, a dose de carboidratos e proteína estará bem servida.

12. Arroz, batata, carne de soja e tomate

Essa é uma boa versão de um prato feito tradicional para agradar quem não come carne. Esse prato feito vegetariano conta com uma substituição da carne bovina pelo hambúrguer de soja. A batata pode ser frita ou cozida, e também é uma boa incluir feijão (desde que preparado sem qualquer tipo de carne).

Seja qual for a versão escolhida, o prato feito é uma refeição completa e balanceada que faz a diferença na rotina de muitos trabalhadores brasileiros. Pela facilidade de oferecer opções mais tradicionais ou criar pratos, é uma ótima opção para vários tipos de food service — tanto no atendimento presencial como no delivery.

Aproveite a visita e descubra como construir um bom cardápio digital!

Por iFood

Por iFood

3 respostas

  1. Essa matéria foi muito importante p mim,conseguiu esclarecer muitas dúvidas de como montar um PF,conseguiu clarear mais as ideias que já possuía

    1. Estou pensando abrir um bistrô e estou lendo algumas matérias.Gostei dessa com as ideias de um bom prato executivo.Bem explicado e pratos simples.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

21/05/2024

Melhoria contínua: o que é, objetivo e como aplicar

20/05/2024

Confira como foi o Fórum de Restaurantes de Maio

20/05/2024

Embalagem para marmita: 6 melhores opções