Gestão de estoque no varejo: como potencializar lucros

Saiba como reduzir perdas e potencializar lucros como uma gestão de estoque de qualidade, além de aproveitar as ferramentas iFood!
7 Min
Saiba como reduzir perdas e potencializar lucros como uma gestão de estoque de qualidade, além de aproveitar as ferramentas iFood!

A gestão de estoque é uma das áreas mais críticas e estratégicas para o sucesso de um negócio no varejo. Uma boa administração pode ser a chave para garantir a satisfação dos clientes e potencializar os lucros. 

Por outro lado, uma gestão inadequada pode levar a perdas financeiras, excesso de estoque, produtos obsoletos e insatisfação dos clientes. Por isso, é importante saber o caminho adequado para um negócio bem sucedido.

Continue a leitura e aprenda como fazer uma gestão de estoque com qualidade!

Por que fazer a gestão de estoque no varejo?

Uma boa gestão de estoque é responsável por equilibrar as compras, armazenagem e entrega de produtos, controlando as entradas e o consumo desses insumos

Confira algumas informações relevantes sobre uma gestão de estoque eficiente no mercado varejista!

Estatísticas mostrando os prejuízos da falta de gestão

De acordo com dados da pesquisa realizada pelo Sebrae, pelo menos 34% das empresas de varejo apontam uma gestão de estoque eficiente como fator fundamental para a sobrevivência de um estabelecimento.

Essa gestão garante o monitoramento de mercadorias, evitando prejuízos devido a falta, perda ou excesso de insumos estocados.

Primeiros passos para uma gestão eficiente

Em primeiro lugar, é importante organizar fisicamente o estoque, designando áreas específicas e utilizando prateleiras adequadas para cada categoria de produto. 

Também é crucial adotar um sistema de controle e registro de entradas e saídas, garantindo a precisão dos dados e a visibilidade do estoque atual. 

Além disso, realizar inventários regulares e estabelecer padrões de reabastecimento com base na demanda média e tempo de reposição dos fornecedores são práticas fundamentais para otimizar o estoque e potencializar os lucros do negócio. 

Como fazer uma gestão de estoque com qualidade?

Veja algumas dicas valiosas para conseguir fazer uma gestão de estoque eficiente no seu empreendimento!

Prevenção de perdas

A falta de medidas adequadas de prevenção pode levar a perdas significativas e impactar negativamente os lucros do negócio. 

Portanto, se você é dono de um supermercado ou estabelecimento alimentício, por exemplo, é importante conhecer algumas práticas importantes de prevenção de perdas:

  • treinamento dos funcionários: forneça treinamento adequado para que os colaboradores estejam cientes dos procedimentos de segurança, como identificação e relato de atividades suspeitas, e sejam capazes de aplicar técnicas de prevenção de perdas no seu dia a dia de trabalho – Confira os treinamento no Decola e no Youtube;
  • segurança no armazenamento: invista em medidas de segurança para proteger o estoque contra roubos e furtos. Isso pode incluir a instalação de sistemas de vigilância, como câmeras e alarmes de segurança;
  • políticas claras de devolução e troca: estabeleça procedimentos bem definidos para lidar com devoluções e trocas. É possível garantir que os produtos inadequados sejam devidamente tratados, evitando a venda de produtos danificados ou fora das especificações;
  • monitoramento regular e análise de dados: faça o monitoramento do estoque e análise de dados para identificar padrões e tendências de perdas. Isso pode ser feito por meio de relatórios de inventário, registros de saída e retorno de produtos, e análise de vendas e quebras de estoque.

Otimização de espaço e capital

A estratégia de otimização de espaço também está relacionada à organização e categorização dos produtos. Ao classificar os itens de acordo com suas características e demanda, é possível facilitar a localização e o acesso aos produtos, reduzindo o tempo de busca e minimizando erros. 

Além disso, a adoção de práticas como o Just-in-Time (JIT) e o reabastecimento frequente contribuem para a otimização do capital investido no estoque. Essas estratégias visam receber e repor os produtos apenas quando necessário, evitando o excesso de estoque e liberando capital que seria imobilizado.

Planejamento de compras e negociações com fornecedores

Um bom planejamento de compras deve analisar as demandas passadas e atuais, bem como as tendências de mercado

Com base nessa análise, é possível estabelecer previsões mais precisas sobre a demanda futura e planejar as compras atendendo às necessidades do negócio sem excessos ou escassez de produtos.

Ao negociar com os fornecedores, é essencial buscar melhores condições, como preços mais competitivos, prazos de pagamento favoráveis e descontos por volume. 

Ter uma relação de parceria com os fornecedores pode permitir vantagens exclusivas, como acesso a lançamentos de produtos, exclusividade de distribuição ou acordos especiais.

Controle de validade e qualidade

Faça a implementação de sistemas de rotação de estoque, onde os produtos mais antigos são colocados à frente dos mais recentes, garantindo que os itens com prazo de validade mais curto sejam vendidos primeiro. 

O controle de qualidade também é essencial para evitar a comercialização de produtos danificados ou vencidos. 

Nesse caso, o ideal é adotar medidas de higiene e segurança alimentar. Isso pode incluir inspeções periódicas para verificar a integridade das embalagens, a presença de sinais de contaminação ou o cumprimento das normas sanitárias.

Uso de ferramentas para o online

Por fim, uma boa gestão de estoque de loja deve contar com ferramentas como o novo App Separador iFood. Esta ferramenta traz mais agilidade e eficiência operacional para a sua equipe na jornada de um pedido. Entre as suas funcionalidades, estão:

  • Ruptura Parcial: para casos em que sua loja não tenha todas as unidades que o cliente solicitou do item, pode ser utilizado a Ruptura parcial;
  • Agrupamento de pedidos para a mesma pessoa entregadora: utilize o App Separador iFood sobre a nova visão de agrupamento dos pedidos na expedição, para a mesma pessoa entregadora;
  • Pausa na separação: a pessoa separadora poderá pausar a separação de pedidos agendados para que outra pessoa continue. A pausa pode ser feita até 30 minutos antes da entrega;
  • Multi separação: permite que um mesmo pedido possa ser acessado por mais de uma pessoa separadora;
  • Tempo de separação por tipo de pedido: tempo de resposta do cliente de até 20min para pedidos agendados e 10min para os demais pedidos, enviamos uma mensagem no WhatsApp do cliente para garantir a resposta;
  • Incluir produto com EAN diferente: possibilidade de informar se o código ou embalagem de um produto mudou;
  • Código de Retirada: trata-se da confirmação da retirada do pedido, por meio da digitação de um código enviado ao cliente, via aplicativo iFood. Além de assegurar que o pedido foi “recebido” pelo cliente, é uma maneira de trazer mais segurança e de garantir a qualidade do pedido.

A gestão de estoque tem um papel fundamental na maximização dos lucros. Ao implementar essas práticas, você estará mais bem preparado para atender às necessidades dos clientes, reduzir custos e potencializar os lucros de seu negócio.

.Aproveite e conheça as principais estatísticas de vendas de loja delivery em 2022!

Por iFood Mercado

Por iFood Mercado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

23/05/2024

Cultura data-driven: transforme dados em decisões estratégicas!

22/05/2024

Gestão de restaurante: passo a passo para alcançar o sucesso

21/05/2024

Melhoria contínua: o que é, objetivo e como aplicar