Delivery de comida chinesa é um bom negócio para 2022?

O mercado de comida chinesa é um dos queridinhos dos brasileiros. Conheças o panorama atual e como fazer para alcançar o sucesso.

Investir no ramo de alimentação pode ser uma boa opção para quem pensa em ter o próprio negócio. Nesse sentido, apostar em um delivery de comida chinesa está entre as alternativas mais promissoras. Porém, é preciso entender como anda o mercado para alcançar o sucesso do empreendimento.

O segmento de comida chinesa, apesar de promissor, tem particularidades que devem ser observada. Do tempero utilizado à estratégia de divulgação adotada, tudo deve ser feito com cuidado e empenho.

Para ajudar, vamos mostrar o panorama do mercado delivery de comida chinesa para 2022, além das vantagens e desvantagens a considerar e dicas para montar o seu negócio. Confira!

Panorama do mercado de comida chinesa

O setor de alimentos é rentável no geral e oferece boas oportunidades para investimento. Afinal, segundo dados do IBGE, o brasileiro costuma gastar cerca de 30% da sua renda com alimentação fora de casa. 

E falando de comida chinesa, pode-se dizer que esse mercado é um dos preferidos por aqui. Um exemplo é o caso do China in Box, que hoje conta com mais de 150 mil unidades espalhadas no Brasil.

Outra evidência de que delivery de comida chinesa é um negócio lucrativo vem do faturamento mensal nesse segmento, com a média de R$ 15 mil em uma cidade de pequeno ou médio porte. É ou não é um verdadeiro “negócio da China”?

Vale ressaltar que a pandemia trouxe um aumento significativo para o setor, principalmente pela vantagem de consumir pratos típicos da culinária oriental com preços acessíveis e sem sair de casa. Isso trouxe novos clientes para o mercado, já que muitas pessoas que não usavam o serviço de entrega de comida passaram a adotar esse hábito.

Vantagens e desvantagens de investir nesse mercado

Depois de entender sobre o panorama do mercado, vale a pena conhecer algumas das vantagens e também desvantagens do setor. Vamos lá?

Alta aceitação por comida oriental

Nem é preciso discutir o fato de que os brasileiros são apaixonados por comida oriental. Além da chinesa, outros sabores que conquistaram de vez o paladar por aqui foram a comida japonesa, tailandesa e a coreana.

O motivo para essa preferência se deve, principalmente, à característica marcante dos pratos. Por esse motivo, não tem erro: a aceitação em todo o país faz com que a comida chinesa esteja na mente das pessoas na hora de escolher uma opção de delivery.

Clientes fiéis

Outra vantagem fica por conta da fidelização da clientela. Ou seja, se você agradar o paladar dos consumidores, oferecer um bom atendimento e realizar uma entrega eficaz, é muito provável que eles se mantenham fiéis ao seu estabelecimento ao pedir comida por aplicativo.

Baixa concorrência

Apesar de fazer sucesso por aqui, o ramo de comida chinesa é bem específico e não conta com um grande volume de concorrentes — como os restaurantes de comida brasileira, pizzarias, hamburguerias etc. Com essa baixa concorrência, fica mais fácil conquistar e manter uma clientela fiel, sendo essa uma grande vantagem de atuar nesse segmento.

Desafios no gerenciamento

Fazer a gestão de um restaurante não é uma tarefa considerada fácil. Entre os desafios de ter um delivery de comida chinesa estão: contratar cozinheiro e equipe capazes de preparar pratos de qualidade, contar com bons fornecedores para oferecer os produtos que você precisa e fazer a divulgação do restaurante.

[rock-convert-cta id=”2541″]

Dicas de como montar um delivery de comida chinesa

Como citamos, dificuldades podem surgir na hora de montar um restaurante. Mas existem boas práticas que podem ser adotadas por quem quer investir no segmento de comida chinesa. Confira!

Conheça a culinária chinesa

Mesmo não sendo responsável pelo cardápio do restaurante, entender tudo sobre a culinária chinesa é fundamental para quem planeja abrir um delivery. Para isso ser possível, você pode visitar outros restaurantes, acompanhar Chefs renomados e até mesmo pesquisar em canais do YouTube, por exemplo.

Oferecer uma comida saborosa será o ponto essencial para o sucesso do negócio e, por isso, é importante buscar capacitação por meio de cursos na área. Invista na sua formação contínua enquanto gestor, além de preservar o desenvolvimento e atualização dos demais membros da sua equipe.

Escolha o local certo

Uma das vantagens de vender por aplicativos de delivery é que seu restaurante não precisa, necessariamente, estar localizado em espaços com grande tráfego de pessoas, como avenidas movimentadas ou shoppings. Porém, garanta que seu restaurante esteja em uma região comercial ou residencial para alcançar o público da redondeza.

Em relação ao espaço, ele deve comportar uma cozinha confortável e funcional, além do estoque, a expedição e um balcão, no caso de também oferecer opção de retirada do pedido no local.

Construa uma identidade visual

Quando os clientes buscam comida oriental, desejam sentir como se estivessem do outro lado do mundo. Por isso, é importante desenvolver uma identidade visual que faça referência à cultura chinesa, o que envolve desde a marca, embalagens, imagens dos pratos e ambiente do restaurante.

Invista em ações de marketing

A etapa de construção da marca é muito importante para chamar a atenção do cliente e fidelizá-lo. Para isso, invista em estratégias de marketing criando canais de divulgação como as redes sociais, programas de fidelização, cupom de desconto, parceria com influencers ou micro-influencers e ofertas de combo.

O ideal é expor sua marca para o máximo de possíveis clientes que você conseguir: aplicativos de entrega estão entre as melhores opções para a divulgação, garantindo mais alcance da marca já que são uma grande vitrine de opções. Além de aplicativos de entrega, você pode trabalhar com um cardápio digital para enviar diretamente à sua audiência nas redes sociais.

Tenha uma equipe de qualidade

Contar com uma equipe de qualidade é crucial para o negócio, especialmente em relação ao preparo dos pratos. Por isso, se você não tem o conhecimento necessário para assumir o preparo da comida, busque um cozinheiro com habilidade e treinamento para dar conta do recado.

Ofereça o serviço de entrega por aplicativo

Pedir comida por aplicativo é mais rápido e fácil, sendo por isso um meio cada vez mais utilizado pelas pessoas. Não é à toa que a maioria dos estabelecimentos conta com esse tipo de serviço.

Afinal, enquanto seu cliente está navegando na internet, se sentir fome, bastam alguns toques na tela e aguardar o pedido chegar em casa. Deixar de aderir às entregas por aplicativo vai fazer o seu negócio perder espaço para a concorrência.

Oportunidades para investir

São várias as formas possíveis de investir em delivery de comida chinesa. Além de oferecer essa opção em um restaurante, é possível apostar no modelo dark kitchen, ou seja, um estabelecimento que trabalha exclusivamente com o serviço de entrega de comida e todo o processo do pedido é feito online, sem a possibilidade de consumo no local.

A principal vantagem, nesse caso, é o investimento menor, já que não é preciso de espaço para mesas e a necessidade de uma equipe de atendimento ao público. Além disso, um grupo de diferentes restaurantes pode atuar em uma cozinha compartilhada.

Você também pode investir em uma franquia, que vem com um modelo de negócio pronto. Outros dos maiores benefícios são a clientela já formada, marketing e o auxílio da franqueadora para implementar e direcionar o empreendimento.

Gostou de saber mais sobre o delivery de comida chinesa? Então, aproveite e confira como funciona um serviço de entrega em nosso guia completo de delivery.

Por iFood

Por iFood

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

23/05/2024

Cultura data-driven: transforme dados em decisões estratégicas!

22/05/2024

Gestão de restaurante: passo a passo para alcançar o sucesso

21/05/2024

Melhoria contínua: o que é, objetivo e como aplicar