Controle de ponto: entenda o objetivo e a importância!

Você sabe o que é controle de ponto? Leia este post agora mesmo e entenda o objetivo e a importância desta ferramenta no gerenciamento da sua equipe!

O controle de ponto é uma forma de registrar os dados sobre a jornada de trabalho dos profissionais. Essas informações interferem diretamente na folha de pagamento da empresa, como é o caso dos atrasos, horas extras, faltas e férias, e auxiliam no cumprimento das leis trabalhistas.

Por muito tempo, esse processo foi realizado de forma manual, o que causava grande volume de trabalho operacional. Atualmente, com a ajuda da tecnologia avançada, é possível automatizar o controle de ponto, além de torná-lo mais efetivo.

Continue a leitura deste post e aprenda qual é a importância do controle de ponto nas empresas, os principais tipos e como implementar no seu estabelecimento!

O que é controle de ponto?

Basicamente, controle de ponto é o registro da jornada de trabalho dos funcionários de uma empresa. Ou seja, o controle de ponto é a maneira de catalogar todos os horários que integram um dia de trabalho (normalmente a entrada, intervalo para o almoço, volta do intervalo e saída).

Ter um controle de ponto garante o funcionamento eficiente dos estabelecimentos, inclusive aqueles do setor alimentício, além de ser uma forma de organização.

Qual o objetivo do controle de ponto?

O controle de ponto passou a ser usado após o surgimento da CLT (Consolidação das Leis de Trabalho), a partir de quando passou a ser obrigatório registrar o cumprimento correto da jornada do trabalhador.

Quanto maior a empresa, mais difícil fica manter esses registros. Basta imaginar um estabelecimento alimentício com 60 funcionários, contando aqueles da cozinha, do salão, a equipe de limpeza, a administrativa, entre outras, cada uma com seus dias e turnos de trabalho diferentes.

A evolução das tecnologias permitiu o controle de ponto de variadas formas, com softwares e sistemas voltados para facilitar o registro e organização dos dados do ponto.

Qual a importância do controle de ponto?

Além de o estabelecimento conseguir acompanhar a jornada de trabalho dos profissionais, existem outros motivos essenciais para o seu negócio utilizar o controle de ponto.

Evita processos trabalhistas

Ter um controle eficiente das jornadas dos colaboradores é uma maneira de seguir a legislação trabalhista. O estabelecimento fica respaldado juridicamente com as anotações de frequência, tendo a possibilidade de provar, no caso de sofrer alguma acusação trabalhista futuramente.

Gestão de ponto

Um controle de ponto correto impacta até na gestão empresarial, pois, visualizando todas as faltas, atrasos e horas extras, o estabelecimento tem dados valiosos para analisar diferentes aspectos relativos às jornadas de trabalho.

Com esses dados, um negócio alimentício pode fazer ou repensar o planejamento estratégico. Dá para tentar investigar o motivo de faltas, se estiver havendo muitas, ou considerar mudanças nos horários ou dias de trabalho de cada equipe. Tudo isso pode melhorar o desempenho da empresa.

Redução de custos e erros operacionais

O controle de ponto diminui consideravelmente os erros na folha de pagamento, além impedir pagamentos indevidos.

Quais os tipos de controle de ponto?

O controle de ponto pode ser feito de maneiras bem simples e baratas até modos mais complexos, usando tecnologias mais recentes.

Veja os tipos de controle de pontos existentes no mercado atualmente:

Manual

O controle manual é um catálogo ou caderno em que os colaboradores registram seus horários de entrada, descanso e saída. Apesar de seguir as determinações da lei, é um dos meios menos seguros existentes para controle de jornada.

Isso se dá devido ao fato de ser muito fácil fraudar uma folha de ponto escrita. Além disso, o controle manual está sujeito a erros operacionais na conferência de dados.

Eletrônico

O registrador eletrônico é aquele aparelho que fica na parede dos estabelecimentos, para os profissionais registrarem o ponto. Ele veio com o objetivo de ser mais seguro e prático que o controle manual.

O equipamento tem três tipos de registro: biometria, cartão e senha. Porém, para a coleta de informações registradas, é necessário o uso de um complemento, mais conhecido como Sistema de Registro de Ponto.

Mecânico

O ponto mecânico foi a primeira invenção do controle de ponto. Ele funciona por meio de um cartão, que o colaborador insere na máquina e carimba os horários. Ele tem as mesmas desvantagens do ponto manual, por não ser tão prático e seguro. Além disso, as informações precisam ser transferidas para outro lugar no fim do mês, o que pode causar erros operacionais.

Online

O controle de ponto alternativo ou online é a revolução do registro de ponto. Nesse caso, não se trata de um relógio de ponto físico, mas, sim, de um software que funciona de maneira online, sem a necessidade de um aparelho específico.

A grande vantagem nesse tipo de controle de ponto é a variedade de plataformas para o registro, como tablet, computador e celular.

Como ajudar a sua equipe a se adaptar?

Há diversas maneiras de se implementar o registro de ponto em um estabelecimento alimentício. A ação de bater ponto é simples e fácil de ser realizada.

Contudo, para que o processo ocorra bem, é importante ajudar a equipe a entender o funcionamento e o objetivo da ferramenta. Conheça a seguir algumas dicas.

Avise com antecedência

Aderir a uma mudança não é sempre fácil, ainda mais sendo feita de uma hora para outra. Por isso, assim que seu estabelecimento confirmar a adesão de uma tecnologia de controle de ponto, a primeira coisa a se fazer é avisar os colaboradores com antecedência.

Ofereça treinamento

Assim que o sistema for devidamente instalado, é fundamental garantir que toda a equipe saiba como utilizá-lo corretamente por meio de um bom treinamento.

Portanto, reúna os funcionários e explique detalhadamente como a ferramenta funciona e como aproveitar os benefícios que essa tecnologia oferece da melhor forma possível.

Dê preferência para a tecnologia

Entre todos os tipos de controle de ponto, o online é o mais seguro e completo. Afinal, a ferramenta é a única que permite o acompanhamento e o gerenciamento da jornada dos colaboradores em tempo real.

Isso garante a segurança das informações armazenadas em nuvem, além de reduzir o número de faltas no estabelecimento.

Agora que você já sabe tudo sobre controle de ponto, aproveite e descubra como construir um cardápio digital e encantar seus clientes!

Por iFood

Por iFood

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

17/05/2024

Desvendando o ciclo do pedido: etapas, como medir e desafios

16/05/2024

À la carte: o que é, como funciona e dicas essenciais

15/05/2024

Negócios lucrativos: quais são e como garantir sucesso?

 

Ingressos disponíveis!

Garanta sua presença no evento que vai mover o mercado de Food Delivery