Vale a pena oferecer entrega grátis? Especialista explica

Para trabalhar com entrega grátis é importante levar em consideração vários fatores. O especialista André Lopes explica melhor neste post. Confira!

A taxa de entrega de um delivery pode ser um dos fatores decisivos para um cliente. Um estudo aponta que 63% dos consumidores entrevistados já desistiram de comprar um produto por conta do valor cobrado na entrega. Por isso, para gestores de comércios alimentícios que trabalham com o delivery, a estratégia da entrega grátis é algo a se considerar. Contudo, para colocá-la em prática, é preciso pensar em uma série de fatores, como a precificação e a margem de lucro.

Sem tempo para ler? Clique no play abaixo para ouvir esse conteúdo.

Sou o André Lopes, especialista em delivery e Expert iFood, com um restaurante que vende mais de 10.000 pedidos por mês. Estou no mercado desde 2018. Em menos de um ano, construí um delivery que se tornou o maior do meu nicho em uma cidade com mais de 700.000 habitantes. Em minhas redes sociais, mostro o caminho para criar um delivery de sucesso e valorizar sua marca.

Continue a leitura e entenda se realmente vale pena oferecer a entrega grátis!

Por que fazer uma boa precificação?

A entrega grátis é um atrativo para os clientes, que podem se sentir mais estimulados a comprar algo se puderem economizar com a taxa de entrega.

O primeiro passo para pensar em uma estratégia de entrega grátis, que gere lucro e visibilidade para o negócio, é a precificação dessa entrega grátis. Afinal, o objetivo é atrair o cliente com uma condição especial, mas de uma forma que o negócio consiga absorver o custo — isto é, proporcionar um delivery gratuito, mas de uma forma que isso ainda dê uma boa margem de lucro para o empreendimento.

“Há algumas formas de definir o valor da entrega: por quilômetro de distância, por taxa fixa do entregador ou por um misto de critérios”. Cada região e cada segmento de alimentação tem suas particularidades, mas é preciso encontrar uma média que atenda bem às necessidades do empreendedor e do cliente.

Caso você escolha precificar de acordo com a taxa fixa de cada entregador, por exemplo, você desembolsa um valor que independe do número de entregas feitas.

Outra dica é pegar a quantia mensal gasta em relação às entregas e dividi-la pelo número de pedidos entregues. Com esse valor em mãos, você terá uma boa média para começar a pensar em formas de diluir os custos da entrega grátis.

Vale a pena oferecer entrega grátis?

Os principais benefícios da entrega grátis no delivery têm a ver com a aquisição dos clientes. Se você planeja colocar entrega grátis no iFood, é importante entender que grande parte das promoções envolve a isenção dessa taxa de entrega.

O público brasileiro ainda é muito sensível aos preços. Então, ao oferecer entrega grátis, você tem mais facilidade para conquistar um público maior. Além disso, todo mundo gosta da sensação de ter um benefício quando compra algo.

Isso até explica por que existem memes e imagens na internet mostrando que muitas vezes o cliente prefere pagar R$ 25 com entrega grátis do que R$ 20 pelo produto mais R$ 5 de entrega.

Descontos que cativam os consumidores

Há estratégias para garantir bons descontos aos consumidores, independentemente do preço do seu produto. Caso o seu negócio costume trabalhar com um ticket médio alto, ficará mais fácil implementar uma estratégia de entrega grátis e garantir descontos que cativam os consumidores. “Só é preciso ter cuidado para não sacrificar o seu negócio, com ofertas que saiam de uma margem razoável”.

Quando você tem vendas de menor valor, pode ser mais complexo oferecer a entrega grátis. Mas, ao mesmo tempo, a percepção do benefício é maior, já que cobrar pela entrega aumentaria muito o preço final. “Uma coisa é pagar 100 Reais em um produto mais 10 Reais de entrega, outra é cobrar os mesmos 10 por uma mercadoria de 20.

Por isso, para encantar seus clientes, o desafio está em conseguir oferecer entrega grátis mesmo para os pedidos com preço mais baixo — “até porque, em tickets maiores, a diferença não é tão grande para o empreendedor.

Como implementar promoções de entrega grátis?

Oferecer promoções aos clientes requer alguns cuidados, já que você precisa preservar sua lucratividade. Confira algumas dicas sobre o assunto!

Conheça bem seus custos

O ramo da alimentação envolve um conjunto variado de custos: insumos, salários, contas de luz e gás, entre outras despesas fixas e variáveis.

Assim, ter uma boa organização financeira é chave para manter uma operação com o menor custo possível, preservando a qualidade do serviço e da comida. Como os preços dos ingredientes e outros insumos são dinâmicos, essa análise precisa ser contínua.

Precifique corretamente o seu produto

Com uma relação precisa das suas despesas, você poderá entender quanto custa produzir cada item do seu cardápio, considerando o preço dos insumos e a parcela das despesas envolvidas. É o que chamamos de Custo da Mercadoria Vendida, ou CMV.

Após calcular o CMV, o próximo passo é definir os preços de venda, de forma que você consiga oferecer entrega grátis sem reduzir muito o seu lucro.

Considere os custos logísticos e de pagamento

Não se esqueça dos custos relacionados à logística e forma de pagamento. “Fora dos custos da taxa de entrega grátis em si, é preciso pensar nas despesas variáveis, como as próprias taxas e comissões do iFood“.

A taxa da maquininha de cartão e os impostos também entram nessa conta. “É preciso tomar todos esses cuidados para ter uma precificação exata para absorver esses gastos e oferecer a entrega grátis”.

Como oferecer entrega gratuita?

Tudo pronto para trabalhar com entrega grátis? Para terminar, vou ajudar com algumas dicas para elaborar uma estratégia eficiente!

Selecione os produtos mais rentáveis

Como manter uma boa margem de lucro oferecendo entrega grátis é um desafio, uma primeira ação estratégica é selecionar os itens que são mais rentáveis e destacá-los no seu cardápio.

Pense nessa seleção de produtos na hora de analisar como colocar entrega grátis no iFood.

Faça promoções rotativas

Já pensou em variar suas promoções com entrega grátis, oferecendo itens diferentes com esse benefício a cada dia ou semana? Além de mostrar que seu cardápio é extenso, você tem mais liberdade para definir o que entra na taxa de entrega grátis.

E outra: os clientes são incentivados a pedir pratos diferentes e explorar tudo o que você tem de bom! O resultado? Consumidores mais felizes e um potencial maior de fidelização.

Acompanhe seus resultados

Que o cliente gosta de ter entrega grátis, não há dúvida! Mas será que essa realmente é uma estratégia vantajosa para a realidade do seu negócio? Para descobrir, é preciso analisar os números.

“A melhor forma de avaliar o sucesso da estratégia é a visualização dos resultados financeiros”. Mais vendas, um faturamento atrativo e uma margem de lucro dentro dos parâmetros são os critérios que definem a efetividade da estratégia de entrega grátis.

Em termos de rentabilidade, é importante mensurar quanto foi investido e como esses gastos foram absorvidos. Caso a entrega grátis deixe de dar resultados positivos, é hora de repensar essa oferta!

Entendeu quais são os fatores envolvidos em uma promoção de entrega grátis? Com uma boa precificação, você vai conseguir encantar os seus clientes, que não precisarão desembolsar um valor a mais pela entrega no iFood, deixando sua marca no coração dos consumidores!

Aproveite a visita ao nosso site e cadastre o seu empreendimento no iFood hoje mesmo!

Por André Lopes

Por André Lopes

6 respostas

  1. Olá, Leonardo! Clique no botão Chamados e Ajuda > Atendimento > selecione o motivo do seu contato. Nosso time de suporte está à disposição para ajudar você!

    1. Oi, Amanda! Você poderia entrar em contato pela opção de atendimento no Portal do Parceiro? Basta clicar em “Chamados e ajuda” no menu lateral, depois em “Atendimento” no canto superior da tela. Assim, conseguiremos te auxiliar ainda mais. 🙂 Aguardamos sua mensagem.

  2. Como provo pro ifood que paguei minha compra que está agendada as 11hs para ser entregue fiz no Extra em Mongaguá.

    1. Oi, Jane. Tudo bem? Você consegue buscar auxílio no próprio app, na opção “Ajuda” ou pelo Instagram @ifoodbrasil 😉

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

20/06/2024

Marketing para restaurantes: especialista mostra como começar

19/06/2024

Como funciona o Imposto de Renda MEI?

18/06/2024

IRPJ: confira o guia completo sobre essa declaração

 

Ingressos disponíveis!

Garanta sua presença no evento que vai mover o mercado de Food Delivery