O que é um gastrobar e como funciona?

O que é um gastrobar e como surgiu o conceito? Quais são os diferenciais? Leia o post para entender tudo sobre o assunto.

Um gastrobar propõe a atmosfera e os preços acessíveis dos bares com a gastronomia de qualidade de um restaurante. Também conhecido como gastropub, esse tipo de empreendimento está cada vez mais comum no Brasil, após fazer muito sucesso em países como a Inglaterra.

No entanto, a administração de um gastrobar tem os seus próprios desafios: é necessário produzir comida única para diferenciar o empreendimento de um bar comum, mas também é necessário garantir uma atmosfera mais leve e aconchegante.

Continue a leitura para saber mais sobre o gastrobar e suas características!

O que é um gastrobar?

Gastrobar é um estabelecimento que mistura a gastronomia de qualidade de restaurantes tradicionais com drinks, bebidas e descontração dos bares.

Nesse sentido, ele costuma oferecer pedidos com uma maior variedade, com preparo e ingredientes especiais — que vão muito além de pratos mais tradicionais de “botecos” brasileiros, como porções de batata frita e bacon.

Como se não bastasse, a decoração de um gastrobar é acolhedora, justamente para que o cliente se sinta em um ambiente digno de ótimos restaurantes. É importante que esse empreendimento tenha uma boa iluminação, para deixar o espaço mais convidativo.

Uma inspiração para gastrobares de todo o mundo é o The Eagle, que fica em Farringdon Road, Clerkenwell, no norte de Londres. Inaugurado em 1991, sua proposta era oferecer comida de qualidade e com preços acessíveis, mas sem a necessidade de realizar reservas, como ocorre nos tradicionais restaurantes.

Os ingleses e turistas logo ficaram curiosos com a ideia dos fundadores David Eyre e Mike Belben. Após visitar o estabelecimento, o crítico gastronômico Charles Campion cunhou o termo gastropub, posteriormente adaptado para “gastrobar”, conforme a preferência brasileira.

Como funciona um gastrobar?

Na prática, um gastrobar pega as melhores características dos dois ambientes que o inspiram. Assim, combina-se a excelente gastronomia de um restaurante querido com um ar mais informal e bem-humorado, típico dos bares.

O gastrobar tem um funcionamento similar ao de restaurante, mas com algumas liberdades por ser um empreendimento que também é semelhante aos bares. Um exemplo é o horário de funcionamento: pode ser mais amplo, abrindo para o almoço.

Isso é o contrário dos bares, já que esses estabelecimentos costumam só abrir na parte da noite. Um gastrobar também é um excelente lugar para promover happy hours, atendendo a um público corporativo que deseja desfrutar de um momento descontraído depois do expediente.

O atendimento é mais leve, com uma característica similar ao dos bares. Mas, para tudo isso dar certo, é preciso ter um time de primeira na cozinha — ou o estabelecimento seria apenas “mais um bar”.

O que é necessário para abrir um gastrobar?

Agora é o momento de conhecer algumas etapas que não podem ser negligenciadas se você se interessa por esse modelo de negócio.

Pesquisa de mercado

O primeiro passo é conhecer bem o mercado. Isso é feito por meio do estudo dos diferenciais dos concorrentes, as preferências do público-alvo e as particularidades da região na qual você pretende atuar.

Estude a região para conhecer as principais lacunas. Visite bares e restaurantes da área e converse com as pessoas, registrando aquilo que elas gostariam de ter em um ambiente novo. Você pode descobrir que há uma carência de um estabelecimento com uma pegada mais rock ‘n’ roll, por exemplo, ou um empreendimento que ofereça boa comida regional.

Definição do plano de negócio

Depois, chega o momento de definir um plano de negócio. Basicamente, é um documento de gestão empresarial que descreve os passos para o planejamento de um novo empreendimento, atuando como um mapa dos caminhos que você percorre para chegar ao destino almejado.

Nele, é preciso registrar informações como:

  • o que será vendido no gastrobar;
  • qual é orçamento;
  • quanto será gasto em estrutura, maquinários e outros;
  • definição dos equipamentos utilizados;
  • qual é a perspectiva de lucro e retorno;
  • como será o estoque;
  • qual é o público-alvo;
  • qual será a estratégia de marketing;
  • como será o desenvolvimento da marca;
  • entre outras informações que você julgar relevantes.

Conceito do gastrobar

Você precisa definir como o seu estabelecimento se diferenciará dos concorrentes. Leve em conta sua pesquisa de mercado para criar a identidade do seu negócio e uma proposta de valor.  

Há diversos meios de se destacar: um cardápio especializado, uma temática específica, um estilo de decoração inovador — ou até a mistura de todos esses elementos.

Localização

A localização deve ser uma preocupação tanto de quem quer atender em um ponto físico como para quem se interessa pelo delivery. Escolha lugares facilmente acessíveis por carros de aplicativos e/ou transporte público, com estacionamento disponível e espaço para os entregadores aguardarem o preparo dos pedidos.

Legalização

Você precisará ter um CNPJ para abrir a sua empresa e de licenças e documentos para começar finalmente a atuar. Confira alguns que podem ser solicitados:

  • Alvará de funcionamento: É uma autorização emitida pela prefeitura local para que o estabelecimento possa operar.
  • Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB): Certifica que o local atende às normas de segurança contra incêndio.
  • Cadastro Municipal de Vigilância em Saúde (CMVS): Garante que o estabelecimento segue as normas sanitárias locais.
  • Cópia autenticada do RG e CPF: Documentos pessoais dos proprietários ou responsáveis pelo estabelecimento.
  • Cópia do Contrato de Locação ou Compra e Venda: Comprova a posse ou aluguel do imóvel onde o restaurante está localizado.
  • Folha espelho do IRPF: Documento relacionado ao Imposto de Renda da Pessoa Física.

Além destes, podem existir outros documentos específicos conforme a cidade ou estado em que o restaurante será aberto.

É sempre recomendado consultar um contador ou especialista local para garantir que todas as exigências sejam atendidas.

Decoração

Você já deve ter percebido que a decoração é um elemento essencial de todo gastrobar.

Por isso, pense na possibilidade de contratar um profissional de design de interiores para tornar o seu ambiente único e perfeito para o público-alvo, sendo acolhedor, aconchegante e bem-iluminado. Até mesmo o The Eagle, com o seu estilo vintage, é cheio de charme.

Cardápio

É simples: se você quer ter um gastrobar de sucesso, a comida precisa ser diferenciada! A diferença desse estabelecimento para um bar normal está justamente na qualidade dos pratos oferecidos.

Por isso, é no cardápio que o seu gastrobar tem uma grande oportunidade de se consolidar. Além de um ótimo chef, é necessário ter bons auxiliares e profissionais nas outras áreas.

Equipe

Por falar neles, uma equipe de qualidade é crucial para que o seu gastrobar seja bem-sucedido. Contrate profissionais capacitados e experientes. Promova treinamentos regulares para que eles entendam os processos e o ambiente de trabalho.

Determinados profissionais podem ter muita experiência em restaurantes tradicionais, por exemplo, e terem uma dificuldade inicial em um ambiente mais descontraído. Nesse sentido, explicar bem a proposta e citar exemplos de estabelecimentos similares será de grande valia.

Quando vale a pena abrir um?

Vale muito a pena abrir um empreendimento assim se você está procurando algo mais diferenciado, já que um gastrobar traz consigo um leque muito interessante de possibilidades. Desse modo, o estabelecimento pode ser tanto uma referência de lugar divertido para tomar uns drinks como “aquele local que serve uns pratos maravilhosos!”.

Um gastrobar é um ambiente perfeito para quem prioriza a criatividade acima de tudo: tanto em relação aos itens do cardápio como na decoração e no ambiente. Contudo, só vale realmente a pena investir em um negócio assim se você está comprometido com o dever de oferecer comida de qualidade.

Isso não significa que as bebidas devam ser negligenciadas: um bom mixologista complementará perfeitamente o trabalho da equipe de cozinha. Também não se esqueça de oferecer um bom atendimento, para que o cliente se sinta confortável em um ambiente inovador.

O gastrobar une o melhor de dois mundos: comida de alto nível, conforme as exigências da boa gastronomia, e um ambiente mais acolhedor, oriundo dos bares tradicionais. É uma excelente escolha para empreendedores criativos, que queiram sair do conforto, mas sem deixar de apostar em um modelo que já faz sucesso pelo mundo.

Agora que você conheceu as principais características de um gastrobar, descubra as principais dicas para abrir a sua empresa de uma vez!

Por iFood

Por iFood

2 respostas

  1. Olá! Está acontecendo algo com o entrega sob demanda? Os valores estavam menores e sem variação. Por exemplo, para o raio de 3km estava R$ 11,99. Aí ontem mudou pra R$ 13,99, e agora está R$ 16,88. O entrega fácil nem se fala. Sempre mudando preço e bem mais caro que outros serviços.

  2. Olá! Está acontecendo algo com o entrega sob demanda? Os valores estavam menores e sem variação. Por exemplo, para o raio de 3km estava R$ 11,99. Aí ontem mudou pra R$ 13,99, e agora está R$ 16,88. O entrega fácil nem se fala. Sempre mudando preço e bem mais caro que outros serviços. Mas o entrega sob demanda pelo menos não tinha variação e o preço estava mais aceitável, antes de começar a mudar. Como podemos trabalhar com essa instabilidade de preços?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

22/04/2024

Como montar um restaurante pequeno? Confira 8 passos

20/04/2024

Como calcular a margem de contribuição do seu negócio?

19/04/2024

Qual a diferença entre lucro presumido e lucro real? Descubra!

 

Ingressos disponíveis!

Garanta sua presença no evento que vai mover o mercado de Food Delivery