5 erros que você não deve cometer na gestão de frete do seu restaurante

Quer melhorar o delivery do seu restaurante? Veja, neste conteúdo, 5 dicas do que não fazer durante a gestão de frete!

Existem vários fatores que vão garantir que um cliente se sinta satisfeito com o atendimento recebido em um restaurante, e é justamente esse o segredo de todo negócio de sucesso. Quando o assunto é um serviço de delivery, a gestão de frete se torna ainda mais importante.

Afinal, quando um restaurante não administra bem a logística para delivery, é muito mais difícil receber uma boa avaliação e atender às expectativas do público. Além disso, não é só o consumidor que tem problemas. O negócio também sofre muitos impactos negativos, que podem prejudicar não apenas a reputação, como também as finanças.

Então, o que fazer para caprichar na entrega de comida? Além de um bom planejamento, é preciso evitar os piores erros. Confira 5 exemplos do que não fazer e possíveis soluções para caprichar na sua gestão de frete.

1. Ter falhas na comunicação interna e externa

A comunicação é a palavra-chave do trabalho em equipe. Para isso, é preciso ter em mente que, na entrega de um pedido, existem várias pessoas envolvidas, como:

  • quem pede a comida;
  • quem prepara o prato;
  • quem administra os pedidos;
  • quem faz a entrega.

Ter uma ponte que facilita o diálogo entre todas as partes é essencial para evitar as tão temidas falhas na comunicação. Afinal, é justamente quando esse problema surge que os prejuízos começam a acontecer.

Por isso, quando o objetivo é cultivar um bom relacionamento com todos os envolvidos, vale a pena pensar nos aspectos internos e externos. Entenda melhor!

Comunicação interna

Explicar todas as orientações necessárias e, principalmente, deixá-las registradas em um local de fácil acesso, é um exemplo de como passar a mensagem para todos os colaboradores, desde o cozinheiro até a pessoa entregadora.

Usar frases claras e acolhedoras facilita todo o trabalho interno e permite que as outras pessoas compreendam o que você precisa. Ou seja, com um simples ato de se empenhar em ter um diálogo saudável, é possível diminuir os erros; otimizar o processo; fazer uma boa gestão de tempo.

Comunicação externa

Já na comunicação externa, é importante priorizar a experiência do consumidor. Quando uma pessoa pede comida em casa, isso quer dizer que ela não está disposta, não tem muito tempo disponível para preparar a alimentação ou quer comer algo diferente.

Assim, quanto mais um restaurante se mostra disposto a ajudar a simplificar a rotina do cliente, melhor. Porém, sabemos que quando ocorrem falhas na entrega, todo esse plano pode fracassar.

Por isso, é importante atualizar o cliente sobre todas as etapas. Em casos de imprevistos, é ainda mais necessário deixá-lo informado. Assim, a pessoa também pode se planejar melhor e reorganizar o dia.

Quando isso acontece, é interessante ter uma boa política de redução de danos. Com isso, você ainda pode receber uma boa avaliação e não perder o crédito com o público. Por exemplo, oferecer um brinde como pedido de desculpas e mandar um bilhete por escrito ameniza a situação e ajuda a tranquilizar a clientela.

2. Não trabalhar com uma equipe capacitada

Contar com trabalhadores engajados com o restaurante vai facilitar todo o seu dia a dia e poupar graves problemas. Sendo assim, na hora de contratar os colaboradores, dê preferência aos profissionais capacitados ou aos que estejam dispostos em aprender.

Além disso, é interessante fazer treinamentos e dar orientações em conjunto para alinhar todo o trabalho com as propostas do negócio. Assim, além de habilidosos, a equipe poderá atuar conforme o que o seu restaurante espera.

3. Escolher embalagens inadequadas

Sabia que pensar na embalagem também faz parte da gestão de frete? A relação é simples! Ao administrar as entregas em um restaurante, é preciso pensar em uma série de fatores, como:

No último fator, entra a embalagem do produto. Ao utilizar materiais inadequados para o tipo de comida que você vende, há mais chances de vazamento, contaminação, perda da temperatura, entre vários outros problemas.

Por isso, planeje também a embalagem para entrega. Outra dica é pensar na praticidade para o transporte. Quanto mais prático for, mais fácil será de encaixar os pedidos na mochila térmica e otimizar o processo de delivery.

4. Não fazer o agrupamento de pedidos por rota

Organizar a entrega dos pedidos conforme a rota é essencial para qualquer negócio. Ao tomar esse cuidado, você consegue serviços mais rápidos e baratos. Ou seja, as vantagens são tanto para o consumidor quanto para o restaurante.

Ao receber um conjunto de pedidos, organize-os conforme a localização e o caminho que as pessoas entregadoras farão. Assim, elas não precisam fazer trajetos mais longos para atender todos os clientes.

Daí a importância de pensar em embalagens estratégicas para o delivery. Quanto mais pedidos de uma rota couberem na mochila térmica, mais economia e praticidade você consegue no processo de entrega.

5. Não trabalhar com bons parceiros de entrega

Para evitar problemas em qualquer decisão tomada no seu restaurante, nada melhor do que apostar em qualidade e eficiência. Isso vale também para a escolha dos parceiros de entrega.

Trabalhar com uma plataforma com autoridade no assunto agrega mais valor ao seu negócio, além de trazer uma série de benefícios nas entregas dos pedidos, como:

  • organização;
  • velocidade;
  • praticidade;
  • economia;
  • visibilidade;
  • satisfação do público;
  • redução de burocracias.

Sabe o que isso quer dizer? Que contar com o iFood para ajudar na sua gestão de frete é uma excelente ideia. Parceiros do iFood encontram uma plataforma preparada para administrar os seus pedidos de forma simples e intuitiva. Além disso, é possível encontrar pessoas entregadoras parceiras, sem a necessidade de contratar uma equipe própria.

Viu como fazer uma gestão de frete eficiente no seu restaurante? De início, pode parecer um processo muito complicado e difícil de ser realizado. No entanto, quando você aposta em um bom planejamento, com uma organização adequada para a rotina do seu negócio, é possível fugir de todos os erros graves e ter um bom crescimento.

Gostou da ideia? Então, venha aproveitar os benefícios de ser um parceiro iFood! Cadastre agora mesmo o seu restaurante no aplicativo e comece a usar os nossos serviços de entrega!

Por iFood

Por iFood

6 respostas

  1. Preciso de ajuda, minha loja está fechada na plataforma do ifood mas eu não solicitei . Já tentei entrar em contato com o ifood por todos os canais e não consigo. Por gentileza preciso de suporte.

    1. Oi, Maria. Nesse caso, basta acessar o Portal do Parceiro com seu e-mail e senha, selecionar “Chamados e ajuda” no menu lateral, depois “Atendimento”. Nosso time vai te auxiliar por lá. 😉

  2. Estou com grande problema
    Comprei a padaria e não estou conseguindo alterar os dados da conta bancária e o antigo dono não sabe a senha do App

  3. Parabéns por todas a organização do Ifood????…Sempre nos ensinando na melhoria do nosso negocios…

    1. Ai, que bom que gostou, Ricardo! ? A gente fica muito feliz ler isso, hein. <3 Conta com a gente pra alavancar suas vendas. 😉

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

21/05/2024

Melhoria contínua: o que é, objetivo e como aplicar

20/05/2024

Confira como foi o Fórum de Restaurantes de Maio

20/05/2024

Embalagem para marmita: 6 melhores opções