Grab and go: o que é e como funciona?

Se você deseja aproveitar uma tendência do momento e aumentar os lucros, você precisa conhecer o grab and go. Saiba mais neste post!

Para tornar o seu negócio mais atrativo, é importante acompanhar as tendências do mercado alimentício. Nesse sentido, um novo conceito que tem chamado a atenção dos consumidores e empreendedores que gostam de agilidade e praticidade é o grab and go.

Esse sistema de atendimento consiste na oferta de refeições balanceadas, preparadas, embaladas e prontas em um local onde o cliente pode pegar o que deseja, pagar e ir embora. Isso sempre foi comum em lojas de conveniência, mas atualmente é uma tendência que pode trazer muitos benefícios aos empreendimentos gastronômicos e semelhantes.

Saiba mais sobre a modalidade grab and go!

O que é grab and go e como funciona na prática?

Traduzido, o nome dessa modalidade de serviço alimentar significa “pegue e leve“. A ideia começou nos Estados Unidos diante da necessidade de pessoas que, devido aos compromissos e afazeres do dia a dia, não tinham tempo para preparar uma refeição adequada.

A proposta é comprar comida em um local próximo e consumi-la de forma prática — o que é uma excelente solução para quem tem restrição de tempo.

O funcionamento desse serviço é bem simples. Ele lembra muito o drive thru, mas a comida não é preparada enquanto o cliente está no carro. No grab and go, alimentos como saladas, massas, bebidas, entre outros, ficam expostos nas vitrines. Então, o cliente só precisa escolher o que quer, pagar e levar para onde pretende consumir.

A modalidade também se assemelha um pouco ao pedido com retirada no local, também conhecida como take away. A diferença é que, como mencionado, a escolha e o pedido são feitos no próprio estabelecimento, onde também ocorre a retirada — enquanto a retirada no local comumente envolve o pedido antecipado por telefone ou por aplicativo, por exemplo.

Quais as vantagens para o empreendedor?

Para a clientela, o grab and go é vantajoso por proporcionar praticidade e o acesso a opções saudáveis, se assim ela desejar, de forma rápida e sem a necessidade de preparar algo.

Isso acaba se tornando, também, um benefício para o seu negócio. Afinal, em um mercado tão competitivo como o alimentício, essa é uma oportunidade de ter um diferencial que faça sua empresa se destacar em meio à concorrência: o de facilitar a vida do cliente.

Mas existem outras vantagens na adoção desse modelo para quem empreende. Confira as principais a seguir!

Flexibilidade

O sistema grab and go contempla vários tipos de cenários e perfis de cliente. Ele pode agradar, por exemplo, a:

  • trabalhadores que querem um almoço rápido e saudável;
  • famílias que desejam um almoço diferente sem o trabalho de prepará-lo;
  • pessoas que queiram uma refeição mais completa já pronta ao sair do trabalho.

Essa flexibilidade também traz muitas vantagens à gestão de estoque e reduz os desperdícios, proporcionando uma melhor rotatividade de pedidos. Dessa maneira, o estabelecimento pode melhorar o valor médio de consumo e atrair clientes promotores da sua marca.

Aumento do faturamento

Além de o grab and go favorecer o aumento das vendas, o sistema não demanda um grande número de colaboradores para funcionar. Ou seja: você reduz gastos com mão-de-obra. Ao otimizar sua divulgação — por exemplo, com práticas de marketing inteligentes — e o serviço, então, com um bom planejamento estratégico, você atrai cada vez mais clientes e aumenta ainda mais o lucro.

Variedade de opções

O grab and go é um modelo que possibilita oferecer diversos tipos de comida. Isso se aplica tanto à variedade de modalidades e nichos com que o estabelecimento pode trabalhar como à oportunidade de atender a vários perfis e oferecer um amplo leque de alternativas à clientela.

É possível, ainda, trabalhar com itens congelados nessa modalidade. Isso é muito útil para clientes que fazem viagens de longa duração, por exemplo.

O que é preciso para trabalhar nesse formato?

O grab and go é um serviço atrativo, pois facilita o trabalho do estabelecimento e favorece a satisfação dos clientes. Porém, para que a estratégia seja bem sucedida, é necessário cuidar de alguns fatores, como embalagens, equipamentos e infraestrutura. Entenda melhor a seguir.

Investir em infraestrutura

A logística envolvida no grab and go é bem diferente de outros modelos. É necessário pensar em uma infraestrutura apropriada para exibir os alimentos e facilitar a retirada deles pelos clientes.

Se você pretende atuar em mais de uma modalidade — por exemplo, grab and go e consumo no local —, é uma boa ideia criar uma área exclusiva para o serviço de grab and go. Instale prateleiras e escolha uma iluminação chamativa, que destaque a aparência dos itens. Garanta, também, uma área apropriada e bem sinalizada para que o pedido seja embalado e entregue.

Ter os equipamentos adequados

Uma vez definido o tipo de comida que será comercializado, você já pode estabelecer quais são os equipamentos necessários. Alguns equipamentos de cozinha comumente indispensáveis nos estabelecimentos são:

  • fogão e chapa;
  • forno de convecção;
  • processador de alimentos;
  • extrator de suco;
  • freezer e geladeira.

Cuidar da exposição dos itens

Uma vez garantida a infraestrutura necessária para expor os itens, capriche na aparência deles e na forma como são organizados. Incluir itens como tortas e bolos é uma boa forma de chamar a atenção do público, além de garantir a presença de alimentos com cores vivas.

Nesse ambiente, é fundamental ter atenção às normas de vigilância sanitária e de segurança — e segui-las. O local em que os alimentos ficam precisam estar em excelente estado de higiene e conseguir protegê-los de contaminações.

Crie um cardápio atrativo e completo

Criar um cardápio atrativo é mais uma estratégia que aumenta as chances de clientes fazerem pedidos. Além disso, garantir a presença de informações completas é essencial, principalmente quando se considera um público que quer algo imediato.

No cardápio, liste informações sobre o preparo dos itens e seus ingredientes. Isso transmite credibilidade, dá mais autonomia à clientela — que não precisa se preocupar em fazer muitas perguntas — e facilita a escolha.

Aposte em embalagens de qualidade

A embalagem é um fator fundamental para a fidelização dos clientes, já que tem uma influência grande sobre a experiência pós-pagamento. Assim como em outras modalidades, como o delivery, no grab and go as embalagens precisam conservar o aspecto e a temperatura dos itens pedidos.

Além disso, é interessante investir em embalagens versáteis que já sirvam como recipientes no momento do consumo — dispensando a necessidade de arranjar um prato, por exemplo. Cones e pequenas marmitas podem servir a esse propósito.

O grab and go pode ser implementado no seu empreendimento sem a necessidade de fazer um investimento muito alto. Uma área pequena já é suficiente para exibir diversos itens — mas vale lembrar que eles devem ser frescos e bem preservados, em local limpo. Em geral, vale a pena apostar nessa tendência, seja como especialidade do estabelecimento, seja como uma opção extra.

Agora que conheceu uma nova modalidade de serviço, aproveite e aprenda mais: confira um guia completo de delivery!

Por iFood

Por iFood

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

23/04/2024

Não julgue APENAS pela casca: veja como escolher os melhores legume...

23/04/2024

Embalagem de produtos: transformando compras em experiências

23/04/2024

Conheça 4 molhos para macarrão que são deliciosos

 

Ingressos disponíveis!

Garanta sua presença no evento que vai mover o mercado de Food Delivery