Orçamento: o que é, tipos e como elaborar

Você sabe o que é o orçamento e como essa ferramenta pode ajudar no controle financeiro do seu negócio? Leia este post e descubra!

Você já parou para pensar no que realmente significa um orçamento? É algo que vai além de simplesmente anotar seus gastos, sendo uma ferramenta indispensável para garantir o maior controle sobre as finanças e evitar surpresas indesejadas ao final do mês.

Para elaborar qualquer modelo de orçamento, você precisa ter uma visão clara de suas receitas e despesas. Afinal, quando você não sabe para onde o seu dinheiro está indo, é muito difícil identificar oportunidades que poderiam trazer resultados positivos para o seu negócio.

Com relação a isso, posso ajudar você! Sou Ricardo D’Aquino, economista, Expert iFood e dono do Restaurante Drummond há 6 anos. Vou compartilhar algumas informações valiosas para você aplicar na sua rotina e nos seus processos. Vamos lá?

O que é um orçamento?

O orçamento nada mais é do que uma projeção da parte financeira da sua empresa dos próximos meses, quiçá anos“. Essa ferramenta está relacionada ao demonstrativo financeiro e ao resultado do exercício, que reflete o faturamento esperado, bem como o lucro projetado para determinado período.

Ela permite visualizar as estimativas de entradas e saídas de recursos e auxilia na gestão do prazo de pagamento, contribuindo com a melhor administração do capital de giro de um negócio. Dessa forma, mesmo que não haja disponibilidade imediata de recursos, o orçamento ajuda a identificar de possíveis necessidades de financiamento ou ajustes nas operações.

Devido à importância, ele deve ser realizado regularmente, por meio do acompanhamento mensal e do comparativo do que foi orçado com o que está sendo, de fato, realizado. Por meio dessa análise, você pode tomar ações visando melhorar o desempenho financeiro do seu empreendimento — como aumentar a entrada de caixa e identificar os pontos que podem ser aprimorados para atingir as metas e objetivos estabelecidos.

orçamento: imagem esquemática com as etapas de um orçamento

Quais são os principais tipos de orçamento?

Conhecer os diferentes tipos de orçamento é fundamental para manter as finanças equilibradas. Conheça os principais!

Orçamento empresarial

Esse modelo de orçamento se refere ao planejamento financeiro de um negócio, envolvendo o controle de receitas, despesas e investimentos relacionados à operação. Ele é elaborado com base em projeções de vendas, custos de produção, despesas administrativas, marketing e outros.

Além disso, é uma ferramenta fundamental para o gerenciamento financeiro, permitindo acompanhar a saúde financeira do negócio, tomar decisões estratégicas e evitar problemas de fluxo de caixa.

Orçamento familiar

Já o orçamento familiar cuida das despesas e receitas relacionadas às finanças pessoais de um indivíduo ou família. Ele envolve o acompanhamento de todos os gastos pessoais, “como contas de moradia, transporte, alimentação, educação, lazer, entre outros”.

Esse modelo de orçamento ainda pode incluir o planejamento de metas financeiras, como economizar para a aposentadoria, comprar uma casa ou um veículo, pagar dívidas, fazer uma viagem de férias etc.

Como se organizar e gerenciar os orçamentos?

Para organizar e gerenciar os orçamentos de um jeito eficiente, é importante seguir algumas etapas e separar as informações de maneira detalhada. Acompanhe algumas orientações!

Faça o controle financeiro e a projeção de receitas

Comece estabelecendo um controle financeiro detalhado. Para isso, faça um levantamento de todas as entradas de dinheiro nos próximos dias, incluindo valores provenientes de salários, vendas, serviços ou outras fontes.

De maneira geral, têm muitos donos de restaurante que não cuidam da gestão financeira com a seriedade com que deveria ser cuidada”. Não há um conhecimento prévio, pois, infelizmente, não se ensina isso na escola, e eles fazem algumas contas sem o rigor que deveria levar.

Acham que às vezes é muito complicado… que é coisa de contador, e daí o negócio afunda”. Quem trabalha com restaurante precisa entender de todos os números, sim. E os relatórios financeiros contam histórias bem interessantes sobre o seu negócio.

Realize a projeção de despesas

Faça uma projeção de todas as despesas que você terá, incluindo pagamentos de boletos já recebidos e gastos com cartão de crédito. Se você tem um negócio, projete os gastos separadamente, detalhando as diferentes categorias.

Verifique o custo das mercadorias vendidas e outras despesas

Separe as despesas relacionadas à venda de mercadorias. Isso inclui embalagens, comissões e outros custos diretamente ligados à produção ou venda. Depois, separe as despesas gerais, como energia elétrica, estacionamento, limpeza, louças e outros custos operacionais.

Conheça os gastos com pessoal e encargos

Considere os gastos com pessoal, incluindo salários, encargos trabalhistas e benefícios. Lembre-se de incluir todas as despesas relacionadas à folha de pagamento, como impostos e contribuições sociais.

Faça parcerias com bons fornecedores

Negociar com fornecedores de qualidade é essencial para garantir que os produtos ou serviços adquiridos atendam às expectativas dos clientes. Ao trabalhar com parceiros confiáveis, há maior probabilidade de obter produtos de boa qualidade, impactando diretamente a satisfação dos clientes e a reputação do seu empreendimento.

Não deixe de fazer uma boa negociação para obter preços mais vantajosos, descontos, condições de pagamento mais flexíveis e outras vantagens. “O relacionamento com o fornecedor é tudo para ele ter uma certa simpatia, uma afinidade, para que você consiga chegar a um denominador comum melhor”.

Como separar o orçamento pessoal do da empresa?

Muita gente começa pequeno e acaba fazendo isso, pagando as contas de casa com o que vai entrando no restaurante. Acaba que depois de um tempo vira tudo: você não sabe quanto é o seu salário e começa a ter problemas de fluxo de caixa”.

Se tiver sócio, vai causar uma confusão maior ainda. Então, nunca misture as suas contas pessoais com as suas contas da empresa. Veja quais problemas são recorrentes nesse cenário!

Dificuldade no controle do fluxo de caixa

Ao misturar as contas pessoais com as contas do negócio, é difícil ter um controle claro do fluxo de caixa. Isso pode levar a problemas financeiros, pois você não terá uma visão precisa do dinheiro que entra e sai. Isso costuma afetar a capacidade de pagar fornecedores, funcionários e outras despesas.

Confusão contábil

Ao misturar as finanças pessoais com as do negócio, pode ser bem difícil distinguir quais despesas e receitas estão relacionadas a cada uma das áreas. Isso resulta em erros contábeis e dificulta o cálculo dos seus lucros e prejuízos.

Separar o orçamento ajuda a manter uma organização financeira mais eficiente. Você poderá ter um controle mais claro das despesas e receitas, facilitando o planejamento financeiro, a definição de metas e a tomada de decisões.

Ausência de uma avaliação precisa do desempenho do negócio

Ao separar as finanças, você pode analisar indicadores financeiros, como lucratividade, margem de lucro e retorno sobre o investimento, de maneira mais precisa. “Isso permite tomar decisões mais informadas sobre o crescimento e a sustentabilidade do negócio”.

Como você pode perceber, o orçamento é uma ferramenta essencial para qualquer estabelecimento. Afinal, é por meio dele que você consegue enxergar sua situação financeira. Porém, é importante revisar periodicamente as projeções, realizar ajustes conforme necessário e acompanhar o desempenho financeiro de perto para tomar decisões mais estratégicas.

E aí, gostou deste post? Aproveite para baixar agora mesmo a planilha de orçamento e alcance melhores resultados no seu negócio. Até a próxima!

Por Ricardo D'Aquino

Por Ricardo D'Aquino

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

21/05/2024

Melhoria contínua: o que é, objetivo e como aplicar

20/05/2024

Confira como foi o Fórum de Restaurantes de Maio

20/05/2024

Embalagem para marmita: 6 melhores opções

 

Ingressos disponíveis!

Garanta sua presença no evento que vai mover o mercado de Food Delivery