Clube de assinatura: o que é, vantagens e dicas!

Você sabe o que é clube de assinatura? Confira o post para descobrir as principais vantagens dessa estratégia e como implementá-la!

Diante de um mercado cada vez mais competitivo, o clube de assinatura se mostra como uma ótima alternativa para fidelizar clientes e aumentar o fluxo de vendas. Ele ainda garante certa segurança, já que é um serviço que envolve pagamentos recorrentes.

Como comprovado por uma pesquisa realizada pela E-Commerce Brasil, a ideia de receber produtos em casa tem regularmente conquistado cada vez mais clientes no Brasil. Além de ser um negócio que oferece comodidade ao público, o serviço promove inúmeras vantagens ao empreendedor.

Para saber mais sobre essas vantagens, o funcionamento do clube de assinatura, seus desafios e como montar um, continue a leitura!

O que é clube de assinatura?

O clube de assinatura é um tipo de serviço de entrega de produtos, focado no público digital. Trata-se de um modelo de negócio em que o consumidor recebe o item com frequência estabelecida e seu principal objetivo é a fidelização de clientes.

Ou seja, por meio de uma assinatura, o público tem acesso aos produtos com uma frequência regular — que pode ser, por exemplo, mensal, trimestral, semestral ou anual.

Dessa forma, o valor da assinatura determina a quantidade e o tipo de conteúdo ou produto disponível para o recebimento. O cliente efetua o pagamento de determinado valor e recebe certo produto ou serviço (ou um conjunto de produtos e/ou serviços) por um período definido, conforme o contrato.

Quais as vantagens de um clube de assinatura para o negócio?

Aderir a essa estratégia, além de trazer algo interessante para sua clientela, pode ser muito benéfico para o seu negócio. Conheça, a seguir, as principais vantagens de implantar um clube de assinatura!

Previsibilidade de receita

Diferentemente dos modelos de vendas mais tradicionais, com um clube de assinatura é possível ter uma previsão mais precisa da receita. Ou seja, você consegue saber exatamente o valor que irá receber no final do mês.

Ter esse tipo de informação é fundamental para o seu planejamento estratégico, afinal, é possível analisar precisamente se o número de assinantes e o lucro obtido estão crescendo ou caindo. Com esses dados, você pode, por exemplo, perceber a necessidade de atrair mais clientes para o clube e pensar em formas de melhorar a estratégia.

Facilidade para gerenciar o estoque

Uma grande vantagem de trabalhar com assinaturas é não precisar se preocupar com imprevistos de estoque. Saber a quantidade de produtos que serão vendidos, além de contribuir para a previsibilidade dos lucros, deixa claro o momento em que o estoque vai precisar ser renovado.

Isso facilita significativamente o trabalho da gestão empresarial em relação a evitar imprevistos de falta de estoque. Esse é um grave problema que, comumente, faz com que os clientes desistam de efetuar o pedido — mas deixa de ser uma preocupação quando há previsibilidade.

Fidelização de clientes

No clube de assinaturas a fidelização de clientes acontece de forma natural: uma vez que você conquista um assinante para o serviço, a chance de ele continuar é alta. Diferentemente de um negócio tradicional, em que é necessário aguardar que o consumidor venha novamente até você, o modelo de assinatura assegura que a venda seja habitual, sem exigir esforços extras do empreendedor para que as vendas sejam concretizadas todas as vezes.

Conexão com o cliente

Quando um cliente recebe o seu produto todos os meses, naturalmente você acaba se tornando parte da vida dele. Uma consequência comum disso é que eles contribuam divulgando sua marca por você, pelas redes sociais ou pelo marketing boca a boca, por exemplo.

Mesmo que você não tome ações específicas para potencializar essa relação, a simples frequência já é motivo suficiente para que o cliente se sinta próximo da sua empresa e que o vínculo continue.

Como montar um clube de assinaturas?

Se você deseja aproveitar a tendência dos clubes de assinatura, é importante fazer um bom planejamento para se destacar da concorrência. Veja, a seguir, algumas dicas essenciais no momento de montar o seu negócio.

Defina produtos e valores

Para criar um clube de assinatura, é preciso definir o produto — ou conjunto de itens — que será oferecido. Nesse sentido, é necessário escolher alguma coisa que agregue valor para os assinantes.

No ramo alimentício, existem, por exemplo, clubes de assinatura voltados para:

  • produtos veganos ou orgânicos;
  • bebidas;
  • lanches;
  • produtos gourmet;
  • doces.

Desenvolva uma logística eficiente 

Este é o momento de criar uma logística eficiente, para fazer com que o produto chegue da melhor forma possível à porta do assinante. Por isso, pense nas dimensões da caixa e do produto, desenvolvendo kits com a mesma média de peso. Além disso, verifique o prazo de entrega, de acordo o endereço de destino.

Ter esses pontos padronizados é crucial para calcular o valor da taxa de entrega e garantir que ela seja efetuada no prazo estipulado. Por fim, lembre-se de investir em um serviço de entrega eficiente e comprometido com a agilidade e o cumprimento de prazos.

Trabalhe com uma boa plataforma de pagamentos

Ter uma boa plataforma para receber pagamentos de forma recorrente é essencial para facilitar a rotina de empreendedores. Isso ajuda na organização e, consequentemente, nas finanças do negócio. Entre as principais plataformas de pagamentos, estão:

  • Cobre Fácil;
  • PayPal;
  • PagSeguro;
  • PicPay Pro;
  • Mercado Pago;
  • Cielo.

Quais os desafios de montar um clube de assinatura?

Apesar de os clubes de assinatura serem negócios promissores, eles envolvem diversos desafios de gestão. É necessário contar com fornecedores confiáveis e ter a prática de sempre estar negociando para fazer com que os preços continuem competitivos, por exemplo.

Já em relação à precificação dos produtos, você deve considerar todos os custos variáveis e fixos do clube, como:

  • aluguel;
  • salários;
  • impostos;
  • taxas de entrega.

Além disso, o valor da assinatura deve compensar mais do que a efetuação da compra avulsa dos produtos para o consumidor, ao mesmo tempo em que garante o equilíbrio financeiro do negócio.

Por fim, para garantir que o clube seja um sucesso, o empreendedor deve:

  • buscar formas de manter o interesse dos assinantes;
  • ter o controle de todo o processo de cobrança, que se repete com frequência;
  • ficar de olho na inadimplência;
  • cuidar das notas fiscais, entre outras tarefas.

O clube de assinatura, além de ser um modelo de negócio que tem atraído cada vez mais consumidores, é um serviço que promove diversos benefícios para o empreendedor. É uma estratégia interessante para implementar nos mais diversos tipos de empresas, o que inclui estabelecimentos do setor alimentar, que garante uma receita previsível e fixa, além de ser um recurso interessante para manter clientes fieis.

Estratégias adicionais como essa são excelentes formas de garantir lucro, mas existem elementos que não podem faltar. Confira já 8 passos essenciais para o sucesso na gestão financeira do seu restaurante!

Por iFood

Por iFood

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

21/05/2024

Melhoria contínua: o que é, objetivo e como aplicar

20/05/2024

Confira como foi o Fórum de Restaurantes de Maio

20/05/2024

Embalagem para marmita: 6 melhores opções

 

Ingressos disponíveis!

Garanta sua presença no evento que vai mover o mercado de Food Delivery