FOFA: como usar essa matriz na sua estratégia!

Quer melhorar sua estratégia e ter um planejamento de sucesso? Comece pela matriz FOFA. Veja como neste post!

Planejamento é sempre um desafio para os empreendedores, principalmente os pequenos, que estão no começo da jornada e acumulam tarefas. Mas a matriz FOFA pode ajudar a eliminar as dificuldades de fazer isso. Afinal, quem não projeta o futuro e se prepara para ele, coloca o negócio em risco

Só para se ter uma ideia, segundo o Sebrae, 29% dos Microempreendedores Individuais (MEI), 21% das microempresas e 17% dos pequenos empreendimentos fecham nos primeiros cinco anos. A principal causa disso é a ausência de um diagnóstico que sirva de guia para as ações e decisões futuras.

Veja a seguir como usar essa ferramenta e evite esse tipo de problema!

O que é matriz FOFA?

A matriz FOFA, ou ainda, análise SWOT, é um instrumento de gestão empresarial que diagnostica a realidade do negócio e promove a construção de um planejamento estratégico, projetando o futuro em prol de assegurar a competitividade a longo prazo.

Seu nome é a sigla para: Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças. Ou em inglês: Strenghts, Weaknesses, Opportunities e Threats. Assim, todos os aspectos do empreendimento são classificados em um desses quadrantes, implicando em uma ferramenta simples, mas valiosa de análise.

matriz swot FOFA

O que faz parte de cada um dos quadrantes?

A divisão da matriz FOFA em quadrantes segue uma lógica. A começar pela separação de aspectos internos — como cultura, processos, estratégias etc. —, dos aspectos externos — incluindo economia, legislação, ambiente, fornecedores, concorrentes e clientes. 

A partir disso, os elementos são divididos em positivos ou negativos para formar cada classificação. Entenda melhor!

Forças

As forças são as vantagens e capacidades que o negócio tem — aspectos internos — para se destacar em relação à concorrência, cujo potencial permite gerar diferencial competitivo, eficiência ou qualidade perante o público-alvo. Por exemplo, a localização de um estabelecimento.

Fraquezas

Já as fraquezas são todos os aspectos — internos — em que o negócio falha, configurando limitações ou desvantagens que posicionam o empreendimento de uma maneira negativa se comparado ao mercado. Um exemplo é abrir uma sorveteria em uma região de inverno frio sem ter outros itens no cardápio.

Oportunidades

As oportunidades são situações favoráveis que surgem de um contexto que não depende do empreendimento para acontecer — aspectos externos. Estão incluídos nessa classificação mudanças e demandas novas que podem ser aproveitadas pelo negócio. O aumento de pessoas com dietas restritivas, por exemplo.

Ameaças

Situações que colocam o negócio e sua competitividade em risco também devem ser considerados. As ameaças são todas as circunstâncias e conjunturas capazes de prejudicar o empreendimento, mas que a organização não controla — aspectos externos. A elevação dos custos de matérias-primas devido ao cenário mundial é um exemplo disso.

Para que serve a matriz FOFA?

De maneira geral, o objetivo da matriz FOFA é sintetizar os aspectos relevantes do panorama empresarial, facilitando sua análise e a identificação de prioridades por meio de um instrumento visual. 

Como efeito, se torna viável fortalecer os elementos positivos e minimizar os negativos para potencializar a capacidade do negócio de competir. Do ponto de vista das aplicações, ela serve para:

  • avaliar a concorrência;
  • antecipar riscos;
  • iniciar um empreendimento;
  • estabelecer possibilidades;
  • conhecer novos mercados;
  • desenvolver ou adequar soluções;
  • reestruturar processos;
  • definir o posicionamento estratégico.

Como funciona a matriz FOFA?

Na prática, o funcionamento da FOFA envolve o levantamento e análise dos aspectos do negócio, a fim de classificá-los em cada um dos quadrantes. Em seguida, cada fator listado é avaliado de acordo com seu impacto no sucesso do negócio e em relação aos outros elementos, por meio do cruzamento das informações na matriz.

Como montar e fazer sua análise FOFA?

Realizar a análise da matriz FOFA na prática requer apenas alguns passos simples para que a empresa possa utilizá-la como base de seu planejamento. Conheça-os a seguir!

1. Defina o objetivo 

A matriz FOFA conta com diversas aplicações e, de acordo com o objetivo específico, os elementos a serem considerados mudam. Por exemplo, se um bistrô quer adicionar um novo item ao cardápio, os fatores que devem compor a análise se limitam aos que impactam esse projeto. Portanto, comece definindo o que deseja realizar.

2. Reúna informações

Para conseguir chegar a um planejamento eficiente, o negócio precisa adicionar informações realistas e precisas à matriz. Desde a gestão financeira até o mercado estão sujeitos a interpretações, então reúna dados sólidos para amparar as constatações, limitando as opiniões pessoais.

3. Liste forças, fraquezas, ameaças e oportunidades

Com base na pesquisa e nos dados levantados, faça uma reunião com a equipe a fim de avaliar de forma criteriosa os aspectos do negócio a serem listados em cada um dos quadrantes da matriz e defina-os com clareza.

4. Cruze e avalie os quadrantes

Na hora de definir tanto importância quanto impacto dos elementos que formam a matriz FOFA, é necessário analisar de que forma cada item contribui para o negócio e se comporta em relação aos demais por meio de cruzamentos que avaliam como:

  • as forças ajudam a aproveitar as oportunidades;
  • as oportunidades são limitadas pelas fraquezas;
  • as fraquezas potencializam as ameaças;
  • as ameaças podem ser minimizadas pelas forças.

5. Proponha um plano de ação

Com a estrutura montada, o diagnóstico acerca da realidade do negócio fica disponível. Mas isso não terá efeitos sem um plano de ação para colocar em prática as constatações que os cruzamentos trouxeram à tona. 

Um exemplo que ilustra isso ocorreu durante a pandemia de COVID-19 (ameaça): quem tinha um delivery (força) saiu na frente, já que a demanda pelas entregas cresceu (oportunidade). No entanto, precisou agir para aumentar os canais de atendimento, uma vez que a estrutura que tinha não comportava tanto volume (fraqueza).

Qual é a importância da matriz FOFA para um negócio do ramo alimentício?

A gestão de restaurante ou de outras empresas do ramo alimentício se beneficia de um planejamento embasado pela matriz FOFA, uma vez que esse instrumento proporciona um processo de tomada de decisão eficiente, ajudando no alcance de melhores resultados.

Isso ocorre por colocar diante do empreendedor o cenário completo e estabelecer as ligações entre situações que no dia a dia passam despercebidas. Por exemplo, não realizar o controle de estoque causa a falta de um item e desagrada o público, reduzindo o faturamento. 

A partir disso, os pontos de atenção se tornam ações de melhoria e soluções que, tanto ampliam a capacidade do empreendimento de entregar uma experiência superior quanto diminuem riscos.

Montar uma matriz FOFA é a base para construir um planejamento estratégico efetivo e eficiente, que realmente favorece seu negócio. Com esse instrumento, a gestão e as decisões se tornam seguras, já que se amparam em um panorama da sua realidade empresarial.

Deixe seu comentário e conte se seu negócio já conta com algum tipo de planejamento!

Por iFood

Por iFood

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

23/04/2024

Não julgue APENAS pela casca: veja como escolher os melhores legume...

23/04/2024

Embalagem de produtos: transformando compras em experiências

23/04/2024

Conheça 4 molhos para macarrão que são deliciosos

 

Ingressos disponíveis!

Garanta sua presença no evento que vai mover o mercado de Food Delivery