O que é maître, como funciona e qual é sua função!

Descubra como um maître pode ajudar o seu restaurante a melhorar a experiência dos clientes por meio de um bom atendimento!

Preservar a qualidade do atendimento e coordenar a maneira de servir os pratos são algumas das funções de um maître. Esse profissional também é responsável por monitorar os horários em que os pedidos são realizados e servidos aos clientes.

Sem tempo para ler? Clique no play abaixo para ouvir esse conteúdo.

Além de gerenciar a dinâmica do atendimento aos clientes, o maître também demonstra ter um grande domínio do cardápio do restaurante. Essa função não ocupa o espaço de um gerente ou um garçom. O maître tem, na verdade, o papel de preservar o bom atendimento ao cliente, construindo uma experiência satisfatória no restaurante.

Continue a leitura para entender mais sobre a função do maître no restaurante.

O que é o maître?

A palavra é de origem francesa e significa “mestre”. Nesse sentido, um maître é um profissional cujas ordens devem ser cumpridas para que o atendimento aos clientes seja o melhor possível. Mas as suas funções vão além da simples recepção.

O maître é o anfitrião do estabelecimento — em alguns casos, ele é até mesmo o gerente do negócio. A profissão é geralmente exercida em restaurantes, mas também é possível encontrar profissionais atuando em hotéis, na acomodação dos hóspedes.

Qual é a função do maître nos estabelecimentos?

O objetivo principal de um maître é cuidar da satisfação dos clientes. Além de controlar o funcionamento do negócio, ele também deve conversar com os consumidores e verificar se seus desejos estão sendo devidamente atendidos.

Um maître também recebe as críticas e os elogios em relação ao serviço oferecido, além de direcionar detalhes do atendimento, como qual garçom servirá determinada mesa.

Esse profissional atua na elaboração do cardápio junto aos chefs, assim como na escolha das bebidas. Também é uma atribuição do maître conhecer detalhadamente o menu do restaurante, até mesmo como uma forma de oferecer combinações e harmonizações entre comidas e bebidas.

Outras atribuições desses profissionais:

  • organizar os pedidos, controlando devidamente o tempo de preparo e o tempo para servir o prato;
  • cuidar das normas de etiqueta do negócio;
  • administrar os garçons na casa, mantendo um equilíbrio para que nenhum cliente fique muito tempo sem ser atendido;
  • recepcionar os clientes e proporcionar o que eles pedem;
  • manter uma relação próxima com o chef, principalmente para discutir o cardápio;
  • cobrar a limpeza do salão e garantir que o estabelecimento esteja bem-apresentado;
  • checar a vestimenta de cada funcionário. Além da boa apresentação, ele deve se certificar de que as normas de higiene do vestuário estão sendo atendidas.

Quais as vantagens de contratar um maître?

Restaurantes que contam com um maître na lista de colaboradores conseguem oferecer uma experiência ainda mais receptiva e acolhedora aos clientes. Conheça outros benefícios desse profissional!

Melhoria na recepção dos clientes

A rotina de um restaurante pode ser bem corrida. Nos horários de pico, os garçons e outros funcionários estarão atarefados e se movimentando constantemente. Por isso, o cliente pode sentir falta de ter alguém para tirar dúvidas sobre os pratos, as bebidas e as melhores combinações.

Nesse sentido, o maître é a pessoa ideal para interagir com os clientes, além de cuidar da recepção de cada um deles. A experiência se torna mais personalizada, uma vez que as pessoas terão alguém com total conhecimento do cardápio para responder às suas perguntas.

Organização de pedidos

Sem uma figura central como o maître para organizar os pedidos, garçons e cozinheiros podem se confundir com frequência. Assim, pedidos são entregues nas mesas erradas, pratos são preparados sem considerar as exigências dos consumidores, bebidas e comidas não se harmonizam bem, entre muitos problemas.

O maître também é importante para manter o equilíbrio do atendimento, garantindo que determinadas mesas não recebam mais atenção que as outras. Esse profissional orientará os garçons para conseguirem cobrir todo o salão.

Ajuda ao equilibrar a quantidade de garçons no negócio

Maîtres que conheçam bem o restaurante conseguem equilibrar o número de garçons conforme a necessidade do cada dia. Por meio da análise das reservas, ele saberá como será o movimento de uma determinada noite e alocará os profissionais conforme as necessidades.

Isso é fundamental para que as pessoas não se sintam esquecidas. O restaurante evita atrair a fama de local que demora muito para servir os pedidos ou de um estabelecimento que prioriza alguns clientes em detrimento de outros.

Como contratar um maître para o seu negócio?

Para não errar na escolha do profissional, é interessante conhecer alguns detalhes da formação e da atuação de maîtres. Como costumam atuar em restaurantes diversos, é importante que conheçam outras línguas, principalmente o inglês e o espanhol, para atender clientes estrangeiros.

Existem cursos profissionalizantes disponíveis em instituições como o Senac, que provam que o profissional tem conhecimento na área. Do mesmo modo, a graduação em gastronomia também é um diferencial: ainda que ele não prepare os pratos, ele deve zelar pela qualidade do negócio.

O fundamental é contratar alguém que entenda de gastronomia e tenha desenvoltura no trato pessoal. Isso porque esse profissional lida não só com a recepção, mas também com reclamações e clientes exigentes.

Portanto, na hora de recrutar um maître, é preciso verificar o seu autocontrole em situações de estresse. É preciso lembrar que ele necessariamente terá de lidar com os clientes!

Qual a diferença entre maître e garçom?

Como o maître é um profissional que atua em estabelecimentos alimentícios e trabalha no atendimento direto aos clientes, é comum que ele seja confundido com os garçons.

Contudo, ambas as profissões são diferentes, assim como as suas atribuições específicas. Cabe ao garçom:

  • anotar os pedidos;
  • servir os pratos e as bebidas pedidas;
  • recolher a mesa e cuidar da limpeza enquanto o restaurante está aberto.

Além disso, o garçom também pode realizar trocas de bebidas, por exemplo, caso o cliente solicite uma alteração. Esses profissionais são comuns em quase todos os estabelecimentos alimentícios, enquanto o maître não costuma ser uma figura tão frequente.

O trabalho do maître tem as seguintes características:

  • não é responsável pelo preparo de mesas ou pela retirada de móveis;
  • é considerado um profissional de alto padrão;
  • não tem como função principal servir os clientes;
  • trabalha mais no atendimento, apresentação do menu e recepção da clientela;
  • coleta o feedback dos consumidores;
  • estabelece a ordem no salão;
  • é o responsável pelos funcionários e pelo trabalho a ser realizado enquanto o restaurante está aberto.

Nesse contexto, pode-se dizer que o maître tem uma função bem mais gerencial em relação ao garçom, que é mais focado em recolher os pedidos e servir os clientes.

Outro detalhe é que geralmente restaurantes, lanchonetes ou estabelecimentos que sirvam comida contam com um garçom. O mesmo não ocorre com o maître: ele é considerado um profissional versátil e experiente, já que tem diversas obrigações de gestão dentro do negócio.

Gostou do post? Aproveite a visita ao blog e descubra como construir e encantar seus clientes com um cardápio digital!

Por iFood

Por iFood

8 respostas

  1. Trabalho como Maître a 35 anos, sou apaixonado por minha profissão, encaro o meu serviço como um sacerdócio, gosto de fazer as pessoas felizes, minha é também servir satisfação!

  2. Meu nome: Amilton Luiz Vieira, sou garçom, com muito orgulho, Ah 37 anos , me considero como um maitre por conhecimento e responsabilidade em tudo que faço e por respeito aos colegas, principalmente com os novatos na empresa e os iniciantes na profissão, e com as normas da mesma.
    E como profissional, sempre na linha de frente, em vendas.

  3. Isso é muito importante gostei excelente ficarei atento colocarei em prática eu quero ser maitre estou pronto obrigado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

17/05/2024

Desvendando o ciclo do pedido: etapas, como medir e desafios

16/05/2024

À la carte: o que é, como funciona e dicas essenciais

15/05/2024

Negócios lucrativos: quais são e como garantir sucesso?