Empreender no Brasil: iFood mostra oportunidades e desafios

Você tem vontade de abrir o próprio negócio? Descubra quais dificuldades são comuns ao empreender no Brasil e como você pode ter sucesso!
7 Min
empreender no brasil

Empreender é tendência no Brasil. Muitos brasileiros desejam abrir o próprio negócio — comumente por motivos como realizar um sonho, aumentar a renda ou trabalhar para si. Seja qual for a motivação, essa tendência coloca o país em destaque quando o assunto é empreendedorismo.

Segundo a pesquisa GEM 2021 (Global Entrepreneurship Monitor ou Monitor Global de Empreendedorismo), o Brasil é o 7º país do mundo em número de empreendedores. Só em 2021, de acordo com o Sebrae, foram abertas quase 4 milhões de empresas. Porém, muitas fecham as portas nos primeiros anos. Por isso, é importante se planejar para empreender.

Confira a importância do planejamento, os pontos de atenção ao abrir uma empresa e dicas para começar do jeito certo e mais!

Qual a importância do planejamento no empreendedorismo?

É inegável que o povo brasileiro é muito criativo, e a criatividade é uma das características mais importantes para empreendedores. No entanto, ter boas ideias e vontade de empreender não é suficiente para garantir o sucesso.

Infelizmente, em 2021, a falência entre empresas cresceu em 34,6%, em comparação com o ano de 2020. Mas isso não é motivo para desistir. Afinal, segundo a GEM, em 2021, também houve aumento no número de empresas com mais de três anos e meio de mercado.

Para ter um negócio de sucesso, é preciso empreender de forma consciente, e essa consciência tem a ver com preparação. É comum que dificuldades enfrentadas na abertura de uma empresa aconteçam por falta de preparo.

Antes de empreender no Brasil, é preciso entender o mercado e conhecer os deveres e direitos de quem empreende, além de saber como funciona a parte prática: o que acontece no dia a dia, os problemas que surgem e as melhores ações para gerenciar momentos de crise.

Cada um desses detalhes precisa ser previsto para traçar um plano de ação que permita prosperar e crescer de maneira saudável, vencendo as dificuldades e os desafios que vão surgir.

Quando não há planejamento, tudo é feito de forma improvisada. Assim, fica difícil prever o que pode acontecer — e ainda mais difícil lidar com os problemas, já que eles não são antecipados e não há um plano de ação.

Quais fatores você deve ter atenção antes de abrir o seu estabelecimento?

Não há dúvidas de que, para empreender no Brasil, independentemente do setor, é preciso se planejar. Uma das melhores formas de traçar bons planos de ação é entender os principais motivos que levam as empresas à falência nos primeiros anos, e não conhecer o próprio mercado é um deles.

Em relação ao mercado, é essencial entender aspectos como:

  • onde estão as maiores oportunidades;
  • quão saturado o setor está;
  • quem são os concorrentes;
  • quem é o público;
  • como é possível inovar e criar diferenciais para se destacar.

Outros motivos comuns para a falência no empreendedorismo são a falta de investimento no negócio, a pouca valorização de bons colaboradores e, principalmente, a falta de controle financeiro.

Gerenciar as finanças é indispensável para monitorar a saúde do negócio desde o primeiro momento. Além disso, saber como precificar os próprios produtos ou serviços é essencial para trabalhar com preços atrativos para o público e que, ainda assim, gerem lucros.

Mais um fator muito importante para abrir um negócio é entender a importância de começar pequeno e crescer de forma gradativa. Empreender no Brasil pode ser muito desafiador uma vez que se começa, mas se tornou muito fácil no que se refere a abrir uma empresa, em especial com a possibilidade de iniciar como Microempreendedor Individual (MEI).

Esse modelo de negócios é o preferido atualmente. Quase 70% das empresas ativas no Brasil estão na categoria MEI, e vale a pena começar assim devido à presença de menos burocracias. Isso ajuda a conhecer melhor o mundo dos negócios e acumular conhecimentos e experiência para, então, dar os próximos passos.

Quais são as dicas para empreender com sucesso?

Se existe algo com que todos os empreendedores de sucesso concordam é que a vida de quem empreende não é glamorosa como muitos acreditam. A ideia de não ter horário para trabalhar é atrativa, mas isso não é nada tão leve quanto parece.

O sucesso no empreendedorismo requer trabalho, dedicação e disciplina. Você pode ganhar dinheiro e fazer seu horário sem cobranças de um chefe, mas é preciso ter regras e um sistema de trabalho bem estruturado, para que tudo funcione bem e você tenha uma empresa na qual os clientes podem confiar.

Por isso, empreendedores de sucesso recomendam entender o próprio perfil empreendedor e optar por um modelo de negócios que esteja de acordo com ele. Assim, é possível trabalhar com algo que reflita seus valores e se alinhe às suas expectativas.

Outro detalhe, é que os empreendedores observam as mudanças que surgem. Às vezes acontece de um negócio passar por transformações que fazem com que ele deixe de corresponder à ideia inicial, pois o mercado e os clientes acabam por demandar essas mudanças. Nesse sentido, é fundamental, além de ter uma postura observadora e atenta, ter flexibilidade.

Adaptar-se às tendências é essencial para garantir a sobrevivência do seu negócio. Um exemplo disso é o recente crescimento do delivery, modalidade a que muitos estabelecimentos se viram pressionados a aderir.

Fora tudo isso, aprender, aprender e aprender é mais uma dica daqueles que decidiram empreender no Brasil e alcançaram o sucesso. São necessárias muitas habilidades e conhecimentos para estar à frente do próprio negócio.

O empreendedor não precisa dominar todos os setores da empresa, mas deve conhecer cada um. Precisa observar o mercado e o comportamento do consumidor para investir em capacitação para atender essas demandas.

Em suma, as características que um empreendedor precisa ter para obter sucesso são:

  • disciplina e dedicação;
  • autoconhecimento;
  • conhecimento do mercado e do público-alvo;
  • atenção às tendências;
  • adaptabilidade;
  • disposição para buscar conhecimento e aprender.

Como ter estabilidade financeira em momentos de crise?

Um negócio nem sempre começa dando lucro. Pode demorar um pouco para que a empresa consiga sustentar a si mesma e trazer lucros. Nesse período de estabilização, é essencial ter uma reserva.

Algo que não pode faltar é o capital de giro. É essencial ter esse valor guardado para recorrer a ele quando necessário — mas vale lembrar que ele precisa ser reposto. Essa reserva é importante tanto para o período inicial da empresa como para momentos de crise. Um bom controle de estoque também ajuda a ter estabilidade na crise, pois evita a perda de produtos e investimentos desnecessários.

Momentos de crise podem gerar boas oportunidades de oferecer algo diferenciado. Isso depende muito da criatividade e da adaptabilidade do empreendedor, que pode identificar essas chances mesmo em um momento desafiador.

Busque sempre investir naquilo que trará retorno, mas não se esqueça de evitar contrair dívidas. Definir metas de curto, médio e longo prazo ajuda a se organizar para tomar boas decisões, inclusive em relação a investimentos.

Para empreender no Brasil com sucesso, você precisa de conhecimento, planejamento e aprimoramento constante. Procure parcerias e ferramentas que facilitem o trabalho, garantindo operações organizadas e mais qualidade nos serviços.

Planejar é a base do empreendedorismo. Descubra já o que é um planejamento estratégico e como criar o seu!

Por iFood

Por iFood

2 respostas

  1. Empreender com iFood é um péssimo negócio, pois não repassa os valores dos restaurantes. Tem diversos chamados no ReclameAqui com repasse retido.
    Incompetência e sacanagem. Falta de empatia com o cliente.

    Não tem um canal de atendimento por telefone que se preze.

  2. Olá, parceiro! Se você quer falar sobre assuntos financeiros, como taxas, repasses ou outras cobranças, o ideal é acionar nossa equipe por meio da aba “”Chamados e ajuda”” do Portal do Parceiro. Isso porque temos profissionais especializados no assunto, que podem entender com mais segurança o seu caso e direcionar uma solução.

    Mas há alguns assuntos financeiros que você consegue resolver diretamente no Portal do Parceiro. Acesse este material e saiba mais: https://blog-parceiros.ifood.com.br/casos-financeiros/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

10/12/2023

Culinária brasileira: 10 pratos que conquistam o mundo

09/12/2023

Culinária Nordestina: 9 pratos típicos da região

08/12/2023

Culinária Argentina: 5 pratos surpreendentes

Você vende pelo WhatsApp ou Instagram?

Conheça o Anota AI e otimize a sua jornada de vendas!

anota ai
Confira os ganhadores

Feijoada da Vó

SÃO PAULO - SP

Dubai Shawarmas

NAVEGANTES - SC

Delícias do Pará

CAMPO GRANDE - MS

Duque Lanches

RIBEIRÃO DAS NEVES - MG

Via Sabores Restaurante

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO - SP

Holiebitu'z

MACAÉ - RJ

Akajé - Acarajé Alagoano

MACEIÓ - AL

Deo Salgados

SUMARÉ - SP

Casa do Yakisoba

PARACAMBI - RJ

Viih e Naty Gourmet

PIRACICABA - SP

Açaí da Felicidade - Barra do Ceará

FORTALEZA - CE

The Point Paulista e Pastéis

NATAL - RN

Rancho 26 - Pizzas, Hambúrgueres e Açaí

DUQUE DE CAXIAS - RJ

Sorveteria da Vila

GUARULHOS - SP

Dom Bolo

VIÇOSA - MG

Nuuhh Ki Delicia Açaiteria

UBERLÂNDIA - MG

Açaí Chefe

CASCAVEL - PR

Cookie Coffee Belém

BELÉM - PA

Shams - Shopping

BARRETOS - SP

Dall'alto Doceria

CAMPINAS - SP