Happy hour: 5 dicas para uma diversão garantida

O happy hour é popular em vários países e uma ótima oportunidade de você aumentar suas vendas. A seguir, saiba como aproveitá-lo!

Muito popular não só no Brasil, mas no mundo, o happy hour é um momento de descontração para as pessoas. Já para você, ele também é uma ótima oportunidade de fidelizar clientes e aumentar o ticket médio do seu estabelecimento — valor médio consumido por cliente em determinado período.

Sem tempo para ler? Clique no play abaixo para ouvir esse conteúdo.

Neste post, confira o que é o happy hour e como você pode montar um cardápio ideal. Veja também algumas dicas bem práticas para garantir a diversão dos clientes e se destacar. Boa leitura!

O que é happy hour?

O happy hour é aquele momento de relaxar e confraternizar com os amigos. Ele é muito popular hoje em dia, mas sua origem remonta há décadas. Nos anos 1920, ele teria surgido na Europa, referindo-se ao momento em que marinheiros descansavam a bordo e bebiam.

Já nos Estados Unidos, na década de 1930, o happy hour era um momento de reunião privada, na qual as pessoas bebiam ilegalmente, antes de festas e jantares; já que na época existia a Lei Seca naquele país, que proibia as bebidas alcoólicas.

Atualmente, ele acontece em vários países. É a hora do dia em que amigos ou colegas de trabalho se reúnem em um bar para beber, comer e trocar ideia. Em geral, esse tipo de evento costuma acontecer entre as 17h e 20h, nas quintas ou sexta-feiras.

Tem gente que só fica um pouco e vai embora, mas tem quem aproveite para esticar as horas com os amigos. As pessoas querem conversar, relaxar, dissipar a pressão do trabalho e da semana e, até mesmo, aproveitar para conhecer novas pessoas.

Qual é o cardápio ideal?

Para quem oferece o happy hour, ele permite movimentar o bar em um horário contínuo de pico, garantir o consumo de bebidas e petiscos, além de promover a fidelização dos clientes. Então, o que oferecer e como montar o cardápio?

Uma boa dica é criar um cardápio exclusivo de happy hour. Assim, as pessoas sabem o que está disponível naquele horário e podem pedir com facilidade. Mas também dá para apostar em tudo o que seja rápido de fazer. Afinal, tem gente que “só passa” no happy hour, e depois vai para casa. Veja o que não pode faltar!

Bebidas

Quanto às bebidas de happy hour, as cervejas e os chopes são muito populares. Porém, você pode explorar outras opções. A famosa caipirinha ou a cachaça trazem uma identidade brasileira, por exemplo. Já gim e uísque são escolhas mais sofisticadas, que podem combinar com petiscos de estilo mais gourmet, como aqueles que levam camarão.

Além disso, vale a pena oferecer opções não alcoólicas. Afinal, muitas pessoas não bebem, seja porque vão dirigir, seja por outros motivos. Nesse caso, uma carta de sucos e refrigerantes já é suficiente.

Petiscos

Aqui, vale apostar não só nas opções tradicionais, mas em novas ideias, conforme a sua criatividade. Sendo assim, é possível colocar uma boa variedade no cardápio do happy hour. Por exemplo:

  • bolinho de camarão;
  • porção de calabresa e cebola;
  • batata frita;
  • linguiça;
  • bolinha de queijo;
  • iscas de tilápia;
  • bolinho de carne; 
  • bolinho de arroz;
  • coxinha;
  • minipastel;
  • polenta em quadrados;
  • mandioca frita;
  • amendoim;
  • lanches leves;
  • espetinho;
  • dadinho de tapioca;
  • frango a passarinho.

Além desta listinha, você pode elaborar qualquer outro tipo de receita, inclusive opções vegetarianas ou veganas para nichos específicos. O importante é que o cardápio reflita a identidade do seu bar, tenha comidas leves e rápidas de fazer.

Como garantir a diversão no happy hour?

Além de comidas e bebidas, um happy hour com diversão garante que os clientes fiquem por muito mais tempo. A seguir, veja 5 dicas para garantir que o seu seja um sucesso!

1. Tenha música no ambiente

Música não pode faltar. Por isso, vale a pena criar uma playlist exclusiva para o happy hour, que combine com a hora do dia. Assim, as pessoas podem se sentir mais confortáveis e animadas.

Também é interessante contar com música ao vivo. Isso garante novidades constantes de artistas e promove a interação com o público — as pessoas podem ser incentivadas, por exemplo, a pedir sua canção favorita.

2. Controle o consumo dos clientes

A diversão é garantida para os clientes, mas não pode trazer estresse na hora de pagar a conta: nem para eles, nem para você. Por isso, vale trabalhar com o sistema de comanda individual, na qual a pessoa controla o próprio consumo, ou também de comanda coletiva, feita por mesa.

Nos dois casos, você pode optar pela comanda eletrônica, que facilita o processo e proporciona uma melhor experiência aos clientes. Além disso, é importante incluir sempre a taxa de serviço especificada, para as pessoas saberem pelo que estão pagando.

3. Faça uma boa divulgação

Para o seu happy hour ser um sucesso, a divulgação deve ser forte. Para isso, você pode implementar algumas ideias. Um fotógrafo pode tirar fotos profissionais dos clientes, com sua autorização, e postar nas redes sociais do bar, que tal?

Assim, as pessoas vão ser instigadas a visitar e interagir com a sua página, o que é bom para a presença online e o engajamento. Além disso, outras pessoas que procurarem o local pela internet vão ter noção de como ele é frequentado, e podem se interessar mais.

4. Pense em programações para datas especiais

As ocasiões especiais são uma boa maneira de variar o happy hour tradicional. Nesse caso, é só pegar as datas do calendário mais importantes e criar ações de divulgação. Por exemplo, que tal um happy hour para o Dia dos Namorados ou para o Dia dos Contadores?

Para tornar um dia comum em um momento especial, inclua atrações, como karaokês, e capriche na decoração do bar, para deixá-lo atrativo e instagramável.

5. Aposte também em temas divertidos

Mesmo que o seu não seja um bar temático, vale criar temas pontuais ao longo do ano para variar o cardápio e a decoração. Isso faz com que as pessoas que sempre vão ali não enjoem do local e se sintam em outro lugar. Por exemplo, em outubro, você pode transformar seu happy hour em uma pequena Oktoberfest — festival da cerveja —, com chopes alemães e petiscos do país.

O happy hour existe há décadas e é popular por oferecer momentos únicos de descontração e confraternização. Para seus clientes, ele é divertido e relaxante. Já para você, torna-se um negócio lucrativo.

Gostou das ideias? Então, que tal começar a aplicar as nossas dicas? Confira agora como organizar a música ao vivo e atrair mais pessoas em seu estabelecimento!

Por iFood

Por iFood

2 respostas

  1. Boa noite!
    Estava precisando Montar um happy hour para 3 idade. Poderia me ajudar com algumas idéias?

    1. Legal, Dri! Confira os conteúdos disponíveis aqui no nosso blog e também lá no Youtube @ifoodparaparceiros. 😍❤️

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

21/05/2024

Melhoria contínua: o que é, objetivo e como aplicar

20/05/2024

Confira como foi o Fórum de Restaurantes de Maio

20/05/2024

Embalagem para marmita: 6 melhores opções