Marketing Digital: 5 passos essenciais para sua estratégia!

Confira 5 passos fundamentais para uma estratégia completa de marketing digital para negócios de alimentação!

Desenvolver uma estratégia robusta de Marketing Digital para negócios do ramo da alimentação é fundamental para manter a boa rentabilidade do negócio e um crescimento sustentável. Isso porque, além de ter bons pratos, é preciso saber divulgá-los ao público.

Sem tempo para ler? Clique no play abaixo para ouvir esse conteúdo.

Para se ter uma ideia, somente no Brasil, 81% das pessoas acima de 10 anos utilizam a internet. Estar presente na internet e nas redes sociais deixa de ser um simples diferencial e se torna uma necessidade. Até mesmo pequenas e médias empresas precisam estar nesse ambiente para serem lembradas.

Se você quer aprender como desenvolver uma estratégia para seu negócio e oferecer uma boa jornada de compra a seu cliente, confira os 5 passos fundamentais do Marketing Digital!

1. Análise

A análise do cenário da sua empresa é o primeiro passo para compreender onde você está e em qual ponto quer chegar. Por isso, é preciso analisar desde o ambiente interno da sua empresa, até o seu mercado de atuação.

Objetivos de Marketing Digital

O objetivo de Marketing Digital deve ser compreendido para você ter foco nas ações e alcance resultados adequados às suas necessidades prioritárias.

É comum encontrar diferentes objetivos, como:

  • aumentar as vendas no delivery;
  • conquistar um ticket médio maior;
  • ter uma marca mais forte no mercado;
  • aumentar o número de clientes;
  • fidelizar clientes;
  • divulgar os novos produtos;
  • fazer um reposicionamento de marca;
  • entrar em um novo bairro ou cidade.

Ainda que você tenha se identificado com dois ou mais dos objetivos citados, buque ordená-los conforme sua prioridade.

Comece refletindo sobre qual é o seu objetivo de Marketing Digital. Esse entendimento vai ajudar você a ter mais direcionamento nas ações e, com isso, você tem menos chances de perder o foco.

Assim que você for alcançando resultados esperados de uma ação, você pode investir seus esforços em outros objetivos, até você ter mais autonomia para gerenciar diferentes iniciativas de Marketing Digital.

Marketing Estratégico

O Marketing Estratégico busca estruturar o planejamento de ações que serão desenvolvidas para alcançar os objetivos traçados. Esse conceito descreve não só as ações de curto prazo, mas, principalmente, prepara sua empresa para o futuro.

Nesse momento, você deve traçar como você espera que sua empresa esteja nos próximos anos. Faça desde uma previsão mais curta, de 1 ano, até uma previsão maior, de 10 anos.

Lembre-se de que o Marketing Estratégico vai além de como divulgar seus produtos, mas diz principalmente sobre como estruturar sua empresa para evoluir. Vale a pena traçar suas expectativas pensando em toda estrutura do negócio para os próximos anos. Confira alguns exemplos:

  • 1 ano: aumentar meu número de vendas em X%, conquistando novos clientes do meu bairro;
  • 5 anos: atender toda cidade por meio do delivery, contando com um cardápio ainda mais completo;
  • 10 anos: ter filiais da empresa nas cidades vizinhas, oferecendo um serviço padronizado e de qualidade em todas elas, com uma marca forte e admirada no mercado de atuação.

Com os passos de Marketing Estratégico traçados, você pode desmembrar as iniciativas que precisam ser tomadas hoje para que as metas de curto, médio e longo prazo sejam atingidas.

Análise de concorrência

A análise de concorrência é uma etapa que vai ajudar você a ter uma compreensão de como seu negócio está no mercado de atuação. Para que uma estratégia de Marketing Digital tenha bons resultados, você precisa entender como seu público se relaciona com seus concorrentes diretos, analisando desde os pontos fortes até os pontos fracos.

Para que a análise de concorrência seja realmente efetiva, você deve avaliar toda a jornada de interação dos clientes com essas outras empresas, considerando:

  • como o concorrente se posiciona na internet;
  • qual é o diferencial de cada concorrente;
  • o que as pessoas falam sobre esses concorrentes;
  • como é o cardápio do concorrente, analisando preços e itens;
  • como os concorrentes são avaliados no iFood.

Para ter mais objetividade no estudo, você pode considerar, a princípio, os concorrentes diretos, que são aquelas lojas do mesmo nicho de atuação que a sua, que atendem no mesmo raio geográfico.

Com a evolução da estratégia, aproveite para analisar concorrentes de outros nichos de cozinha, mas que atendem a um público semelhante.

Diferencial competitivo

O diferencial competitivo representa aquilo que os clientes veem de mais interessante no seu cardápio ou na sua marca. Pode acontecer de você não ter conhecimento imediato desse diferencial competitivo. Por isso, o segredo é ouvir os consumidores.

Observe as avaliações que você recebe no aplicativo de delivery, os comentários que as pessoas deixam nas suas redes sociais e também o que seus clientes falam no seu próprio espaço físico.

O diferencial competitivo pode ser bem variado, como:

  • bom atendimento;
  • rapidez no preparo;
  • qualidade da comida;
  • bom custo-benefício;
  • embalagem utilizada, entre outros.

Ao entender seu diferencial competitivo, você pode destacá-lo em sua estratégia de Marketing Digital, dando ênfase no principal benefício do seu negócio.

Da mesma forma, você pode entender aquilo que não favorece seu negócio e colocar em prática algumas ações para melhorar. Se você entender, por exemplo, que a embalagem utilizada não valoriza o produto, você pode considerar a busca por modelos mais adequados.

Público-alvo

O público-alvo é o conjunto de pessoas que consomem os produtos do seu cardápio. Eles podem estar no aplicativo de delivery, nas redes sociais, no WhatsApp e até passando pela porta do seu negócio.

Ao conhecer o seu público-alvo você tem uma compreensão melhor das necessidades e preferências dos seus consumidores. Durante essa etapa, você deve estudar além dos dados demográficos, como idade, renda e onde mora, mas deve observar também as informações sobre o comportamento dessas pessoas.

Note, por exemplo, os dias e horários que você mais costuma vender, assim como os itens que são mais vendidos. Esse tipo de análise pode trazer, até mesmo, ideias de novos itens no cardápio, ou a remoção daqueles que não fazem tanto sucesso.

Outra dica é entender o comportamento do seu público nas redes sociais. Observe quais as redes sociais que mais utilizam, como Facebook, Instagram, TikTok ou WhatsApp. Lembre-se de que você precisa estar aonde o seu cliente está.

Dessa maneira você consegue ter mais efetividade sobre:

  • o que vender: quais são os produtos ou promoções que vão gerar mais valor ao cliente;
  • quando vender: quais são os dias e horários que seu cliente está nas redes sociais e disposto a pedir um prato da sua loja;
  • como vender: qual mensagem utilizar, com qual argumento de vendas;
  • onde vender: qual canal de comunicação deve ser usado para falar com seu público.

Identidade visual

Uma identidade visual consistente é responsável por fazer seu negócio ser lembrado com simples elementos, como uma cor, uma tipografia ou um ícone. Essa etapa é fundamental para sua estratégia de Marketing Digital, já que ela fará com que seu público enxergue sua marca de forma instantânea.

Ao desenvolver uma identidade visual, você consolida uma logo que seja a cara do seu negócio. Todos os elementos devem transmitir a seu público a personalidade do seu negócio, despertando o desejo de consumo.

Por isso, é preciso estudar bastante as cores que serão utilizadas. Empresas de alimentação costumam usar cores quentes, como o amarelo, laranja e vermelho. Isso porque, de acordo com a psicologia das cores, essas cores despertam o apetite e o desejo de consumo.

2. Conteúdo

A etapa de análise compreende a situação da sua empresa e prepara seu negócio para iniciar a estratégia de Marketing Digital. Essa é a base para que a estratégia tenha robustez e alcance os objetivos desejados.

Na etapa do conteúdo você deve colocar em prática todo o planejamento feito, criando peças para valorizar os itens do seu cardápio e os diferenciais do seu negócio.

Artes para redes sociais

As artes para redes sociais são peças utilizadas para conversar com o seu público. Você pode utilizá-las no Instagram, Facebook, WhatsApp ou qualquer outro canal que seja efetivo na sua estratégia.

Nessa etapa, vale a pena optar pela criação de peças que sejam simples, mas trabalhem bem a objetividade do negócio. Até mesmo com ferramentas gratuitas você consegue desenvolver artes que reúnam um breve texto e uma imagem que complemente a mensagem.

A identidade visual criada para seu negócio deve ser utilizada nas suas artes para redes sociais. Assim você faz com que seu público entenda aos poucos quais são os elementos da sua marca, que podem ser identificados em qualquer canal de comunicação.

Fotos de comida

As fotos de comida devem ser bem produzidas para despertar o desejo do seu público. Não é novidade que, na culinária e gastronomia, ver uma foto bem feita faz com que você queira pedir aquele prato.

É um erro pensar que as fotos de comida precisam ser produzidas com equipamentos profissionais, em estúdios de fotografia. Os profissionais da fotografia podem, sim, valorizar bem os seus produtos, mas caso você não possa fazer esse investimento, saiba que com seu próprio celular é possível fazer boas imagens.

Para fazer boas fotos de comida você precisa fazer um bom empratamento, construir uma composição de cena, buscar pelo melhor ângulo e uma boa luz. Com tudo isso em prática, você terá boas imagens para postar nas suas redes sociais e no seu cardápio.

3. Divulgação

Um dos grandes desafios de uma estratégia de Marketing é fazer com que o conteúdo chegue ao público certo. A boa notícia é que existem alternativas que você pode praticar para isso acontecer. Confira!

Redes sociais para negócios de alimentação

As redes sociais para negócios de alimentação devem ser utilizadas conforme o público. De nada adianta você criar um perfil no TikTok, por exemplo, se os seus clientes estão utilizando o Facebook.

Um dos desafios da etapa de análise é compreender em quais canais o seu público está. Então, chegou o momento de colocar em prática.

Além de criar um perfil nas redes sociais mais efetivas para se comunicar com seus clientes, você deve transmitir autoridade do seu negócio e valorizar seus produtos e serviços.

Ao configurar seu perfil nas redes sociais, lembre-se de utilizar fotos adequadas, a logo do seu negócio, faça uma boa descrição da sua empresa e, principalmente, mostre o caminho para que o público compre seus produtos, como o link do seu cardápio digital.

WhatsApp para Empresas

O WhatsApp para Empresas é uma ferramenta de comunicação que não traz os recursos adequados para você efetuar vendas de forma automatizada. No entanto, você pode fazer um uso inteligente dessa ferramenta como um canal de comunicação.

Para usar o WhatsApp para Empresas em sua estratégia de Marketing Digital, você pode, por exemplo, criar listas de transmissão com seus clientes para compartilhar promoções e novidades do cardápio.

Lembre-se de sempre enviar imagens de destaque, já que elas são efetivas para chamar mais atenção do público. Não deixe de apresentar um link para que seus contatos peçam o produto, como o caminho para seu cardápio digital ou o link da sua loja no iFood.

O envio massivo de mensagens também sobre sobrecarregar seus contatos e desengajá-los. Por isso, use esse canal com sabedoria e moderação, para que suas ações sejam efetivas.

E-mail marketing

O e-mail marketing é outro canal de comunicação que faz com que sua marca seja sempre lembrada pelo seu público. Mesmo com o crescimento do uso de aplicativos de mensagens e redes sociais, o e-mail segue sendo uma ferramenta utilizada por muitas pessoas.

Em suas ações de e-mail marketing você pode compartilhar promoções e novidades do cardápio. Outro benefício do e-mail marketing é que você pode realizar os chamados testes A/B, em que você cria duas versões de um conteúdo e avalia o desempenho melhor de cada um deles.

Além de ter um baixo custo, o e-mail marketing é fácil de ser produzido e permite que você fale diretamente com o público interessado em ver suas mensagens.

Para uma estratégia mais avançada, você pode desenvolver ações de automação de marketing criando, por exemplo, landing pages, que são páginas na internet que visam promover alguma interação com o público. Nessas páginas, insira um formulário para coletar contato de potenciais clientes, que receberão seus conteúdos a partir da inscrição.

Google Meu Negócio

O Google Meu Negócio é uma solução que faz com que sua empresa apareça nos mecanismos de busca. Ao se cadastrar no Google Meu Negócio, quem buscar por você poderá encontrar informações como:

  • horário de funcionamento;
  • fotos do local e dos pratos;
  • endereço;
  • link para pedir seus pratos;
  • comentários de outros clientes.

Ainda que o cliente não busque diretamente pelo seu negócio, o Google pode sugeri-lo a quem busca consumir os produtos que você tenha. Se uma pessoa buscar por “pizzaria perto de mim”, por exemplo, o Google vai indicar aquelas pizzarias que estão na redondeza.

Tráfego pago

O tráfego pago é uma tática de Marketing Digital que pode ser usado, até mesmo, por pequenos e médios negócios. Trata-se de um recurso que faz com que seu conteúdo apareça em diferentes canais, como Facebook Ads, Instagram, Google Ads e YouTube.

Seu principal benefício é a velocidade nos resultados. Ao patrocinar o impulsionamento dos seus conteúdos, você tem um retorno em menos tempo e ainda consegue mensurar os resultados, sabendo exatamente o número de pessoas alcançadas.

Para uma estratégia efetiva de tráfego pago, é necessário construir um conteúdo que seja engajante e entregue valor ao público. Além disso, a segmentação deve ser adequada, selecionando o público com o perfil ideal para consumir seus produtos.

Tráfego orgânico

O tráfego orgânico faz com que o público encontre o seu perfil nas redes sociais de maneira espontânea, sem precisar investir financeiramente na divulgação dos conteúdos.

Há uma série de boas práticas que podem ajudar o seu público a encontrar sua marca com mais facilidade, como usar hashtags e construir um bom perfil nas redes sociais, apresentando bem o que você vende.

Para um bom desempenho de tráfego orgânico, é fundamental promover ações de interação com a audiência, respondendo comentários e enviando convites para alguma ação. 

Marketing de Influência

Marketing de Influência é o nome dado à estratégia que usa influenciadores digitais para fazer a divulgação dos seus produtos nas redes sociais.

Por serem figuras conhecidas, normalmente com muitos seguidores nas redes sociais, essas pessoas conseguem fazer com que sua marca chegue a um grande número de pessoas, de maneira natural humanizada.

Até mesmo pequenos e médios negócios podem trabalhar com Marketing de Influência. O segredo está em identificar, por exemplo, os influenciadores locais seguidos pelo seu público.

Como ação, considere enviar produtos do seu cardápio para que a pessoa influenciadora aprecie e compartilhe a percepção nas redes sociais, indicando sua marca para mais pessoas. 

4. Relacionamento

Além de construir uma boa estratégia de divulgação, é preciso focar na construção de relacionamento com seu público. Esse tipo de iniciativa é essencial para uma estratégia de Marketing Digital, já que você cria proximidade com os consumidores.

Engajamento

O engajamento da sua audiência faz com que sua marca tenha uma relação de proximidade com o público, sendo mais lembrada e, consequentemente, mais consumida.

Para engajar alguém, é preciso fazer com que essa pessoa tome alguma ação de interação com seus conteúdos, como:

  • deixar uma curtida;
  • fazer um comentário;
  • compartilhar um conteúdo;
  • clicar em um link;
  • mencionar sua marca.

O bom engajamento nas redes sociais requer o desenvolvimento de conteúdos que sejam interessantes e que despertem a identificação do público. Dessa forma, seu cliente é incentivado a interagir com seus conteúdos constantemente.

Mas lembre-se de que o engajamento faz parte da iniciativa de relacionamento. Por isso, crie uma relação horizontal e interaja com seus clientes, assim como eles interagem com sua marca. Responda aos comentários de forma amigável e respeitosa, sempre humanizando o contato.

5. Mensuração

A mensuração é a última das etapas da jornada de Marketing Digital. Ao mensurar os resultados, você tem visibilidade do desempenho das ações e sabe o que deu certo e o que pode ser melhorado para as próximas iniciativas.

Métricas de Marketing Digital

As métricas de Marketing Digital dão visibilidade às ações que você desenvolveu em busca de atingir os objetivos traçados. Por meio desses dados, você entende o resultado alcançado e faz um balanceamento do investimento.

A finalidade em observar o desempenho das ações é entender a efetividade do investimento, identificar as ações que mais geraram resultados e identificar quais mudanças devem ser feitas para as próximas oportunidades.

As principais métricas de Marketing Digital que devem ser mensuradas são:

  • Custo de Aquisição por Cliente (CAC);
  • Valor médio de consumo (ticket médio);
  • Retorno sobre o investimento (ROI);
  • Valor do tempo de vida do cliente (LTV);
  • Desempenho do Funil de vendas;
  • Engajamento nas redes sociais;
  • Conversões de novos clientes.

Com uma estratégia robusta de Marketing Digital você consegue melhorar o desempenho do seu negócio e se aproximar dos objetivos traçados.

Por isso, invista esforços para fazer um bom planejamento das suas ações, para que os resultados alcançados cumpram às suas expectativas. Vale a pena buscar também por cursos de Marketing Digital que ajudem você a ter ainda mais autonomia para desempenhar as iniciativas.

Quer mais dicas para continuar crescendo seu negócio? Assine a newsletter do iFood para Parceiros e receba materiais exclusivos na sua caixa de entrada.

Por iFood

Por iFood

38 respostas

    1. Oi, Meire. Para restaurantes e lojas, temos um atendimento exclusivo pelo Portal do Parceiro; basta clicar em “Chamados e ajuda” no menu lateral, depois no botão “Atendimento”, que fica no canto superior da tela. Por lá conseguimos te auxiliar ainda mais. ?

  1. Urgente

    Até o momento não foi repassado o valor das vendas: Maria Aparecida da Silva Ferreira – top Massas – Ponta da Praia

    No aguardo

    1. Oi, Maria. Para restaurantes e lojas, temos um atendimento exclusivo pelo Portal do Parceiro; basta clicar em “Chamados e ajuda” no menu lateral, depois no botão “Atendimento”, que fica no canto superior da tela. Por lá conseguimos te auxiliar com repasses e dúvidas financeiras.

    1. Oi, Diego. Vamos conversar mais sobre isso e entender o que pode estar acontecendo. Entra em contato com a gente pelo chat na página de cadastro mesmo – https://parceiros.ifood.com.br/restaurante, clicando no botão que fica no canto inferior direito da tela. Assim conseguiremos te auxiliar ainda mais ?❤️

  2. Boa tarde,

    Como consigo os materiais de divulgação e comunicação como adesivos, diplay do ifood para o estabelecimento?

  3. Caramba @iFood, estou há 1 semana tentando acessar minha conta e não consigo. Já enviei vários formulários e não recebo retorno. Estou apelando por aqui. Tenho 2 lojas e quando entro pelo chat pela loja que consigo acessar, não podem ajudar porque não estou logado. Mas oras, claro que não. Por isso tento o formulário e não tenho retorno. Simplesmente não chega o segundo fator no email cadastrado. Será que alguém consegue me ajudar, por favor?

  4. Olá Adorei do seu artigo/post. Queria compartilhar o PCG para quem estiver lendo. O PCG é um programa que permite anunciar em mais de trezentos e cinquenta sites de classificados grátis, e pode ser uma excelente forma de aumentar a visibilidade de produtos e conquistar novos clientes. Vale a pena conferir.

  5. Oi Gostei da sua publicação. Queria indicar o PCG para quem estiver lendo. O PCG é um software que permite anunciar em mais de 350 sites de classificados sem custo, e pode ser uma excelente forma de aumentar a visibilidade de produtos e atrair novos consumidores. Recomendo muito.

  6. I like what you guys are up also. Such smart work and reporting! Carry on the superb works guys I have incorporated you guys to my blogroll. I think it’ll improve the value of my site 🙂

  7. Acho que deveríamos ter acesso ao entregador , assim como temos com o cliente. As vezes temos um imprevisto e não temos como passar para o entregador e acaba enrolando a entrega toda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

12/07/2024

Estratégias de mercado e inovação: um mergulho no Encontro de Embai...

12/07/2024

Descubra como conquistar o selo de Melhor Serviço e destaque-se nas...

12/07/2024

Aperte o play: o Papo de Mercado começou!