Como amaciar a carne de forma eficiente?

Aprenda a como amaciar carne usando abacaxi, cerveja, bicarbonato de sódio e outras formas para surpreender seus clientes.

Um bom estabelecimento deve sempre se esforçar para oferecer opções de carne saborosas para a clientela. Por esse motivo, entender como amaciar carne e trabalhar da maneira correta com proteínas mais firmes e fibrosas faz a diferença no preparo das receitas.

Sem tempo para ler? Clique no play abaixo para ouvir esse conteúdo.

Sem esse cuidado, pode ser mais complicado trabalhar com peças que não sejam de primeira. Assim, acaba afastando clientes que desejam combinar preço acessível, qualidade e uma textura agradável.

Continue a leitura e entenda a importância de amaciar a carne e conhecer alguns truques para alcançar os melhores resultados!

Por que é importante amaciar uma carne?

É importante amaciar uma carne, pois alguns cortes de carne para churrasco, por exemplo, são mais fibrosos e rígidos. É o caso da fraldinha, acém e patinho, que são comumente usados nesses tipos de preparos. Por esse motivo, exigem um cuidado especial para garantir um resultado mais saboroso.

Os amaciantes de carne são usados em peças com mais nervos, fibras e gordura para romper essas ligações. Assim, as carnes adquirem uma textura mais macia, proporcionando uma opção mais agradável ao cliente.

Quais são as formas de amaciar a carne?

É possível amaciar a carne com suco da casca de abacaxi, limão e vinagre, mamão, cerveja, bicarbonato de sódio, leite, entre outras formas.

A seguir, conheça as técnicas mais eficientes.

Suco da casca de abacaxi

Bata a casca lavada do abacaxi com água e depois coe. Em seguida, acrescente água à mistura e despeje sobre a carne em uma tigela (¼ de xícara de chá de suco de abacaxi para cada 1 kg de carne). Deixe marinar fora da geladeira por 10 minutos e escorra o suco. Finalize temperando a carne como desejar.

O ideal é usar apenas a casca para que o sabor da polpa não interfira no gosto da carne

Limão e vinagre

Misture ½ xícara de chá de vinagre, ½ limão e 2 colheres de sopa de azeite e despeje sobre a carne. Você pode temperar essa mistura antes de regar a proteína. Deixe descansar por 10 minutos e finalize a receita.

Mamão

Metade de um mamão papaya verde é o suficiente para amaciar 1 kg de carne. Bata a fruta no liquidificador até obter um creme e tempere. Espalhe a mistura sobre a carne e deixe descansar por 10 minutos fora da geladeira. Antes de preparar, remova o excesso de mamão usando um papel toalha.

Cerveja

A cerveja é outra boa opção para quem pensa em como amaciar carne, já que essa técnica não deixa sabor. Para cada 1 kg de carne, utilize 1 lata de cerveja. Basta despejar a bebida sobre a carne em um recipiente e enchê-lo de água até cobrir o alimento. O tempo para marinar é de 15 minutos.

Bicarbonato de sódio

Passe o bicarbonato de sódio por toda a carne e deixe a peça descansar por 2 horas. O próximo passo é lavar a proteína em água corrente para depois temperar.

Leite

Ideal para amaciar bifes cortados finos, cubra a proteína com leite em uma vasilha. Se preferir, você pode temperar o leite nesse momento. Deixe descansar na geladeira por 5 horas e, em seguida, escorra bem o leite dos bifes.

Vale a pena usar um amaciante de carne?

Usar um amaciante de carne vale a pena para que o seu empreendimento ofereça uma experiência sensorial mais atraente à clientela. Porém, é importante que a técnica para amaciar carne seja feita da maneira correta e usando as proporções indicadas.

No caso dos amaciantes em pó industrializados, por exemplo, o excesso pode ser prejudicial à saúde. Afinal, é comum terem como acompanhamento uma quantidade elevada de sódio e aditivos.

Além disso, podem conter algum tipo de substância a qual o cliente é alérgico ou intolerante. É o caso de componentes que contenham glúten ou lactose nas suas fórmulas, por exemplo.

Por esse motivo, os amaciantes naturais são sempre os mais indicados para reduzir a rigidez das carnes. Também é importante considerar os gastos do estabelecimento com o uso dos amaciantes, sejam eles naturais, sejam eles industrializados.

Ainda vale lembrar que o sal não deve ser considerado uma alternativa para amaciar carne. Esse tempero pode trazer o efeito contrário, deixando o alimento ainda mais resistente. Outro item a ser evitado é o refrigerante de cola, que pode deixar um resíduo de sabor no item finalizado.

O que substitui amaciante de carne?

Usar martelinho de carne, fazer cortes no sentido contrário aos das fibras e selar a carne são opções que substituem o amaciante. 

Aprenda a como amaciar carne rapidamente, sem usar qualquer amaciante na sua churrascaria ou restaurante!

Usar martelinho de carne 

O martelinho de carne é um bom aliado para quem deseja amaciar a carne sem uso de aditivos. Usar esse utensílio ajuda a quebrar as fibras da proteína, além de fazer com que os pedaços se tornem mais finos.

O processo não poderia ser mais fácil: basta bater com o martelinho sobre a peça, até que ela fique bem achatada. Após deixar a carne mais macia, adicione os temperos como de costume.

Fazer cortes no sentido contrário ao das fibras

Essa técnica é usada para qualquer tipo de carne, desde as mais rígidas até os cortes mais nobres. Você deve fazer cortes superficiais sobre a carne, no sentido contra as fibras.

O segredo dessa estratégia é que os cortes vão facilitar a entrada do calor com maior rapidez. Dessa forma, o processo de cocção é acelerado, deixando a mastigação mais fácil e agradável.

Selar a carne 

O processo de selar permite que o “suco da carne” seja retido. Após selar ambos os lados, deixe a carne descansar por alguns minutos para só depois temperar e finalizar o preparo. Dessa forma, o resultado é um item mais macio e suculento.

Agora, você já sabe como amaciar carne usando técnicas simples e eficazes. Assim, o seu estabelecimento poderá sempre oferecer opções com textura e qualidade impecáveis, mesmo ao trabalhar com carnes menos nobres.

Gostou do artigo? Então, baixe o e-book gratuito sobre as tendências do delivery e mantenha-se à frente da concorrência.

Por iFood

Por iFood

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

20/05/2024

Confira como foi o Fórum de Restaurantes de Maio

20/05/2024

Embalagem para marmita: 6 melhores opções

19/05/2024

Promoção de vendas: 5 dicas para o seu sucesso