8 exemplos de Inteligência Artificial

Sabia que a IA pode marcar presença na rotina do seu negócio? Confira exemplos de inteligência artificial práticos para você se inspirar!

Qual é a primeira coisa que surge na sua mente quando você pensa em exemplos de Inteligência Artificial (IA)? Se a sua resposta tem a ver com robôs ou máquinas inteligentes, ela não está errada. Contudo, essa ideia vai muito além disso e marca presença no cotidiano com frequência. Fato é que as soluções de IA chegaram com força no mundo dos negócios.

Elas reúnem uma série de softwares e dispositivos com códigos computacionais e uma lógica semelhante ao pensamento humano. Assim, um aparelho ou sistema com IA pode duplicar comportamentos de funcionários, atender ao público, analisar o perfil de consumo dos clientes, controlar estoques, prestar suporte técnico, planejar rotas de entrega, entre outras atividades.

Confira exemplos de Inteligência Artificial na prática e saiba como esses recursos fazem parte do seu dia a dia!

O que é a Inteligência Artificial?

A IA corresponde a um campo da ciência da computação que busca formas para que dispositivos, máquinas, sistemas e softwares funcionem de forma autônoma, sem interferências humanas. O objetivo é desenvolver tecnologias capazes de aprender, interpretar, analisar e agir por conta própria, como as pessoas fazem. Tudo isso é possível por meio de desdobramentos da Inteligência Artificial conhecidos como machine learning e deep learning.

Esses recursos de automação são tão práticos que nem são percebidos no dia a dia. Por exemplo, é graças à tecnologia com IA integrada que plataformas recomendam séries e filmes conforme o perfil do usuário ou examinam o trânsito em tempo real, sugerindo as melhores rotas.

Nas empresas e comércios, as soluções tecnológicas estão cada vez mais eficientes. Com elas, é possível automatizar atendimentos, aprimorar processos comerciais, simplificar tarefas de rotina, otimizar pagamentos e cruzar informações a fim de melhorar a jornada comercial dos clientes.

Quais as vantagens do uso da IA?

Conheça os benefícios do uso e das aplicações de Inteligência Artificial nos negócios:

  • coleta de dados relevantes — os recursos tecnológicos favorecem a coleta de informações do público-alvo tanto em estabelecimentos físicos quanto em ambientes virtuais, permitindo levantar informações estratégicas que envolvem interesses e hábitos de compra;
  • melhoria no atendimento — assistentes virtuais e chatbots agilizam o contato e tornam a relação entre ambas as partes mais rápida e dinâmica;
  • automação de tarefas — a informatização realizada pela IA pode automatizar atividades do cotidiano, como conciliação bancária, controle de fluxo de caixa, gestão de estoque, previsão de vendas, entre outras;
  • experiência do consumidor — a IA favorece a coleta, o acompanhamento e a análise de dados sobre compras e relacionamento com a clientela. Por meio dessas referências e padrões, é possível elaborar abordagens comerciais que aumentam as chances de venda.

8 exemplos de Inteligência Artificial

Existem diversos exemplos práticos de IA na gestão de negócios. Na sequência, conheça os mais evidentes!

1. Uso de bots para atendimento ao cliente

Bots são programas de computação desenvolvidos para funcionar em aplicativos online a fim de executar funções repetitivas e automatizadas. Por exemplo, os chatbots com IA integrada foram elaborados para interagir com o cliente a partir de dados e respostas do público, simulando conversas humanas em tempo real.

Essa tecnologia agiliza atendimentos em canais que costumam receber sempre as mesmas perguntas e reclamações. Ela pode ser aplicada na seção de suporte ao consumidor no site da empresa e em perfis oficiais nas redes sociais (Facebook, Instagram, LinkedIn, WhatsApp), agilizando respostas e liberando o time de atendimento para atividades mais estratégicas.

2. Análise do comportamento do consumidor

Com a IA aplicada ao varejo, o sistema de gestão do seu negócio aprende com o comportamento dos clientes, o que permite oferecer uma jornada comercial mais personalizada. Os recursos tecnológicos aprendem os hábitos de consumo do público e oferecem opções compatíveis com seus interesses.

Além disso, o aplicativo ou programa também analisa os dados coletados para aprimorar estratégias de marketing, por exemplo. Quando realizada corretamente, a utilização de informações geradas pode trazer noções valiosas sobre os consumidores, como estilo de vida e interesses.

3. Otimização do processo de compra e estoque

Outra maneira de encontrar a IA no mundo dos negócios é por meio de ferramentas que otimizam processos de compra. Esse tipo de aplicativo avalia os registros sobre a compra de insumos e matérias-primas conforme a previsão de venda para os próximos meses.

O programa levanta e analisa tudo por meio das informações presentes no banco de dados, o que não poderia ser realizado com facilidade por uma pessoa. Essa capacidade é aplicada para melhorar o gerenciamento de estoque de um estabelecimento a fim de aprimorar os processos de armazenamento e reposição.

4. Aplicativos de rotas

Ao pensar em uma rota de entrega, basicamente é preciso se deslocar de um ponto até o outro ou passar em diversos destinos durante o trajeto, como no caso de entregas simultâneas realizadas por restaurantes, lanchonetes, docerias, pastelarias etc.

Aplicativos populares, como o Google Maps e o Waze, são campeões no que se refere à navegação. Porém, nenhum deles faz uma roteirização detalhada com base nas características da entrega a ser realizada para os clientes.

Nesse sentido, o roteirizador se faz necessário, pois vai além de traçar uma rota que conecta dois endereços. Esse software levanta uma série de detalhes relevantes para que o planejamento da rota seja mais eficiente, reduzindo a distância percorrida, tempo das entregas e os custos, bem como aumentando a produtividade e a segurança das operações.

Alguns fatores que um aplicativo de roteirização considera ao planejar rotas de entrega:

  • distribuição e características dos produtos a serem transportados pelo carro ou motocicleta;
  • cálculo do prazo de entrega conforme as atividades do estabelecimento e do endereço do cliente;
  • priorização de entregas no caso de alimentos que devem ser consumidos logo após o preparo;
  • restrições de bairros.

Por isso, aplicativos de rotas são essenciais para empreendimentos que desejam agilidade e eficiência na hora de prestar serviços de entrega aos consumidores.

5. Análise preditiva

Nos últimos anos, os dados assumiram um grande papel dentro das organizações. Eles operam como ferramentas de insights para tomadas de decisões realmente precisas e capazes de gerarem valor para as pessoas e empresas.

A análise preditiva pode antecipar eventos que, baseados em tendências, foram similares ao passado. E precaver é fundamental para evitar a recorrência de problemas e cenários.

Aquela máxima de “aprender para não repetir” pode ser aplicada com eficiência a partir da Inteligência Artificial.

Com o conhecimento contínuo a partir de padrões e repetições, a IA gera a análise preditiva de forma recorrente.

6. Automatização de processos 

Automatizar processos reduz custos. Isso principalmente porque a automação é uma facilidade, promovendo agilidade e otimização de tempo.

Aqueles processos repetitivos podem ser automatizados, como a retirada e pedidos de um restaurante. Dessa forma, você consegue tornar uma tarefa operacional em algo automático e ágil

A automação também previne alguns custos com falhas e erros humanos. Imagina a situação de uma pessoa não repassar a tarefa para a próxima etapa? Com a automação esse cenário é evitado.

7. Detecção de fraudes 

As fraudes são verdadeiros riscos para toda a operação. Além de gerarem grandes prejuízos, elas podem afetar a sensação de segurança que seus clientes têm com a sua marca.

Ou seja, é um verdadeiro cenário desastroso que precisa ser evitado. Por meio da Inteligência Artificial fica mais fácil mapear toda a aplicação em busca de possibilidades de cenários de fraudes.

Um bot pode, por exemplo, mapear situações e comportamentos suspeitos como um novo cliente que faz pedido com valor muito alto.

8. Personalização 

Uma experiência personalizada é cada vez mais demandada pelos clientes. Eles desejam ser tratados de forma customizada, a partir dos seus gostos e desejos.

Com os algoritmos das plataformas é possível fazer o mapeamento do padrão de comportamento das pessoas e organizar as ofertas de forma compatível com esses desejos.

O iFood, por exemplo, é uma plataforma que utiliza os algoritmos para sugerir lojas, pratos e promoções aos clientes. Nesse caso, a sua loja aparecerá no iFood conforme atender às exigências dos clientes.

Os exemplos de Inteligência Artificial nos negócios mencionados são praticamente indispensáveis para garantir o sucesso operacional do seu estabelecimento. Com uma transformação digital bem planejada, você tem a oportunidade de se destacar diante da concorrência e de obter melhores resultados.Saiba mais sobre a digitalização de empreendimentos alimentícios e continue entendendo como a tecnologia pode impulsionar o seu negócio!

Qual é a primeira coisa que surge na sua mente quando você pensa em exemplos de Inteligência Ar

Por iFood

Por iFood

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

23/04/2024

Não julgue APENAS pela casca: veja como escolher os melhores legume...

23/04/2024

Embalagem de produtos: transformando compras em experiências

23/04/2024

Conheça 4 molhos para macarrão que são deliciosos

 

Ingressos disponíveis!

Garanta sua presença no evento que vai mover o mercado de Food Delivery