14 dicas para tirar fotos de comida com o celular

Confira essas dicas sobre como fazer foto de comida. Descubra como encontrar o melhor ângulo e como funciona a iluminação.

As imagens são recursos extremamente importantes para quem compra e vende pela internet. Quando produzidas com qualidade, geram um diferencial competitivo pela entrega dos melhores detalhes dos produtos. Isso também vale para as fotos de comida que despertam o interesse da audiência em saborear cada receita.

Sem tempo para ler? Clique no play abaixo para ouvir esse conteúdo.

Se você trabalha no ramo da alimentação, precisa investir em bons cliques para que a percepção do público seja positiva. A ideia é tirar proveito máximo da luz, do cenário e outros pontos que só enriquecem a descrição dos pratos. Inclusive, compensa avaliar o desempenho de cada material nas redes sociais para descobrir o que realmente traz resultados.

Que tal começar esse processo com a ajuda do seu celular? Confira as dicas do Betto Auge sobre o assunto!

1. Conte uma história

A boa comida está presente em vários momentos de nossas vidas. Não é à toa que muitas memórias são construídas a partir da degustação de pratos que têm significados especiais, desde um bolo simples até um menu completo. Você pode acionar essas lembranças ao contar histórias por meio de fotos.

Pense na sua audiência para elaborar uma imagem que faça as pessoas retomarem situações agradáveis, sempre com foco em alguma refeição. Ao considerar seus hábitos, estilo de vida e preferências, fica mais fácil criar uma conexão e aumentar as vendas de determinado produto.

2. Configure o seu celular

Você não precisa ter equipamentos profissionais para produzir fotos de qualidade. Com os devidos ajustes, dá para aprimorar os resultados da câmera do seu celular. A maioria dos aparelhos conta com o modo PRO, também chamado de MANUAL, que possibilita ao usuário alterar diversas configurações.

A dica é explorá-lo até obter os melhores efeitos. Ao mexer no balanço do branco, por exemplo, você consegue deixar as imagens com um tom mais quente ou frio. Já o recurso ISO serve para determinar a sensibilidade da câmera à luz e o nível de brilho desejado. Outro item relevante é a velocidade do obturador, que deve estar mais alta na hora de clicar cenas em movimento.

3. Construa o fundo da foto

Essa é uma das dificuldades de quem está aprendendo como tirar fotos de comida. Um bom truque é lembrar de que o prato sempre será o protagonista da imagem, portanto, precisa ficar em destaque. Isso exige um fundo discreto e livre de elementos que possam desvalorizar o clique.

Para construir a base, siga o famoso conselho “menos é mais”: esconda itens inadequados e evite excesso de informação, como mistura de texturas e acúmulo de coisas. Antes de registrar o prato, faça testes para obter o melhor ângulo e incremente o visual apenas com aquilo que faz sentido à imagem, como utensílios ou especiarias.

fundo da foto

4. Faça composição de cena

Ainda falando sobre fundo, é crucial que você planeje o conjunto de materiais que farão parte da foto. O fundo em cores neutras ajuda a manter a comida em evidência, mas pode receber alguns volumes para que a produção não fique pobre. Um bom exemplo é acrescentar alguns ingredientes do prato na composição da cena.

Você pode seguir o mesmo processo na produção de diferentes materiais: publicação de nova receita, passo a passo da montagem de um prato e até anúncio para divulgar promoções com condições especiais.

composição de cena

5. Tire proveito das cores

Já percebeu como certas paletas parecem funcionar em diversas propostas? O segredo está na observação do círculo cromático, uma ferramenta que organiza as cores em posições fixas e orienta a combinação harmônica das tonalidades. Vale a pena estudar mais sobre esse incrível recurso e usá-lo a seu favor.

Para compor fotos com duas cores predominantes, por exemplo, aposte em uma dupla de tons complementares. São aqueles que se encontram em direções opostas do círculo cromático — como verde e vermelho, roxo e amarelo ou laranja e azul.

cores foto de comida

6. Use a luz ambiente

Outra tática de como fazer boas fotos de comida tem a ver com o controle das luzes que chegam ao ambiente. Tanto fontes naturais quanto artificiais precisam ser consideradas no preparo do cenário, visto que afetam as imagens de forma positiva ou negativa.

Evite feixes que possam gerar reflexos indesejáveis perto dos alimentos. Também tenha em mente que a tonalidade da iluminação varia ao longo do dia, podendo ser mais fria ou pender para as cores quentes.

7. Escolha o melhor horário

Por falar em luz natural, saiba que a condição perfeita para os cliques depende de dois principais fatores: a trajetória do sol e a posição das aberturas do imóvel que abriga o cenário. Você já deve ter percebido que o excesso de luz não favorece as fotos por conta do brilho exagerado.

Assim, uma boa alternativa para produzir imagens que agradem o público é priorizar os horários que fornecem iluminação mais suave, como o instante que sucede o nascer do sol e os minutos que antecedem o por do sol. A coloração amena desses períodos vai deixar tudo equilibrado.

iluminação de foto de comida

8. Trabalhe a iluminação

Nem sempre é possível aproveitar o melhor momento do dia para fotografar as refeições. Nesses casos, você pode usar ferramentas e técnicas específicas. O rebatedor de luz é um bom exemplo porque consiste em uma peça lisa e branca que reflete a claridade, direcionando-a para o local desejado.

Você pode improvisar esse material com uma placa de MDF, pedaço de isopor, folha de papel e até forma de alumínio. Com ele, será muito mais fácil ajustar a iluminação para evitar sombras sobre os elementos que compõem o prato.

9. Dê movimento às fotos

Uma ótima estratégia para tornar os preparos do seu negócio mais interessantes é trabalhar com registros de ações: uma garfada para mostrar os recheios da torta, um derramamento de calda sobre o bolo, um corte que faz sair fumaça do pastel e até uma mordida generosa na pizza.

O fato é que as fotos de comida em movimento ajudam a despertar os sentidos, fazendo com que as pessoas tenham vontade de viver a mesma experiência apresentada. O ideal é produzi-las com calma, sem gestos bruscos que possam deixar a imagem tremida ou borrada.

foto em movimento

10. Defina o formato

Esse cuidado é fundamental para que os materiais visuais apareçam em todas as plataformas, redes e aplicativos em que você fará a divulgação da comida. Pense que cada espaço online tem suas particularidades e regras para expor imagens, com variações de sentido (vertical ou horizontal) e até dimensões.

Existem muitas ferramentas úteis para adequar o tamanho da imagem. Um formato que deixa o conteúdo mais bonito e funcional para diferentes redes sociais é o 4×5 e o 9×16. Para aplicativos de delivery, o formato correto é o 4×3. Portanto, defina esse aspecto antes de publicar para fazer os devidos ajustes e não perder tempo com retrabalho.

11. Valorize o brilho da comida

Os alimentos parecem mais apetitosos quando trazem certo nível de brilho. Afinal, essa característica traz noção de profundidade e destaca as texturas de vários ingredientes, evitando a temida aparência artificial.

Só tenha cuidado para que a disposição da luz não produza efeitos cintilantes sobre os utensílios, pratos e demais itens secundários da cena. O brilho deve estar limitado aos componentes da refeição, de modo que valorize o produto que você vai vender.

iluminação foto de comida

12. Busque o melhor ângulo

Não há regra sobre a distância ideal do prato em relação à câmera. Porém, saiba que algumas posições são extremamente atrativas para fotos de comida e podem ser usadas no clique de diversos itens do cardápio. Veja três delas e suas principais indicações:

  • 45 graus — a partir do olhar de quem está sentado de frente para o prato, olhando para baixo;
  • 90 graus— quando se fotografa o prato de cima, posicionando o celular deitado e com a câmera apontando para a mesa;
  • 0 ou 180 graus — ângulo que registra o prato de lado, a fim de demonstrar a imponência de alguma extremidade.
melhor ângulo foto de comida

13. Evite zoom e flash

Um dos erros de quem está fazendo foto de comida é aproximar a imagem com o zoom do celular. Esse recurso faz com que a imagem perca definição e, portanto, tenha menos qualidade. O ideal é levar a câmera mais perto do objeto a ser clicado sempre que você precisar mostrar detalhes.

Outra função inadequada é o flash, pois gera uma luz intensa que ofusca os relevos dos alimentos. Ele deixa o cenário confuso justamente por não permitir que o observador enxergue os detalhes da refeição. Nesse sentido, evite ao máximo se não quiser um efeito de achatamento.

14. Use aplicativos de edição

Filtros podem ser bastante tentadores por conta da variedade de efeitos que carregam. O problema é que eles podem deixar suas imagens irreais devido à mistura de cores e outros atributos que seriam dificilmente encontradas em um prato montado no dia a dia.

Como alternativa, você tem acesso a aplicativos de edição que ajudam a destacar as melhores características dos alimentos. Alguns são gratuitos e entregam uma infinidade de recursos, como é o caso do Lightroom e do Snapseed. Faça o teste e deixe suas imagens mais profissionais.

Com um bom planejamento e execução das suas fotos de comida, seus pratos podem alcançar positivamente ainda mais pessoas. Além de imagens de qualidade, é importante que todas as publicações venham acompanhadas de conteúdos descritivos que indiquem todos os pontos altos dos produtos.

Quer aprender ainda mais sobre como engajar seu público? Confira essas dicas sobre como criar artes para redes sociais!

Por Betto Auge

Por Betto Auge

42 respostas

    1. Oi, Paulo. Muito obrigado! ? Queremos trazer cada vez mais conteúdos como esse. Fica atento ao blog pra não perder atualizações. <3

  1. Pra que aparecer na foto se vocês alegam que o plano entrega fácil não pode ser aplicado no meu estabelecimento , mesmo morando a 100 metros de um Mac Donalds com milhares de motoqueiros de vocês , um supermercado que também trabalha com Ifood , e todos os pedidos que eu faço pelo Ifood recebo normalmente , porquê essa discriminação????

    1. Oi, Fabiana. Se você possui o Plano Básico e deseja atuar com Entrega Fácil, precisaremos de mais informações para verificar a disponilidade. Você poderia entrar em contato com a gente via Portal do Parceiro? Basta acessar a aba “Chamados e ajuda” do menu lateral e clicar no botão “Atendimento”, ou ir direto neste link: https://portal.ifood.com.br/cases/help. 🙂

    1. Oi, Vagner. Precisamos de mais informações para entendermos como te ajudar. Por isso, pedimos que, para qualquer dificuldade, entre em contato com a gente via Portal do Parceiro, clicando em “Chamados e ajuda, logo em seguida em “Atendimento”. 😉

    1. Oi, Vagner. Precisamos de mais informações para entendermos como te ajudar. Por isso, pedimos que, para qualquer dificuldade, entre em contato com a gente via Portal do Parceiro, clicando em “Chamados e ajuda, logo em seguida em “Atendimento”. ? Estamos à disposição por lá. ?

    1. Ficamos muito felizes por isso. ? Conta com a gente sempre que precisar! E não deixe de conferir os demais conteúdos aqui do blog. <3

    1. Oba! Ficamos muito felizes por você ter curtido as dicas. <3 Tem mais conteúdos como esse aqui no canal, não deixe de conferir. 😉

    1. Oi, Terezinha. Certo, mas ainda dá pra investir em boas fotos dos seus lanches, tiradas pelo celular mesmo. 😉

    1. Boa, Francinalva! Ficamos muito felizes que você tenha curtido as dicas. <3 Aqui no blog tem mais conteúdos como esse. ?

  2. Qual o tamanho ideal para as fotos do feed, 3×4 fica muito grande e na hora de cortar não fica bom

    1. Oi, Paulo! Legal que quer melhorar ainda mais a experiência dos seus clientes. ❤️ Em alguns aplicativos de edição você já consegue configurar a imagem para o tamanho ideal pra postar.

    1. Oi, Guilherme! Você consegue configurar o horário de funcionamento da sua loja lá pelo Portal do Parceiro. ? Qualquer coisa chama a gente por lá!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

11/07/2024

Growth Marketing: entenda como aplicar no negócio para aumentas as ...

10/07/2024

Case de sucesso: entenda como o Forno Paulista voou com o iFood

10/07/2024

Como transformar o Dia Mundial do Rock em uma oportunidade de vendas