5 habilidades profissionais importantes para gerenciar seu negócio na gastronomia

Como desenvolver habilidades de gestor gastronômico? Qual é a melhor iniciativa nesse sentido? Leia este post para descobrir!

Algumas habilidades profissionais são extremamente relevantes para o ramo da gastronomia. Isso vai além do conhecimento técnico, já que a capacidade de formar bons relacionamentos também é essencial. No entanto, alguns empreendedores ainda buscam o equilíbrio perfeito entre os dois campos.

É fundamental notar que algumas capacidades profissionais importantes nem sempre têm relação com a gastronomia em si, como é o caso das habilidades interpessoais. Sim, o conhecimento técnico é essencial, mas o profissional moderno é aquele que consegue se destacar em vários campos: organização, visão gerencial, conhecimentos de nicho, entre outros.

Continue a leitura para conhecer as principais habilidades específicas para turbinar a sua carreira no setor gastronômico!

1. Organização

Ter um bom senso de organização é essencial no ramo gastronômico. As equipes dos estabelecimentos alimentícios precisam de agilidade para cumprir prazos, servir a diversos clientes ao mesmo tempo, lidar com as necessidades do delivery e ainda manter a boa qualidade da comida.

Para que as tarefas sejam realizadas com agilidade e precisão, nada melhor do que ter um ambiente de trabalho organizado. Você saberá onde cada ingrediente estará, o que precisa ser reposto no estoque e as demandas individuais de cada funcionário.

Isso só é possível se a equipe trabalhar alinhada. Reúna-se periodicamente com os colaboradores, ao menos uma vez a cada 15 dias. Revise as diretrizes do estabelecimento com eles, passe feedbacks sobre o nível de trabalho alinhado e conscientize o time sobre a importância de buscar a organização no ambiente de trabalho.

2. Liderança

Embora seja importante oferecer autonomia para os colaboradores, uma ou mais pessoas precisam ditar os rumos do empreendimento. Isso é o que garante que os processos estarão realmente alinhados, com as equipes trabalhando em conjunto para que as metas do negócio sejam atendidas.

Você deve estar se perguntando: quem é que define essas metas? Os líderes. Nesse contexto, ter um senso de liderança garantirá que os colaboradores tenham uma visão bem definida do que se espera deles. Contudo, é preciso que não se confunda “liderança” com “liberdade para hostilizar os trabalhadores”, o que inevitavelmente resultaria em um ambiente tóxico.

Um ambiente tóxico mina a produtividade e a criatividade. Pior, ainda minimiza as chances de que colaboradores talentosos queiram trabalhar nesse empreendimento. Consequentemente, o nível de retenção de talentos também cai.

Inclusive, a terceira edição da pesquisa Inteligência Emocional e Saúde Mental no Ambiente de Trabalho, realizada pela consultoria Robert Half, apontou que um ambiente tóxico é o principal motivo para os pedidos de demissão:

“Fala-se muito do líder que inspira, engaja e influencia positivamente. Mas a alta direção das organizações e o RH precisam manter atenção com relação aqueles gestores que, por meio do seu modo de gerir, causam impactos negativos na qualidade de vida, no bem-estar, no desempenho e na produtividade dos liderados.”

3. Gerenciamento adequado de pessoas

Um comércio alimentício, mesmo os menores, é composto por diversos colaboradores. Além de cozinheiros e chefs, temos os auxiliares de cozinha, gerente, profissionais de limpeza, garçons, atendentes etc. Em alguns casos, também é preciso citar os entregadores fixos.

Muito mais do que ser uma boa liderança, o gestor gastronômico precisa ter jogo de cintura para lidar com diferentes perfis de pessoas. Será necessário desenvolver um bom relacionamento com cada um deles, levando em conta as características do trabalho.

Todas essas profissões lidam com pressão, uma vez que há a obrigação de entregar o pedido para os clientes dentro de faixas estabelecidas de horário. Por isso, seja educado para abordar cada um deles e tenha bom senso: escolher o final de um dia particularmente corrido para um feedback extremamente negativo pode não ser a melhor alternativa.

Uma dica para desanuviar o ambiente em comércios alimentícios com um alto nível de pressão sobre os colaboradores é organizar atividades de voluntariado, assim como outras formas de entretenimento coletivo.

4. Visão gerencial

Ter uma visão gerencial vai ajudar os empreendedores a identificarem boas oportunidades de negócio. Dentro dessa característica, também é importante para investigar o trabalho dos concorrentes e mapear as necessidades das pessoas. Como se não bastasse, ainda é uma habilidade importantíssima para gerir o dia a dia do estabelecimento.

Com tudo isso em mente, não é exagero dizer que o trabalho de gestão no setor gastronômico demanda uma visão gerencial “360 graus”. É preciso estar atento a diferentes aspectos, desde as tarefas do dia a dia até um trabalho de investigação da região em que se atua, assim como do mercado como um todo.

Caso você sinta que ainda tem muito a melhorar em termos de atividades gerenciais, pode buscar a mentorias de profissionais de sucesso no ramo.

5. Conhecimentos de nicho

No setor alimentício, ter conhecimentos de nicho significa conhecer bem o que se vende e ter uma visão global do universo da comida. É preciso acompanhar as tendências para descobrir como essas oscilações afetam o trabalho diário dos profissionais de alimentação.

Caso os gestores de uma confeitaria descubram que uma nova sobremesa tem ganhado terreno na região em que atuam, caberá a eles decidirem se aquela é uma oportunidade para explorar a longo prazo ou se é apenas uma tendência que não durou muito em outras partes do mundo.

Esse é um exemplo de conhecimento prático do nicho. Imagine se a mesma confeitaria tivesse abandonado todos os seus bolos bem avaliados para investir seus recursos na moda das paletas mexicanas: o trabalho de voltar à rotina de antes pode ser bem pesado.

iFood Decola: desenvolvendo habilidades profissionais

Ok, você conheceu as principais características para se tornar um gestor bem-sucedido no campo gastronômico. Algo que vem muito a calhar é um programa estruturado para que você desenvolva diversas competências essenciais, como a expertise profissional aliadas às habilidades interpessoais.

É a proposta do programa iFood Decola. A plataforma de conhecimento surgiu em 2021, a partir de uma compreensão de como a educação tem um papel preponderante na boa formação de líderes do setor gastronômico.

Isso é feito por meio de cursos rápidos e gratuitos aos parceiros do iFood, que ajudam empreendedores brasileiros a desenvolver habilidades técnicas e humanas. É, basicamente, um delivery de conhecimento para quem quer crescer no campo.

Mais de 135 mil pessoas já se inscreveram na iniciativa, começando a transformação individual por meio da educação focada. Vale lembrar que o iFood Decola foi desenvolvido com base no conhecimento de profissionais especialistas no mercado de alimentação e delivery, o que o torna essa plataforma ainda mais confiável.

Por meio dela, você aprende com o auxílio de profissionais já estabelecidos e que conhecem todos os caminhos para se dar bem no ramo gastronômico brasileiro. Você poderá estudar nos horários que quiser, com uma ferramenta intuitiva que pode ser utilizada até por pessoas sem grande expertise profissional em tecnologia

Para triunfar no setor gastronômico, é preciso ter várias habilidades profissionais. Além de capacitação técnica, aptidões interpessoais também ajudam muito a administrar uma equipe de qualidade. Como se não bastasse, a visão gerencial também deve ser ampla — de modo a mapear as tendências e oportunidades de mercado.

Quer saber mais sobre os cursos oferecidos pelo iFood? Então, saiba mais sobre a iniciativa Decola!

Author picture

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

23/05/2024

Cultura data-driven: transforme dados em decisões estratégicas!

22/05/2024

Gestão de restaurante: passo a passo para alcançar o sucesso

21/05/2024

Melhoria contínua: o que é, objetivo e como aplicar

 

Ingressos disponíveis!

Garanta sua presença no evento que vai mover o mercado de Food Delivery