Taxas iFood: tire suas dúvidas sobre o assunto

Confira quais são as taxas iFood para parceiros e comece já a vender na plataforma! Conheça os planos disponíveis!

Ser uma loja parceira do iFood é contar com toda a logística e geração de dados a favor do crescimento do seu negócio. Nesse sentido, quem opera na plataforma pode ter algumas dúvidas sobre as taxas iFood.

Sem tempo para ler? Clique no play abaixo para ouvir esse conteúdo.

Vale lembrar que todos os lançamentos podem ser acompanhados no painel financeiro, que é uma ferramenta construída para o parceiro iFood. É neste espaço que você confere todas as taxas e cobranças dentro do seu faturamento.

Saiba quais são as taxas iFood para negócios parceiros!!

Quais são os principais planos iFood e suas taxas? 

Existem dois tipos de planos para a parceria com a sua empresa: o Básico e o Entrega.

Em ambos, há uma Taxa de Pagamento Online de 3,5% sobre os pedidos pagos via iFood, mas há variação em relação aos benefícios, mensalidade e comissão.

Plano Básico

Por padrão, as taxas cobradas pelo iFood para o plano Básico são:

  • 12% de comissão sobre o valor total dos pedidos feito na plataforma;
  • Taxa de Pagamento Online (3,5% do valor) para pedidos pagos na plataforma;
  • mensalidade de R$100,00 para restaurantes que venderem acima de R$1.800,00 no mês.

Nesse plano, a sua loja terá acesso a:

  • Portal do Parceiro;
  • Gestor de Pedidos;
  • ferramentas de marketing;
  • entrega feita pela sua loja.

Plano Entrega

Por padrão, as taxas cobradas pelo Plano Entrega são:

  • 23% de comissão sobre o valor total dos pedidos feitos na plataforma;
  • Taxa de Pagamento Online (3,5% do valor) para pedidos pagos na plataforma;
  • mensalidade de R$130,00 para restaurantes que venderem acima de R$1.800,00 no mês;

Nesta modalidade, as lojas parceiras contam com:

  • todos os benefícios do Plano Básico (Gestor de Pedidos, Portal do Parceiro e ferramentas marketing);
  • rastreio de entrega em tempo real;
  • tecnologia para gestão de tempo de preparo e entrega;
  • atendimento iFood até a conclusão da entrega;
  • seguro contra fraudes na entrega.

Por que o iFood cobra taxas dos negócios parceiros?

O iFood oferece toda a logística e geração de dados para as lojas parceiras, favorecendo o crescimento do seu negócio. Por isso, as taxas são utilizadas para cobrir os custos operacionais, além de manter um investimento ativo no ecossistema.

Como ver as taxas cobradas aos parceiros?

Você pode verificar essas informações no painel financeiro, do Portal do Parceiro. Confira o passo a passo:

  • clique em “Financeiro”, no menu lateral esquerdo. Lá você tem acesso a todas as transações financeiras entre o seu estabelecimento e o iFood;
  • clique no que você quer analisar, como: Faturamento por Serviço ou um repasse específico do mês (pode ser um valor que já foi encaminhado a você ou que está aguardando repasse);
  • no detalhamento do repasse, clique em Taxas e comissões. Nesse campo, você confere todos os valores cobrados pelo iFood.

Como saber se tenho algum serviço ativo que gere cobranças?

Todas as informações sobre lançamentos, cobranças e acréscimos estão no detalhamento do seu repasse. Ao acessar esses detalhes você tem a informação sobre as taxas aplicadas e se tem descontos sobre algum serviço contratado. 

Clicando tanto no seu faturamento daquele mês, quanto em um repasse específico ao qual queira ver, você será direcionado para uma tela com mais detalhes de todos os lançamentos daquele valor. 

Nessa tela, basta clicar em “Expandir tudo”. Lá você verá o detalhamento de cada lançamento.

Em Taxas e Comissões, aparecerá um histórico de tudo que foi descontado e uma relação dos pedidos que sofreram esses descontos. Além disso, você terá acesso a todas as outras informações como “Serviço logístico” e “Outros valores

Essa visão de extrato mostra tudo que foi pago e recolhido pelo iFood, ajudando no seu entendimento. 

As lojas parceiras devem cobrar as taxas dos clientes?

Não, porque o cliente já realiza esse pagamento. No campo “Valor pago pelos clientes ao iFood” estão os valores transacionados diretamente dos seus clientes para a plataforma. 

Por exemplo, taxa de pedido mínimo de R$ 0,99, taxa da Entrega Parceira iFood, entre outros valores.

Posso negociar as taxas com o iFood?

Atualmente, não é possível renegociar o percentual de comissão e nem o valor da mensalidade, pois o iFood padroniza esses custos para garantir investimentos em tecnologia e marketing, levando mais vendas para a sua loja. 

Onde verificar minha taxa de comissão acordada com o ifood?

O parceiro tem acesso a todas as informações acordadas com o iFood dentro do Portal do Parceiro

No final da tela inicial, clicando em “Alterar conta”, você será direcionado para uma tela em que poderá ver todos os seus dados contratuais, como: Porcentagem de Comissão, plano de repasse, modelo de negócio, entre outras informações. 

Além disso, é possível ter acesso ao “Termos e condições” e ao seu contrato com o iFood onde constam mais detalhes dos seus dados.

Quais são as taxas de serviço cobradas?

A taxa de serviço é um valor cobrado pelo iFood com o intuito de aumentar a oferta de pedidos e a sustentabilidade da operação e negócio. Quando o valor total dos itens estiver abaixo de um valor específico, por exemplo R$ 20,00, essa taxa será cobrada direto do consumidor final durante o seu processo de compra.

Confira as principais informações sobre as taxas de serviços a seguir!

A Comissão iFood é afetada pela Taxa de Serviço?

Não, a Comissão iFood e todos os acordos com as lojas parceiras não têm qualquer relação com a taxa de serviço.

Por que o iFood está cobrando a Taxa de Serviço?

A taxa de serviço é cobrada devido aos serviços de intermediação prestados entre a compra e a entrega do pedido. Essa taxa é uma forma de garantir que a plataforma funcione de maneira sustentável e ofereça suporte aos parceiros e clientes.

A Taxa de Serviço pode ser cobrada de clientes em todas as lojas?

Sim, qualquer cliente que fizer pedidos de até determinado valor em qualquer loja cadastrada na plataforma terá que pagar a taxa de serviço. Vale ressaltar que a taxa de serviço é cobrada apenas de clientes e não das lojas. 

Posso cancelar a Taxa de Serviço para os meus clientes?

Não é possível cancelar a taxa de serviço, pois essa medida é fundamental para a melhoria contínua da plataforma. A adesão a essa taxa é determinada de acordo com critérios estabelecidos pelo iFood, e as lojas não têm a opção de não participar dessa taxa. 

A Taxa de Serviço afeta o pedido mínimo estabelecido pela loja?

Não, a cobrança da taxa de serviço não tem relação com o pedido mínimo da loja. Ela é aplicada aos pedidos de qualquer valor abaixo do limite estabelecido pelo iFood.

A Taxa de Serviço é aplicada apenas nos pedidos entregues pela Entrega Parceira?

Não, a taxa de serviço é válida para todas as lojas cadastradas no iFood e pode ser cobrada nos pedidos com Entrega Própria e Entrega Parceira também. No caso dos pagamentos diretamente à loja, o valor da taxa de serviço é descontado de seu repasse.

Como sei em quais pedidos a Taxa de Serviço foi aplicada?

Você pode verificar facilmente em quais pedidos a taxa de serviço foi aplicada no Portal do Parceiro. Acesse a aba “Pedidos”, abra os detalhes do pedido escolhido e verifique a identificação da “Taxa de Serviço”.

A Taxa de Serviço será repassada para a loja?

Não, o valor da taxa de serviço fica inteiramente para o iFood e não é contabilizado no valor final do pedido para o repasse da loja.

A Taxa de Serviço precisa aparecer no cupom fiscal?

Não. A taxa de serviço é uma receita do iFood, cobrada do usuário final, pela intermediação da venda na plataforma. 

Por ser uma receita do iFood, o entendimento é de que esse valor não deve compor a nota fiscal do Parceiro, pois o iFood já inclui na nota fiscal emitida ao município de Osasco, pela prestação do serviço de intermediação. 

O que acontece se meu cliente pedir comprovante de pagamento da Taxa de Serviço?

Caso seja necessário, basta você fazer uma solicitação de um recibo no atendimento da plataforma.

Há apoio fiscal para justificar o ganho extra da Taxa de Serviço para a loja?

Não há ganho extra para a loja, pois o valor cobrado da taxa de serviço é uma receita do iFood, cobrada do usuário, pela intermediação da venda na plataforma. A cuja tributação está prevista na Lei Complementar 116/03, que dispõe sobre o ISS, de competência dos Municípios e do Distrito Federal. 

Portanto, o respaldo fiscal para a tributação da prestação do serviço de intermediação não compete às Unidades Federativas. 

Como funciona o desconto da Taxa de Serviço no repasse em pedidos pagos direto à loja?

O iFood vai descontar de seu repasse o valor total das taxas de serviço que o parceiro recebeu referente aos pedidos do período.

Em pedidos pagos em cartão direto à minha loja, há cobrança da porcentagem da maquininha sobre o valor da Taxa de Serviço. O iFood irá reembolsar este valor?

Sim, o iFood irá reembolsar o valor da porcentagem da maquininha cobrado sobre o valor da taxa de serviço. Esse reembolso será realizado junto com o seu repasse e você poderá conferir os detalhes no Portal do Parceiro:

  • Acesse a aba “Financeiro”, no Portal;
  • Selecione o período em “Ver detalhes”;
  • Depois vá até em “Outros lançamentos” e selecione “Reembolso de Taxa de transação (via loja)”.

Como é calculado o valor de estorno para pedidos pagos em cartão direto à loja que apresentam a cobrança da Taxa de Serviço?

O cálculo do estorno é bastante simples. Basta multiplicar o valor cobrado do cliente pela taxa de serviço, e depois multiplicamos esse resultado pelo valor da Taxa de Pagamento Online.

Imagine que um pedido tenha uma taxa de serviço no valor de R$ 0,99 e a Taxa de Pagamento Online no contrato do parceiro seja de 3,5%.

Agora, aplique a fórmula:

Reembolso do MDR = Valor da Taxa de Serviço x Taxa de Pagamento Online

Reembolso do MDR = 0,99 x 0,035

O resultado desse cálculo é um reembolso de R$ 0,03 por pedido. Este valor será lançado na fatura para o próximo repasse do merchant.

Se você ainda não vende no iFood, torne-se um parceiro. Mas se você já faz parte, saiba o que o iFood está fazendo por você!

Por iFood

Por iFood

116 respostas

    1. Oi, Parceiros Rj Burguer! Vamos entender melhor o seu problema, por favor envie o CNPJ e um telefone para contato na DM do nosso instagram (@ifoodparaparceiros), que vamos te ajudar por lá, ok?!

    1. Oi, Carla! Como você não possui o acesso ao Portal do Parceiro, mande um direct para nosso Instagram (@ifoodparaparceiros) com o CNPJ de cadastro e telefone.

    1. Oi Michael! Vamos entender melhor o seu problema, por favor envie o CNPJ e um telefone para contato na DM do nosso instagram (@ifoodparaparceiros), que vamos te ajudar por lá, ok?!

    1. Oi, Simone. Temos uma equipe de suporte à disposição para te ajudar. Por se tratar de um assunto financeiro, é fundamental que nossa equipe analise o seu caso individualmente e dê uma orientação mais segura. Para acioná-los, basta acessar o “Portal do Parceiro”, clicar em “Chamados e ajuda” e logo depois em “Atendimento”.

  1. Opa
    Bom dia

    Queria saber de uma coisa

    Eu sou motoboy de uma sorveteria e eles la tem ifood é entrega privada …. Ai tem os valores das taxas de entrega 5$( que eles tiram 2$ desses 5$) a de 8$( que eles tiram 2$ desses 8$) a de 7&( que eles tiram 2$ desses 7$)

    Eles podem fazem isso tirar uma parte do valor da taxa do entregador ?

    1. Oi, Souza. Por aqui conseguimos orientar restaurantes e lojas parceiras. Recomendamos que entre em contato diretamente pelo perfil no Instagram @ifoodparaentregadores via DM.

  2. POderiam fazer um exemplo mostrando quando do valor de uma venda fica no ifood após ser cobrado todas as taxas até o dinheiro ser liberado pro restaurante ai final no repasse; tenho dificuldade em visulaizar a solução quando vocÊs ocultam oq deveria ser mais claro de forma direta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

21/05/2024

Melhoria contínua: o que é, objetivo e como aplicar

20/05/2024

Confira como foi o Fórum de Restaurantes de Maio

20/05/2024

Embalagem para marmita: 6 melhores opções