Motoboy para entrega: como contratar esse profissional

Você sabe como contratar um motoboy para entrega? Reunimos tudo o que você precisa saber sobre esse assunto aqui. Confira!

Um serviço de entrega incrível é a chave para um restaurante fidelizar clientes e se destacar no seu segmento. Então, se você tem uma empresa que precisa levar os pedidos até os clientes, entender como contratar um motoboy para entrega deve ser uma das prioridades.

A pessoa entregadora é uma das personagens mais próximas do cliente, pois é ela que termina a jornada de um pedido. Portanto, é um ponto de contato fundamental para garantir uma experiência de compra positiva.

Continue a leitura deste post e saiba como contratar um motoboy para entrega!

Quais são as formas de contratação do motoboy para entrega?

Geralmente, os estabelecimentos podem escolher três opções na hora de contratar pessoas entregadoras. São elas:

  • buscar a parceria com um entregador MEI que trabalhe de forma autônoma;
  • cadastrar a empresa em aplicativos, como o iFood, que oferecem o serviço de logística com pessoas entregadoras parceiras;
  • contratar um entregador registrado com a carteira assinada.

Para saber mais, confira os tópicos a seguir e entenda melhor como funciona cada uma das formas de contratação de motoboy.

[rock-convert-cta id=”3131″]

Contrato MEI ou autônomo

O entregador MEI não é um colaborador fixo. Por ser um Microempreendedor Individual, o motoboy MEI atua como uma Pessoa Jurídica que presta serviços para a sua empresa.

Por isso, é necessário que você combine com antecedência o período em que contará com ele e o valor do serviço prestado.

Essa opção de contratação tem um custo mais baixo comparada à contratação por carteira assinada, pois o pagamento pode ser um valor fixo por entrega, a diária ou as duas formas, além de não contar com encargos trabalhistas.

Motoboy terceirizado

Várias empresas disponibilizam a terceirização de motoboys para serviços de entrega. Essas terceirizadas conseguem atender a todo tipo de restaurante. Por esse motivo, são uma excelente alternativa.

É possível alcançar mais lugares das cidades com esse tipo de contratação, uma vez que as terceirizadas contam com maior cobertura para entregas. Além desses trabalhadores já estarem treinados pela empresa intermediadora, também sobra mais tempo para que os restaurantes lidem com outros fatores cruciais da operação do negócio.

O orçamento é outra vantagem de contratar motoboys terceirizados. Você só terá que pagar pelo serviço prestado ao restaurante. Esse benefício é um bom atrativo para as empresas, porque o pagamento por serviço permite que um restaurante consiga ter um bom número de pessoas entregadoras em dias de muito pedidos já que as plataformas contam com muitos motoboys cadastrados.

Contrato com carteira assinada (CLT)

A contratação pode ser realizada de maneira que o motoboy ou motogirl se torne uma pessoa empregada do restaurante. Nesse caso, ela será registrada com carteira de trabalho assinada, tendo direito a fundo de garantia, adicional de periculosidade, férias mais um terço, hora extra e os demais direitos da CLT.

Um dos maiores benefícios de contratar pessoas entregadoras com carteira assinada é a proximidade que você terá dos colaboradores. Apesar disso, esse tipo de contratação de serviço de entrega pode exigir muitos gastos, como adicionais de periculosidade, hora extra, entre outros. É importante também considerar que os custos com consertos do veículo dos motoboys, reparos e compras são responsabilidades do restaurante.

Outro fator de desvantagem em ter profissionais próprios é que o número de pessoas entregadoras pode não se adaptar ao volume de demandas. Em momentos de muito movimento, pode acontecer de sua equipe ser pequena, enquanto nos momentos mais tranquilos, sua equipe pode se mostrar ociosa.

Quais são as principais dicas para a contratação de um motoboy?

É necessário atenção na contratação de uma pessoa entregadora. Agora que você já conhece as formas de como fazer essa contratação, confira algumas dicas para garantir um ótimo serviço de entrega para o seu restaurante.

Ofereça treinamento

Fornecer treinamento para os motoboys ajuda a melhorar o serviço de entrega. Por meio de capacitações, é possível elevar o nível de atendimento aos clientes.

De acordo com um estudo do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), nos últimos anos, aumentou a demanda por esse tipo de profissional.

Se existem mais pessoas buscando a profissão de motoboy, a qualificação tende a ser uma preocupação cada vez maior para quem contrata.

Os treinamentos permitem, inclusive, que o restaurante contrate motoboys sem experiência e capacite-os conforme o modelo do seu serviço de entrega. Dessa forma, todos saem ganhando.

[rock-convert-cta id=”3131″]

Confira o equipamento

Garantir um bom serviço de logística para delivery exige que os motoboys tenham o equipamento ideal. Isso evitará que você entregue os alimentos em embalagens incompatíveis.

Confira se o entregador tem um compartimento térmico na moto para que o prato não esfrie durante o percurso. É fundamental que a comida chegue com a temperatura ideal e em excelente estado. Você também deve garantir que os pratos não se mexam tanto durante a viagem.

Por fim, é essencial checar a qualidade do veículo. A motocicleta — ou outro meio de transporte utilizado — deve estar em bom estado para evitar atrasos na entrega ou eventuais acidentes no percurso.

Mesmo que esses sejam apenas detalhes, todo cuidado é fundamental no momento de contratar uma pessoa entregadora. Se os equipamentos estiverem no padrão adequado, é possível evitar imprevistos e otimizar o tempo de entrega dos pedidos.

Mantenha um bom relacionamento com o entregador

É essencial para o serviço de entrega que você tenha um bom relacionamento com as pessoas entregadoras. Essa é uma maneira de garantir que elas queiram continuar na sua equipe. Lembre-se: os pilares para construir essa boa relação são a confiança e o respeito.

Entenda as demandas do restaurante

Uma dica essencial para saber como contratar um bom entregador é entender as demandas do seu estabelecimento. Elas podem variar conforme o tipo de prato servido, localização do restaurante, entre outros aspectos.

Para você compreender mais sobre essas demandas, faça pesquisas de mercado antes começar o serviço de entrega. Defina por quais áreas as pessoas entregadoras do restaurante devem circular.

Na hora de contratar motoboy para entrega, é melhor ter um parceiro de logística. Dessa forma, o restaurante sempre terá o número certo de pessoas entregadoras para o volume de pedidos do restaurante. Em outras palavras, não terá motoboy ocioso ou em falta! Por isso, uma ótima opção é utilizar a logística do iFood por meio do Entrega Fácil.

Quer mais dicas sobre como utilizar o iFood de forma estratégica para o seu negócio? Siga iFood para Parceiros no Instagram!

Por iFood

Por iFood

17 respostas

  1. Queria pedir para vocês contratar apenas motoboy habilitados porque quando um que não tem habilitação bate em nossos carros eles não pagam o conserto do nossa veículo e se eles sofrem um acidente pior complica a nossa vida

    1. Oi, Eliana. Para solicitar uma entrega parceira, acesse o Gestor de Pedidos e vá na opção “Entregas”. Se precisar de ajuda, fale com um de nossos especialistas pela aba Chamados e Ajuda, combinado?

  2. Minha região só aparece opção de moto mais quero trabalhar de bike por que quero correr atrás da CNH, poderia me ajudar por favor

  3. O salario clt é pago normal ?
    Tô começando agora .
    Como funciona manutenção moto , combustível?
    E a quantidade de entrega q tem que ser feita aproximadamente?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Parceiro iFood recebendo pedido.

Assine a newsletter e receba em seu e-mail novos conteúdos que vão ajudar a melhorar o desempenho do seu negócio!

POSTS RELACIONADOS

12/07/2024

Estratégias de mercado e inovação: um mergulho no Encontro de Embai...

12/07/2024

Descubra como conquistar o selo de Melhor Serviço e destaque-se nas...

12/07/2024

Aperte o play: o Papo de Mercado começou!